Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Secretarias Regionais consumiram 418 milhões de reais em 2014, diz João Amin

15 de setembro de 2015 9

A proposta de extinção das Secretarias de Desenvolvimento Regional vai ser analisada formalmente pela primeira vez na Assembleia Legislativa. O deputado João Amim, do PP, apresentou emenda ao projeto do governador Raimundo Colombo, pela extinção das regionais.
Alega que elas perderam a funcionalidade e diante da crise não se justifica mais sua permanência. E informa que no ano passado, as despesas totais com as regionais foi superior a 418 milhões de reais.
A inciativa do parlamentar tende a provocar polêmica na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, antes de ir para plenário.

Extinção das Secretarias Regionais: PMDB reage

O deputado Mauro de Nadal, do PMDB, relator do projeto governamental, está sugerindo que, ao invés de transformar as secretarias regionais em agências de desenvolvimento, que deseja o governador do Estado, as secretarias sejam fortalecidas.
A transformação representaria também economia de gastos com a redução de cargos comissionados.
A proposta do deputado João Amin tem outro componente político. O líder do governo na Assembleia é o deputado Silvio Drevek, também do PP. A conferir se o Centro Administrativo e a base governista vão manter o projeto inicial do governador, se acolherão a emenda do relator Mauro de Nadal ou se aprovam a nova proposta de extinção do deputado João Amin.

Merísio defende extinção das Secretarias Regionais

Luciane Carminatti: “Secretarias Regionais devem ser extintas”

Comentários

comments

Comentários (9)

  • Emir diz: 16 de setembro de 2015

    Extinção já.Estamos cassados de pagar impostos e o dinheiro sendo usado pra pagar cabos eleitorais instalados nas SDRs do PMDB.Este o motivo do PMDB ser contra a extinção.Extinção imediata destas merdas SDRs.Reajustes pra Pofessor não tem.SDRs o antro da administração ética e responssável dos recursos públicos.SC.mais secretarias que ministérios no Brasil.Uma vergonha.

  • Paulo diz: 16 de setembro de 2015

    Ao comentar gastos das SDRs o Deputado esquece de que 60% dessa despesa continuará existindo, pois se referem a manutenção das unidades escolares da Região. Outro valor considerável desse orçamento se refere a transferência de convênios aos municípios.
    Tirando esses dois valores sobrará um custo de aproximadamente 50 milhões…(economia insignificante, diante da estrutura que deverá ser aumentada nas unidades setoriais) para atender o Estado.
    Essa reforma é muito mais política do que administrativa.

  • Cláudio diz: 16 de setembro de 2015

    Fortalecer ainda mais as regionais? Entrega logo a chave do cofre e fecha o executivo.

  • Paulo Couto Singer diz: 16 de setembro de 2015

    Realmente,na atual situação,seria um ato de irresponsabilidade,preserva-las. A Situação no Estado,é de caos. Reforma nas Escolas Estaduais,onde as Empresas não receberam 1 centavo sequer..obras rodoviarias parando,porque não vão ter 1 centavo pra honrar pagamento. Empresas de pavimentação com serviços concluidos,que esse ano não pararam de receber em Maio.

  • Sávio Müller diz: 16 de setembro de 2015

    Além ou ao invés de transformar as secretarias regionais em agências de desenvolvimento, se coloque mais FISCAIS FAZENDÁRIOS, MAIS POLICIAIS CIVIL e PORQUE NÃO PROMOTORES para Fiscalizar mais as contas PÚBLICAS. Ai com certeza teremos economia de gastos, mais respeito e comprometimento dos gestores.

  • Mariá diz: 16 de setembro de 2015

    Só resta saber se os Deputados vão ter c…roxo para enfrentar o governo e acabar com este cabide de empregos …coloquem estes professores que estão nas SDR e Gered nas salas de aula… ( que eles façam jus ao salário que recebem na função especifica)… Em tempo de crise..o governo deve ser o primeiro a dar exemplo reduzindo pela metade os cargos comissionados na GERED e a EXTINÇÃO DAS SDR…

    SÓ PARA LEMBRAR EM TEMPO DE INTERNET APRIMOREM OS SITE DO GOVERNO E FAÇAM TUDO ON LINE , SE FUNCIONA COM AS INSTITUIÇÕES BANCARIAS PQ QUE COM OS ORGÃO PUBLICOS É DIFERENTE????

    A TA PQ NA EMPRESA PRIVADA ELES TRABALHAM COM EFICIENCIA( O DINHEIRO É DELES ) E O ESTADO COM GASTANCIA ( DINHEIRO DO POVO)

    QUERO LEMBRAR AINDA QUE QUANDO FUI PROFESSORA DO GOVERNO AMIM MEU PODER DE COMPRA ERA BEM , MAS BEM MELHOR …ESPERO QUE A PROPOSTA DO FILHO DO AMIM SEJA LEVADA A SÉRIO PELOS DEPUTADOS DE SC….

  • Irineu diz: 16 de setembro de 2015

    Eu acho que está na hora de fechar estes cabides de emprego que servem como gastos do dinheiro público. O candidato a governador que pregar na próxima eleição em 2016, de fechar as secretarias regionais, vai se eleger. A população está vendo que as SDR tem pouco aproveitamento, mas gastos altos. É uma verdadeira colocação de cabos eleitorais, portanto chamado CABIDES DE EMPREGO.

  • Curió diz: 17 de setembro de 2015

    E o que é que adianta achar ou perder nestas alturas do campeonato ? Nem voto nulo vale mais nada!… Esse joãozinho é outro bom para o fogo… o que ele fez na comissão de educação da Alesc a não ser receber o salário ? O que ele por acauso fez pelos professores ? Merda nenhuma ao cubo. Deixa as regionais levarem o Colombo para o inferno o quanto mais antes melhor!…

  • nelson diz: 17 de setembro de 2015

    Eu não acredito que estou lendo que o IRINEU consegue enxergar as SDR’s como “ESTES CABIDES de EMPREGO” e não vê os DESVIOS, ROUBOS, PEDALADAS e outras FALCATRUAS, praticadas pela corja do PT ou será que o vivente esta caindo na real! Agora, APROVEITAMENTO mesmo esta acontecendo na CELOS onde turma do PT e do SINDICATO já DESVIOU quase 340 MILHOES de reais dos aposentados.