Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Dário Berger fala sobre Operação Trojan

27 de julho de 2015 0

O senador Dário Berger(PMDB) considerou “um absurdo” a Operação Trojan, que culminou com mandado de busca e apreensão na residência de seu irmão, o empresário Dilmo Berger. Informou que o empresário, presidente do grupo Orsegups, está de férias e não se encontrava em casa. Além disso, nada foi levado de sua casa pela Policia Civil, que cumpriu o mandato judicial.
O ex-prefeito de Florianópolis deu versão diferente do prefeito Cesar Souza Junior(PSD) sobre a origem das investigações que culminaram com a Operação Trojan. Informou que partiu dele a denúncia de irregularidades no Pró-Cidadão ao Ministério Público Estadual.
Dário Berger estranhou também “a coincidência” que a operação tenha ocorrido na véspera da posse do irmão, o ex-prefeito Djalma Berger na presidência da Eletrosul, o que ocorre amanhã.

Comentários

comments

Posse festiva dos diretores da AEMFLO e CDL-SJ

27 de julho de 2015 0
Diretoria executiva da AEMFLO e CDL-SJ reunidos na posse da

Diretoria executiva da AEMFLO e CDL-SJ reunidos na posse da gestão 2015/2017. Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (24), a diretoria executiva da AEMFLO e CDL-SJ, reeleita no dia 22 de junho, comemorou em posse festiva o mandato para a gestão 2015-2017. Estiveram no evento, membros da diretoria, conselhos deliberativo e fiscal e seus familiares. Durante a solenidade, empresários da gestão anterior foram homenageados e depois os convidados foram recepcionados para um jantar, no Hotel Cuper, em São José.

Comentários

comments

Programa Antonieta de Barros completa 11 anos de existência

27 de julho de 2015 0
Solenindade de ingressos dos jovens (Foto: Divulgação)

Solenidade de ingressos dos jovens na Assembleia Legislativa. (Foto: Divulgação)

Nesta quarta-feira (29) o Programa Antonieta de Barros (PAB) completa 11 anos de sua instituição pela Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. O PAB é um programa de ação afirmativa voltado à inclusão de jovens negros no mercado de trabalho por sua condição de vulnerabilidade social, étnica, de gênero ou por serem portadores de necessidades especiais.

O Programa foi Instituído pela Lei Estadual nº 13.075, de 29 de julho de 2004, e nesses 11 anos de existência teve a participação de 284 jovens que, através de programa de estágio remunerado, desempenham serviços nos setores administrativos do Parlamento Catarinense e participam de atividades de formação organizadas pela equipe de trabalho da Coordenadoria de Estágios Especiais da Alesc, que tem como coordenadora a servidora Marilú Lima de Oliveira.

Atualmente, a Coordenadoria acompanha a frequência e a rotina dos 40 jovens nos setores administrativos da Alesc e nas unidades educacionais; realiza reuniões periódicas com os familiares e responsáveis, com o objetivo de mostrar as qualidades destes jovens aos seus pais e busca ampliar as perspectivas de convívio destes estagiários com espaços e pessoas fora de seus cotidiano.

Para participar do programa de estágio, com duração de 2 anos, o jovem deve ter idade de 16 a 24 anos; renda igual ou inferior a dois salários mínimos; vulnerabilidade, local de moradia; jovem negros, em especial mulheres; ser indicado por entidade de sociedade civil e estar matriculado em uma instituição de ensino.

Comentários

comments

Cruzamento de dados

27 de julho de 2015 0

A Secretaria da Fazenda e a CGU estão coordenando um projeto inédito no país desde maio. Nesta terça-feira (28) mais um encontro entre os técnicos das instituições ocorre em Florianópolis, com objetivo de viabilizar o cruzamento do banco de informações do Governo Federal com o do Governo do Estado. Na base, está o trabalho de controle interno desenvolvido pelo auditores internos estaduais, responsáveis pela identificação das irregularidades e, também, das possíveis oportunidades para melhorar o gasto público dentro do Poder Executivo. 

Comentários

comments

Eleições 2016: A nova bola da vez do PMDB de Imbituba

27 de julho de 2015 0

O PMDB de Imbituba sob o comando do presidente Jailson Teixeira tem realizado inúmeras reuniões em prol a pré-candidatura a prefeito do empresário Luiz Gonzaga de Carvalho o “Zaga da INKOR“. No último domingo (26) foi realizado o 5º Chá das 15hs do PMDB Mulher do bairro Vila Santo Antônio sob o comando da coordenadora Eliente Custódio. Na oportunidade Zaga e Jailson estiveram presentes conversando com o seguimento feminino do PMDB e aproveitaram pra lançar o novo slogan, “PMDB A FAVOR DE IMBITUBA” que será usado em todas as reuniões do partido.
O presidente Jailson afirma que já é quase consenso a candidatura de Zaga a Prefeito pelo PMDB. “O Partido precisa respirar novos ares, precisa ser oxigenado e evoluir, temos que dar espaço as novas lideranças, precisamos abrir o partido e acabar com o jogo de interesse e vaidade que há anos impera em nosso PMDB, quem é contra a este projeto esta pensando só em si ou esta mal intencionado” finalizou o presidente.

