Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Campanha de Dário aciona justiça contra telefonemas anônimos

01 de outubro de 2014 0

Por Luis Antonio Hangai

O advogado da campanha de Dário Berger (PMDB), que concorre ao Senado, entrou no começo da tarde desta quarta-feira com uma medida cautelar no TRE-SC para impedir a continuidade dos telefonemas que relacionam o peemedebista a casos de corrupção.

Paulo Freta Moreira, que atua na defesa da campanha, afirma que os telefonemas são irregulares. Argumenta que é uma tentativa de coagir e induzir o eleitorado a não votar em Dário, e que qualquer tipo de pesquisa deve ser identificada, sendo vedada o questionamento anônimo. Pedirá também que a Justiça descubra quem está fazendo as ligações baseando-se em informações das operadoras telefônicas.

Nos últimos dias eleitores (e políticos) catarinenses estão recebendo telefonemas anônimos em que uma gravação eletrônica pergunta se “você acredita que Dário Berger tem algum tipo de envolvimento no caso Bocelli”. Depois solicita ao ouvinte digitar entre dois números para afirmar se acredita ou que não acredita.

O caso Bocelli mencionado nos telefonemas, que ainda tramita na Justiça, se trata da denúncia de improbidade administrativa movida pelo Ministério público em 2010, quando a prefeitura de Florianópolis contratou o cantor Andrea Bocelli para um show no município. Dário, que concorre a uma vaga ao Senado pelo PMDB, era prefeito da Capital na época.

Comments

comments

A carga tributária e a complexidade dos impostos

01 de outubro de 2014 0

Nos últimos 20 anos a carga tributária no Brasil teve aumento superior a 60% e passou de 20% para mais de 34%. Pior é a complexidade. O grupo Gerdau, por exemplo, tem 3 pessoas para pagar impostos de suas empresas nos Estados Unidos e 60 empregados para recolher tributos no Brasil.
Informações de Luiz Fernando Furlan durante palestra no Lide de SC.

Comments

comments

As prioridades da ABIH-SC para o turismo de SC

01 de outubro de 2014 0

Presidente da Associação Brasileira de Hotéis-SC, Samuel Koch, lamentou que Santa Catarina tenha perdido a liderança nacional como melhor destino turístico do Brasil. Diagnostica: “Estamos com acesso precários, por terra, mar e ar. Temos problemas nas rodovias, nosso aeroporto vive imbróglio há anos, a Capital é uma ilha sem transporte. Não há marinas, trapiches e muito menos píer para navios de cruzeiros”.

Comments

comments

Senador alerta sobre ameaças ao agronegócio

01 de outubro de 2014 0

Durante a palestra do empresário Luiz Fernando Furlan no Lide SC, o senador Luiz Henrique fez duas revelações. Manifesto preocupação com o futuro do agronegócio, por falta de ferrovia para trazer grãos do centro oeste. E declarou: “Não sou candidato a mais nada. Estou em fim de carreira”.

Comments

comments

A eleição presidencial do próximo domingo

01 de outubro de 2014 0

Uma boa análise sobre a disputa presidencial do próximo domingo está no Blog do Ricard Noblat, em O Globo. Confirma:

“Então fica combinado assim: levando-se em conta as pesquisas de intenção de voto do Ibope e do Datafolha divulgadas ontem à noite, Dilma vai para cima dos seus adversários na tentativa de liquidar a eleição no próximo domingo.

E Marina e Aécio se engalfinharão atrás da chance que permita a um dos dois empurrar o fim da eleição para o segundo turno.

Marina e Aécio admitem que é isso o que farão. Dilma, não. Recusa-se a admitir que esteja empenhada em se eleger no primeiro turno. E por que?

Para não se frustrar nem frustrar sua tropa se não conseguir. O mais provável, segundo Mauro Paulino, diretor do Datafolha, é que fique para o segundo turno o desfecho da eleição.

Segundo Paulino, Dilma deverá chegar no domingo com 36% a 43% das intenções de voto. Marina, com 22% a 28%. E Aécio com 18% a 23%.

Não entra nessa conta o fato de Aécio dispor mais do que Marina de aliados políticos nos Estados capazes de favorecê-lo.

Nem entra o risco que corre Marina de perder eleitores que ainda não sabem como votar nela.

A pesquisa Ibope foi aplicada entre os dias 27 e 29. A do Datafolha, entre 29 e 30.

