Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Elizeu Mattos retorna hoje à Prefeitura de Lages

05 de outubro de 2015 2
Elizeu Mattos reassume Prefeitura de Lages nesta manhã (05). Foto: Cao Ghiorzi

Elizeu Mattos reassume Prefeitura de Lages nesta manhã (05). Foto: Cao Ghiorzi

Elizeu Mattos, do PMDB, retorna esta manhã ao comando da Prefeitura de Lages, da qual esteve afastado por decisões judiciais desde 5 de dezembro de 2014. Beneficiado por liminar do presidente do STF, Ricardo Lewandowski, reassume plenamente com a disposição de promover mudanças na administração lageana.

Gestão
A correligionários e amigos, Elizeu Mattos tem dito que vai se dedicar inteiramente à gestão. Substituirá peças chaves na Prefeitura e não admitirá mais feudos políticos. Foi informado que na sexta-feira (2), após a oficialização da decisão do STF, o foguetório foi grande na cidade de Lages. Ele não falará a imprensa sobre o processo, só das novas ações na Prefeitura.

O contrato
Os advogados Ruy Espíndola e Rodrigo Valgas, que defendem o prefeito, divulgaram no fim de semana que o polêmico contrato com a Viaplan, de Curitiba, foi julgado legal pelo Tribunal de Contas do Estado. “O Tribunal entendeu, por unanimidade, que a contratação da Viaplan via Secretaria Municipal de Águas e Saneamento de Lages, foi plenamente legítima, sem qualquer prejuízo ao erário e que atendeu ao interesse público”.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Paulo Marques. diz: 5 de outubro de 2015

    Na capital política do Estado, constrangimento é a palavra chave, por conta da volta do prefeito cujos processos em primeira instância e no TJSC, continuam tramitando. Com relação à Semasa, segundo o Gaeco,o dinheiro da propina não era tirado dos cofres da empresa, mas sim pago pelos empresários favorecidos na licitação. Igual a Petrobrás (Lava Jato).

  • Pedro Paulo de Miranda diz: 5 de outubro de 2015

    “Iustitia est constans et perpetua voluntas ius suum cuique tribuendi” (Eneo Domitius Ulpianus).

    “Habitus secumdum quem aliquis [...] ius suum unicuique tribuit” (Tomás de Aquino)

    A Justiça é cega, sua balança desregulada e sua espada sem fio.(Millôr Fernandes)