Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Estradas que envergonham SC

16 de outubro de 2015 15
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Situado a 430 km de Florianópolis, às margens do rio do Peixe, próximo da confluência do rio Pelotas com o rio Uruguai, o município de Piratuba orgulha-se de possuir as águas termais mais quentes do Brasil. São águas sulfurosas com propriedades terapêuticas.
Quando lá esteve, o ex-senador Pedro Simon (PMDB) deixou dois testemunhos. Proclamou que Piratuba tem uma mina de ouro. Não de dinheiro, mas de saúde. E declarou-se indignado com o estado calamitoso da SC-135, estrada que liga Piratuba à Usina de Machadinho e que dá acesso Marcelino Ramos(RS), onde se encontra o Santuário de Salette, um dos pioneiros no Brasil em romarias.
Na chegada à cidade, viajando de carro a partir de Porto Alegre, Simon passou pelo sofrimento dos mais de 400 mil turistas que visitam Piratuba, a maioria do Rio Grande do Sul. Enfrentou verdadeiras e profundas crateras na SC-390/SC-135(Capinzal-Piratuba). É, seguramente, a pior rodovia estadual em termos de buraqueira, abandono e completa falta de manutenção.
Apelos dramáticos ao Deinfra e audiências ao governador Raimundo Colombo até agora não tiveram sucesso. Ao contrário, as duas estradas ficaram piores. O deputado Romildo Titon(PMDB) cansou de apelar ao governo. Promessas não faltaram. Até ação na Justiça contra o governo estadual já foi impetrada por mais de 3 mil lideranças. Faltou ação.
Unanimidade: Piratuba é uma bela estância termal, tranquila, paisagem única, arquitetura germânica, grande potencial turístico.
Mas tem estradas estaduais que envergonham Santa Catarina.

Comentários

comments

Comentários (15)

  • MENDONÇA diz: 16 de outubro de 2015

    Infelizmente não são somente as estradas que envergonham Santa Catarina. A assembléia legislativa é um poço de corrupção, algumas prefeituras estão dominadas por verdadeiras quadrilhas, como Brasília. A saúde, a segurança pública e a educação concorrem com as estradas. Que vergonha, governador.

  • Benedito diz: 16 de outubro de 2015

    É apenas uma delas…alí mesmo na região, rodovia Joaçaba/Herval do Oeste à Videira: detonada há anos pela buraqueira; rodovia Luzerna-Água Doce até a BR 153…dominada pelas crateras, que podem matar se alguém cair dentro; e por aí vai. Tenho certeza que se mais leitores passarem a acrescentar as que eles conhecem, vai faltar espaço neste blog. Como a previsão é investimento zero nos próximos anos desses desgovernos, federal e estadual, a população deve se preparar para voltar a usar o cavalo.

  • Antonio Botolli diz: 16 de outubro de 2015

    A propaganda institucional, que há pouco tempo era veiculada na imprensa, era totalmente enganosa. Enquanto ficam discutindo as SDR’s, esquecem dos problemas regionais. AS crateras na SC-390/SC-135 são idênticas daquelas da SC-283 e de trans outras rodovias estaduais, sem fala da bruaqueira da BR-282, de outro governo incompetente, que tem o apoio do Governador Colombo.

  • jose de abreu diz: 16 de outubro de 2015

    Se transformou em uma epidemia os buracos por estradas de Sta Catarina, se nem deputados da base governista consequem sensibilizar o governo Colombo quem mais o fará. A situação aqui no meio oeste é desesperadora para tdos que por cá transitam Moacyr. Agora mesmo ocorreu a Tirolerfest em Treze Tilias com muitos turistas encantados com a festa, o povo e acolhida pela cidade, entretanto o triste comentario era de assistir a decepção de nossas rodovias estaduais. Alem de tudo o propalada asfaltamento da Iomere a Treze Tilias pelo governador que até antes das eleiçoes..disse antes das eleiçoes , anunciou seu asfaltamento não saiu do discurso, tudo parado ali. Essa região aqui é produtiva e merece atenção desse governo, e qdo sr. Colombo assumir um compromisso que o faça não somente para ganhar votos, atitude normalmente esquecida por nossos politicos.

  • Fred diz: 16 de outubro de 2015

    Pois é, mas para a ponte que só serve para tirar fotos tem dinheiro. Não se esqueçam que RC quer ser senador, então….

  • Otacilio diz: 16 de outubro de 2015

    PARABÉNS AO DEINFRA E A TODOS OS GESTORES QUE POR LÁ PASSARAM.
    ESSA FOTO É UM SINÔNIMO DE COMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA.

  • Paulo Couto Singer diz: 16 de outubro de 2015

    Pelo Amor de Deus,fechem as portas dessas Secretarias,pois só servem para os Secretários usufruirem de carros luxuosos,alugados pelo Governo para passeios com a família…lá em Joaçaba, é uma festança segundo os funcionários da área da Saúde.

  • alfonso diz: 16 de outubro de 2015

    Dr. esta não é a UNICA em estado de calamidade – o MAIOR MENTIROSO dos Governadores que já tivemos na nossa e Bela Santa Catarina – ele só perde pelo falecido ( que Deus o tenha ) Luiz Henrique da Silveira.

  • joao diz: 16 de outubro de 2015

    Se aqui proximo da capital, a sc 407 que liga Biguaçu a Antonio Carlos parece um queijo suiço, prontinha para matar alguem, e o deinfra não arruma, ou melhor, volta e meia põem uma massa podre que sai no primeiro chuvisco (sabemos que de graça não é, a empresa tá recebendo dinheiro e entregando uma porcaria, mas cadê fiscalização???), imaginem nessa rodovia que é longe da capital. Uma vergonha para nosso estado. GOVERNADOR DEMITA TODA A DIRETORIA DO DEINFRA!

  • Liani diz: 16 de outubro de 2015

    Pedro Simon e muitos políticos catarinenses não devem conhecer a BR 163 no trecho de Dionísio Cerqueira a São Miguel do Oeste. Essa nos envergonha muito!!!!

  • José Rodrigues diz: 16 de outubro de 2015

    O mais adequado, meu caro Moacir, seria dizer que há (des)governos que envergonham Santa Catarina, porque a buraqueira é geral, e se fôssemos citar todas as mazelas de nossas estradas, faltaria espaço nos jornais…

  • sandra diz: 16 de outubro de 2015

    Meu “Quirido”..não precisa ir tão longe..você já viu nossa rodoviária? Uma vergonha para quem chega na “carpital”! Aquilo não são buracos..são crateras!!!

  • el mestre diz: 16 de outubro de 2015

    Caro Moacir. Pode ser Germanica, Italiana, Japonesa, Angolana. Qualquer arquitetura serve. o problema é esta estrada péssima.

  • Jaime André Klein diz: 17 de outubro de 2015

    Meu caro Moacir, não é somente neste município citado por você que a situação é calamitosa. O extremo oeste vive em uma peneira. As ações “emergenciais” do famoso tapa buracos é tão vicioso, que tapam alguns, outros deixam em aberto para, na maior brevidade, necessitar mais uma ação “emergencial”. O círculo é tão vicioso e preocupante. Onde estão os políticos que sustentam este desgoverno? Onde está o Grupo RBS, do qual tu fazes parte, para fazer pressão junto ao governo?

  • Hildegard diz: 17 de outubro de 2015

    Meu caro Moacir,
    Pela foto, parece que a quadrilha roubou também o asfalto dessa rodovia. É mais um caso para a Polícia Civil.