Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

BR-470: governos da enganação

10 de setembro de 2015 11
Duplicação na BR-470 fica para 2022. Foto: Patrick Rodrigues

Duplicação na BR-470 fica para 2022. Foto: Patrick Rodrigues

O Plano Plurianual que a presidente Dilma encaminhou ao Congresso Nacional é de provocar indignação entre os catarinenses que trabalham, pagam seus impostos e assistem todos os dias denúncias e mais denúncias de roubalheira na Petrobrás, na Eletronuclear, nos Fundos de Pensão e em outros órgãos federais. E, na outra coluna a redução de recursos para obras vitais à economia do Estado e o mais completo desrespeito para com a população.
O que vem ocorrendo com o Vale do Itajaí é um insulto à cidadania e uma ofensa à toda Santa Catarina. A principal reivindicação neste momento da região e do Estado – a duplicação da BR-470 – está, mais uma vez, indo para as calendas gregas.
O Orçamento Plurianual, elaborado pelo Planalto, não se limita a cortar em 30% os recursos destinados à BR-470 e à BR-280. Vem agora a notícia oficial de que a conclusão da 470, prevista para 2017, fica para 2022.
Lula aqui esteve no primeiro mandato e garantiu que duplicaria a 470. Retornou na campanha da reeleição para reiterar o compromisso. Passou o bastão e não deixou nem um metro de asfalto.
Veio a presidente Dilma Rousseff no início do mandato e proclamou que a conclusão da 470 era questão de honra. Seus ministros Ideli Salvati e Cesar Borges aqui estiveram. Para festa em 2013 na ordem de serviço. Não há um centímetro de duplicação.
É só foguetório falso, enganação política e muito pinóquio.

 

Comentários

comments

Comentários (11)

  • Michel Ivon Imme Sabbagh diz: 10 de setembro de 2015

    Uma vergonha. Mas é geral no País. Ao voltar do Uruguai, semana passada, constatei a paralisação quase total nos mais de 200 km das obras de duplicação da BR-116, entre Pelotas e Porto Alegre (Guaíba), como já informado pelos jornais locais, como esse: http://jornalja.com.br/ritmo-desigual-na-duplicacao-da-br-116/

  • Roberto da Lagoa diz: 10 de setembro de 2015

    MOACIR,

    O PAÍS PAROU…………..
    PROXÍMAS “OBRAS CONCLUÍDAS” PELOS GOVERNOS FEDERAIS E ESTADUAIS, SOMENTE PARA A PROXÍMA GERAÇÃO.

    ESSA TURMA, SÓ PENSA EM “CONTRATOS” E “ADITIVOS” E A OBRA NUNCA FICA PRONTA.

  • MENDONÇA diz: 10 de setembro de 2015

    Partindo de petralhas isso é normal. É difícil de acreditar que nosso governador apoiou a Dilma e falou várias besteiras quando ela aqui esteve em 2014, como candidata, renovando as promessas de mundos e fundos para nosso estado. E ele acreditou……. Isso é inacreditável. Tomou??? Nós estamos tomando e vamos tomar por muito tempo…….

  • SERGIO ROBERTO PIO diz: 10 de setembro de 2015

    O problema mais grave. Temos uma bancada de deputados federais extremamente subserviente ao Palacio do Planalto. Nossa bancada federal sempre foi fraca, sem atuação; somente discursos e promessas… Ate quando vamos sustentar a corrupção????

  • Eng RICARDO AUGUSTO MIRANDA diz: 10 de setembro de 2015

    Cambada de Mentirosos…está parecendo áquele Deputado da frente parlamentar da Ferrovia….quando se aproxima as eleições,ele surge,com mais uma conversinha.

  • Daniel – Laguna diz: 10 de setembro de 2015

    Pelo menos o posicionamento do jornalista é claro.
    Evidente que deve ser cobrado a tal obra, porém, jornalista faça o mesmo com seu amigo governador ou acaso esqueceu as inúmeras promessas, pedras fundamentais e outras. As obras hoje em SC dependem do empréstimo aloprado que este governo realizou e das verbas federais. Quer criticar, fiscalizar e moralizar, ótimo, precisamos, porém, o faça com seu governador também e de preferência com os mesmos adjetivos. Não é a equidade um dos pilares do direito e a isenção o da impresa? Está longe de segui-los.

  • Robert Grantham diz: 10 de setembro de 2015

    É necessário responsabilizar os governantes criminalmente por todas as mortes que ocorrem nessa rodovia. São muitas vidas perdidas mensalmente que não ocorreriam, em sua maioria, se os governantes tivessem cumprido suas promessas ocas e a rodovia estivesse duplicada.

  • alfonso diz: 10 de setembro de 2015

    Dr. Moacir – é muito bom criticar mas ninguem diz nada – vou fazer uma comparação p/ver como funciona obras , principalmente de estrada – estaduais e federais – os órgãos DENITE ou DEINFRA fazem os estudos – projetos , etc
    - contratam as empresas p/executar o serviço mas são assim : DONO da PORCADA os dois órgãos – estadual e federal – a PORCADA as empresas que executam os serviços – começam aqui – depois vão p/ outro lugar – voltam p/ o primeiro LUGAR que começaram aí dizem que é impossível terminar a obra – e o nosso TCU ou TCE aprovam toda esta LADROEIRA – onde eu tenho a impressão que ALGUEM desta duas empresa fiscalizadora recebem também COMISSÃO.Isto está acontecendo na BR 470 e na BR 280 – o mato logo logo vai tomar conta idem nas rodovias estaduais – pois tinha uma propaganda ENGANOSA do nosso Governo Estadual – digo a primeira propaganda que foi ao AR sobre as OBRAS de SC.

  • edson silveira diz: 10 de setembro de 2015

    É questão de honra. Eu vou ficar em cima. Asseguro prá vocês. O mais rápido possível. Eu não prometo o que não cumpro. Santa Catarina não é cidade. é Estado.

    https://www.youtube.com/watch?v=g0OkYBcwTdE

  • Pedro diz: 10 de setembro de 2015

    E ainda tem uns idiotas úteis que vem com as semânticas de sempre: “ah isso, ah aquilo, mas aquele outro… E por isso o PT não precisa fazer, porque Dom Pedro poderia ter feito, mas não fez, e agora os coxinhas querem cobrar da presidenta…”
    Bando de puxa-sacos de incompetentes!

    Essa é a palavra: INCONPETENTES, são não são mais do que corruptos!!

    Povo de Blumenau e Gaspar: como está a ponte? o Mato já chegou a 2 metros de altura? Mandem um alô pra Ideli!

  • Ronaldo diz: 10 de setembro de 2015

    O trecho duplicado da BR 101 Catarinense, depois de longos anos e ainda não totalmente concluído, recentemente recebeu a denominação de “Governador Mario Covas”, para mim uma prova contundente da falta de representatividade política dos nossos parlamentares. DRª ZILDA ARNS deveria ter sido a grande homenageada. O Governador COLOMBO apoiou com todas as suas forças a PresidANTA que ai está. Se depender de mim jamais se elegerá para outro cargo político, nem o nosso Governador e sua trupe, nem a PresidANTA e seus asseclas.