Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Deixa disso

15 de julho de 2015 5

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) garante que não existem atritos com o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, em relação a cargos na estatal. O peemedebista considera que ainda é cedo para discutir a nova estrutura da companhia, diante da tendência de que a Agência Nacional de Energia Elétrica determine que as empresas separem a direção da geração e da distribuição de eletricidade. A informação de que Moreira não teria gostado dos movimentos de Siewert foi publicada ontem na coluna.

Comentários

comments

Comentários (5)

  • Marcelo diz: 15 de julho de 2015

    a nova estrutura terá que ser criada por Lei Estadual. Então…..

  • Luiz diz: 16 de julho de 2015

    Tem que enquadrar o “bacana” .

  • Maria diz: 17 de julho de 2015

    Quem acredita nessa conversa?

  • Mirlene Matos diz: 17 de julho de 2015

    O pau já tá comendo solto. grandes lances de tainha ovada.

  • Ildiara Martins diz: 19 de julho de 2015

    O presidente Cleverson autorizou o aumento dos salários dos diretores e exdiretores da fundação Celos para mais de R$22.000,00.
    Com um rombo de mais de R$ 330 milhões a fundação dos empregados da Celesc tem que pagar por mais essa sacanagem. Dinheiro dos empregados.