As duas apontam quase os mesmos resultados no primeiro turno: 39% para Dilma, 25% para Marina e 19% para Aécio no caso do Ibope. No caso do Datafolha, 40%, 25% e 20%.

Os resultados da simulação de segundo turno na duas pesquisas são bastante parecidos.

Os dois institutos coincidem no registro de um quadro de estabilidade para Dilma e Aécio. E de queda acentuada e permanente de Marina.

Em meados de agosto último, Marina tinha 20 pontos percentuais a mais do que Aécio. Agora, só cinco.

Caiu porque virou alto preferencial dos ataques de Dilma no rádio e na televisão. E não soube – ou não quis – respondê-los. O programa de TV de Dilma tem 12 minutos. O de Marina, dois.

Aécio tem cara de candidato de oposição. Marina, de candidata da mudança. Para Dilma, ela representa um risco maior do que Aécio. Daí porque Dilma tanto bate nela.

Pelo Ibope, Marina lidera as intenções de voto em São Paulo onde estão 22% dos eleitores, seguida por Dilma e Aécio. Embora em queda no Nordeste, é mais forte ali do que Aécio.

Se não se reeleger no primeiro turno, Dilma irá para o segundo na condição de favorita seja contra Marina ou Aécio.

A maioria dos eleitores cobra mudanças. Eram 79% há uma semana. Agora são 74%, informa o Datafolha.

Dilma é considerada por eles como a candidata mais apta a promover mudanças – 34% a 24% (Aécio) e a 23% (Marina).

A pancadaria de Dilma em Marina, a qual se associou Aécio, provocou um aumento de sua taxa de rejeição – o percentual de eleitores que dizem que jamais votarão nela.

Em 15 de agosto, a rejeição de Marina era de 11%. Subiu para 25%. É menor que a rejeição de Dilma (31%). Mas maior que a rejeição de Aécio (23%).”

Comments

comments

Licença de Romildo Titon termina amanhã

01 de outubro de 2014 0

Termina amanhã a nova licença do deputado estadual Romildo Titon da Assembleia Legislativa do Estado. Assessoras informam que ele não voltará ao exercício parlamentar. Deverá retornar ao parlamento somente depois da eleição. E, se for reeleito como tudo indica, poderá reassumir, também, a presidência da Assembleia no dia 7 de outubro.

Comments

comments

Tribunal promove magistrados de SC

01 de outubro de 2014 0

O Tribunal de Justiça do Estado aprovou hoje, em sessão sob a presidência do desembargador Torres Marques, a promoção de quatro magistrados de 1º Grau: juíza Mônica Elias de Luca (7ª Vara Cível de Joinville), atual vice-presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses, juíza Carolina Ranzolin Nerbass Fretta (1ª Vara Criminal de Palhoça), juíza Clarice Ana Lanzarini (Vara Comercial de Brusque), e juiz Sérgio Renato Domingos (1ª Vara Vara Cível de Criciúma). As promoções para Joinville e Brusque ocorrerem pelo critério de merecimento; as de Palhoça e Criciúma, por antiguidade.

Comments

comments

Privatizações e burocracia na Fazenda

01 de outubro de 2014 0

Vice-presidente da Fiesc, André Gaidzinski, questionou publicamente os candidatos ao governo catarinense. Quer saber por que nenhum deles falou sobre privatizações da Celesc e da Casan. E de mais transparência na Secretaria da Fazenda. Diz que no Paraná um processo simples de transferência de débito e crédito de ICMS é realizada pela Internet. Aqui, o empresário tem que falar com o Secretário.

Comments

comments

Ex-ministro Furlan continua otimista

01 de outubro de 2014 1

Ex-ministro Luiz Fernando Furlan disse ontem em palestra no Lide SC que esta eleição “está muito diferente das anteriores”. Constata que a maioria dos eleitores não sabe em quem votar e muito menos encontra razões para ir votar no domingo. Apesar de números negativos na economia, Furlan fez uma exposição otimista sobre o futuro do Brasil. Disse que não definiu o voto presidencial.

Comments

comments

Apufsc: duas chapas inscreveram-se para as eleições

01 de outubro de 2014 0

Duas chapas vão concorrer no dia 9 de outubro às eleições da nova Diretoria do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina. A de situação é liderada pelo professor Wilson Erbs e intitulada “Renovação e Trabalho”; e a oposição “Retomando o Rumo”, encabeçada pelo professor Rogério Portanova.

Comments

comments