Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pontos de instalação para câmeras de segurança já foram colocados em Criciúma

02 de julho de 2015 2

O Tenente-Coronel Evandro Fraga, comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar, esteve na noite de segunda-feira (3o) na Câmara de Vereadores de Criciúma, para falar sobre as ações da polícia e os trabalhos de instalação de câmeras de videomonitoramento na cidade. Os postes que vão suportar os equipamentos chegaram ainda no dia 19 de junho, e segundo Fraga, já foram fixados pontos na região da grande Próspera e na área central da cidade.
O processo de instalação das câmeras é dividido em quatro etapas e pode ocorrer de forma mais rápida com a colaboração do tempo. “Identificamos pontos que tínhamos necessidade de fixar, como todas as entradas e saídas da cidade, assim como escolas, áreas comerciais importantes, parques e praças públicas, e principalmente, estabelecimentos comerciais que foram mais de seis vezes vítimas de furto nesse período. A preocupação não é só com funcionamento. Não vale a pena instalar uma câmera, em pontos, cuja melhor atuação deve ser do policial mesmo. O sistema só funcionará se tiver agente monitorando na central”, ressaltou. Depois da visita do Ciasc e da Secretaria de Estado da Segurança Pública no município para a marcação dos locais de instalação dos postes, a Celesc deverá fazer a ligação da energia elétrica. O terceiro passo é a instalação da fibra óptica e, na sequência, as câmeras propriamente ditas. A cidade será contemplada com 100 câmeras.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • mario diz: 2 de julho de 2015

    Moacir quando a polícia não tem mais contigente apela para as tais de câmeras. Isto não adianta nada. O sujeito depois de matar não tem mais volta. O que precisa é parar de gastar com comissionados, secretarias regionais e investir pesado na segurança com milhares de novos policiais. Mas os homens tem segurança particular, pago com dinheiro nosso, então os outros que se danem e que deem tchau para as câmeras.

  • Marcos diz: 3 de julho de 2015

    É isso mesmo, Mario. Errada é a polícia da Inglaterra em ter mais de 52 mil câmeras instaladas. Basta efetivo.