Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

PSD mais distante do PMDB-PT

29 de julho de 2015 6

Nem o governador Raimundo Colombo e nem o prefeito Cesar Souza compareceram na posse da nova Diretoria da Eletrosul. Novo sinal de que os líderes do PSD se afastam desta nova aliança PMDB-PT em Santa Catarina. Outro detalhe da posse: os oradores só falaram da Eletrosul e suas perspectivas e praticamente nada sobre os novos diretores.

Comentários

comments

Comentários (6)

  • Décio diz: 29 de julho de 2015

    Falar das qualidades deste povo ? como ? Quais suas virtudes ?
    DJALMA BERGER, PAULO AFONSO VIEIRA, CLAUDIO VINHATI ………..pobre ELETROSUL nas mãos deste povinho.

  • Mané Estrangeiro diz: 29 de julho de 2015

    Menos mal. Com esse gesto demonstram que tem um mínimo de vergonha na cara. E, na minha interpretação, eles não estão se afastando do pmdb, mas sim da banda podre do pmdb.

  • Geraldo diz: 29 de julho de 2015

    Prefeito e Governador quiseram ficar distantes foi das perguntas da imprensa sobre a operação Trojan.
    Já basta a Ave de Rapina que o prefeito carrega nas costas… mas pelo que parece, o filho novo (Trojan) não é dele e sim do seu novo melhor amigo, o senador Dario Berger.

  • aurelio carlos Pereira de souza diz: 29 de julho de 2015

    Elementar meu caro Watson, o compromisso era com o LHS., não com o PMDB, certas figuras deste partido é que ficaram embebecidos com o canto das sereias, entregaram o poder para esta turma de outrora, que imaginávamos morta, enterrada e longe do controle estatal, venderam caro o fisiologismo, agora, Inês é morta!!!

  • Luciano Mortari diz: 30 de julho de 2015

    O que Raimundo não quis, foi ir na posse e responder às peguntas dos jornalistas com relação ao seu apoio irredutível para com a Dilma e a sua desastrosa comparação de Dilma e Anita Garibaldi.
    É isso. Como explicar o apoio a um governo ladrão, desastroso e mal fadado?
    Fugindo da imprensa é claro…

  • Lúcio diz: 30 de julho de 2015

    Não entendi. O vice governador Eduardo Pinhk Moreira fala muito que o PMDB está unido, mas na hora de prestigiar a posse de um filiado num cargo da maior estatal federal do sul do Brasil, desaparece. Inventou uma viagem para o sul do Estado. E ainda quer permanecer como Presidente Estadual?