Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Morastoni e o projeto do PSD em Itajaí

26 de agosto de 2015 5

A possibilidade de cancelamento da filiação ao PT do ex-deputado Volnei Morastoni e de seu filho, o vereador de Itajaí Tiago Morastoni, continua em estudos. Se acontecer, a alternativa seria a filiação no PSD. O presidente estadual do PSD, Gelson Merísio, voltou a conversar com Morastoni. Se confirmada a transferência, Tiago Morastoni poderá ser candidato a vice na chapa de Paulo Bornhausen (PSB) à Prefeitura de Itajaí.

Comentários

comments

Comentários (5)

  • Pedro Paulo de Miranda diz: 26 de agosto de 2015

    LÉ COM CRÉ, ou seja, “dois pés no mesmo sapato”.

  • wagner diz: 26 de agosto de 2015

    Mais um petista que descobriu, AGORA, que o seu partido colocou a mão na cambuca bem lá no fundo e raspou. A saída é aproveitar e ficar no ladinho dos Bornhausem. Aquele que o chefe da quadrilha chamou de demônios.

    Estou começando a enxergar que o único que tem princípios nessa politica dos últimos 35 anos é JKB, pelo menos o princípios de não roubar junto com a turma do Lula. Pois pelo Lula já o tinha recebido de braços aberto, assim como fez com Sarney, Collor, Renan e outros.

    Vai Morastoni se encostar em alguém que sempre combateu, para garantir a profissão do filho.

  • Thom diz: 26 de agosto de 2015

    O Thiago vai queimar os votos do Bornhausen.

  • Marcão diz: 5 de setembro de 2015

    Thiago Morastoni é uma PÉSSIMA escolha para ser vice de Paulo Bornhausen.
    Se isso de fato acontecer, Paulinho vai perder muito mais votos do que ganhar. Com esse nome como vice, Paulo Bornhausen certamente perderá a eleição.

  • Lino diz: 8 de setembro de 2015

    Os dois são péssimos. Paulinho pulou como macaco de um partido para outro. Espero que o Thiago tenha vergonha de estar junto no mesmo Zoo. Chegou a vez de votar em branco ou anular o voto.