Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ministro alemão aposta no Brasil

22 de setembro de 2015 1
Foto: Salmo Duarte

Foto: Salmo Duarte

O vice-ministro de Economia da Alemanha, Matthias Machnig, roubou a cena nos eventos oficiais do 33º Encontro Econômico Brasil-Alemanha, em Joinville. Com singular simplicidade e profundo conhecimento, entusiasmou os presentes na solenidade de entrega do Prêmio Personalidade da Indústria e, sobretudo, na abertura do evento.
Dos sete oradores, o sr. Machnig foi o mais aplaudido. Destacou-se, também, pelo tom otimista de seu discurso sobre o futuro do Brasil. Começou enfatizando a importância das parcerias entre alemães e brasileiros: “O Brasil é um país confiável. Tem todas as condições de superar os problemas e entrar nos caminhos do desenvolvimento.”
- Nós acreditamos no Brasil. Nós vamos investir no Brasil – prosseguiu o vice-ministro alemão. E incentivou a aplicação de recursos em educação, em inovação, formação profissional dos trabalhadores e o desenvolvimento de produtos com valor agregado. Fez crítica indireta ao Brasil que se limitou a exportar matérias primas, quado deveria priorizar a venda de produtos acabados.
Deixou uma sugestão: que fossem feitos investimentos em digitalização, que considera a quarta revolução industrial. “Vai mudar o DNA da economia e já mudou a vida das pessoas”. Recomendou, também, que o Brasil seguisse o exemplo da Alemanha, ampliando as energias renováveis e limpas (solar, eólica e biomassa).
A exemplo de outros líderes empresariais pediu mais agilidade na solução da crise política e na superação da crise econômica.

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Jose Selesio Orlandi diz: 22 de setembro de 2015

    Louvável o confete otimista do ministro alemão, mas acredito que o mesmo desconhece as raposas que atacam os galinheiros da República de um País que seriedade não e’ serio.