Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Eduardo Moreira confirma liderança no PMDB de SC

08 de outubro de 2015 2
Foto: Charles Guerra / Agência RBS

Foto: Charles Guerra / Agência RBS

A pacificação do PMDB-SC, as mais recentes demonstrações de unidade política e o encaminhamento tranquilo da sucessão no Diretório Regional consolidaram esta semana o comando do vice-governador Eduardo Pinho Moreira.
O presidente licenciado vem confirmando a condição de principal líder do PMDB no Estado, ocupando o espaço até então exercido pelo falecido senador Luiz Henrique da Silveira.
Moreira tem movimentado peças no comando e nas bases com competência. Partiu dele a mensagem- que teria sido enfatizada na última conversa em Itapema com Luiz Henrique – de uma maratona por Santa Catarina defendendo a unidade partidária. O discurso pegou bem, Eduardo permaneceu licenciado, fortaleceu o comando interino do deputado Valdir Cobalchini.
A primeira ameaça de cisão veio na reunião desta semana, em sua residência, entre os dois candidatos à presidência do PMDB catarinense. Eduardo Moreira adotou a estratégia do antigo PSD. Articulou bem antes uma solução consensual. Selou o acordo com deputado Mauro Mariani na presidência do Diretório, e Valdir Cobalchini permanecendo na vice, com a continuidade do trabalho que vem realizando na Jornada da Unidade. Resultado: a reunião foi a mais tranquila e quando os líderes lá chegaram estava tudo decidido.
O vice-governador foi além. Subscreveu, com entusiasmo, a decisão dos seis deputados federais contra a presença do PMDB no governo Dilma, e, mais do que isso, avalizou a posição favorável ao impeachment. Sensível à voz das ruas e receptivo à proposta de conexão do partido com o eleitorado, apoiou Mauro Mariani e já lançou sua candidatura ao governo estadual em 2018.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Marcos diz: 10 de outubro de 2015

    Ah, por favor! Eduardo Moreira não venceria hoje nem eleição pra sindico.

  • Silvio diz: 11 de outubro de 2015

    Coitado, onde tem voto essa figura? Liderança? Ah, muita lideran$a. Voto? Nem para segurança de quarteirāo.