Comentários

comments

Pleitos aos Senadores

27 de julho de 2015 0

A Facisc recebe nesta terça-feira (28), o primeiro dos três senadores catarinenses para uma conversa de aproximação entre a entidade e os parlamentares. Dalírio Beber estará na sede da Federação em Florianópolis para tratar de diversos assuntos de interesse da classe empresarial. O senador vai receber da Federação um documento com pedidos de apoio para aprovação de medidas essenciais para o desenvolvimento da atividade empresarial e da economia catarinense.

Entre os assuntos relacionados pela Facisc estão o Ajuste Fiscal – Majoração das Alíquotas da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta/Redução da desoneração da folha de pagamentos,a MP 685 – Necessidade de Declaração dos Planejamentos Tributários Realizados pelas Empresas, o Fornecimento de Informações aos fiscos estaduais – Bloco K,a redução do Prazo Decadencial e Prescricional para Lançamento e cobrança de Tributos e a Terceirização. Além disso, velhos conhecidos no meio associativista como melhoria da infraestrutura, saúde e educação no Estado, e as reformas política, fiscal e trabalhistas também estará na pauta.

Comentários

comments

Prefeitura de Florianópolis divulga nota sobre Operação Trojan e cita demissões e afastamentos

27 de julho de 2015 2

A Prefeitura de Florianópolis divulgou nota a respeito da Operação Trojan , realizada pela Polícia Civil nesta manhã de segunda-feira (27):

A propósito da operação deflagrada nesta segunda-feira pela Polícia Civil, em investigação que apura fraudes no Pró-Cidadão, a Prefeitura de Florianópolis gostaria de informar que:

1 – As denúncias que resultaram nas ações policiais desta segunda-feira partiram da administração municipal em 2013, tão logo tomou conhecimento das irregularidades envolvendo o uso indevido de senhas do sistema do Pró-Cidadão;

2 – Durante o curso das investigações, a Prefeitura prestou todas as informações e forneceu todos os documentos necessários ao bom andamento do trabalho policial;

3 – A Prefeitura é a maior interessada no esclarecimento dos fatos e na identificação dos seus autores, a fim de buscar o ressarcimento de todo e qualquer prejuízo causado aos cofres públicos;

4 – Para evitar que os problemas detectados em 2013 continuassem, a administração municipal modificou o sistema de senhas e implantou controle mais rígido no acesso ao sistema do Pró-Cidadão;

5 – Além disso, foram deflagrados três Processos Administrativos Disciplinares para investigar a conduta de mais de 30 servidores suspeitos de envolvimento no esquema, o que resultou em mais de seis mil páginas de relatórios e documentos, que constataram não só a baixa fraudulenta de impostos como a transferência irregular de imóveis;

6 – Toda essa documentação foi enviada aos responsáveis pelas investigações;

7 – Até o momento, a apuração administrativa, que ainda não foi encerrada, gerou uma demissão e alguns afastamentos;

8 – A Prefeitura continua à disposição das autoridades e dos órgãos de controle para qualquer auxílio nas investigações.

Atenciosamente,

Secretaria Municipal de Comunicação

Prefeitura de Florianópolis

Comentários

comments

Operação Trojan continua: servidores presos e apreensão em execução

27 de julho de 2015 2

A Operação Trojan, desencadeada hoje pela Polícia Civil de Santa Catarina continua em andamento. Por isso, a Secretaria de Segurança Pública não divulgou o nome dos 12 presos até agora, nem a relação dos empresários e servidores públicos alvo das 19 mandados de busca e apreensão. Na origem da operação supostas irregularidades no Pró-Cidadão da Prefeitura Municipal de Florianópolis na administração de Dário Berger e fraudes contra o Sistema Tributário de Florianópolis na mesma gestão. O prejuízo chegaria a 12 milhões de reais, segundo as autoridades policiais.
Entre as fraudes estariam exclusão ou mudanças de dados dos contribuintes, visando redução ou cancelamento de débitos fiscais, em especial, do IPTU. Entre os detidos estaria o ex-secretário de Administração da Prefeitura de Florianópolis na gestão Dário Berger, Sandro Fernandes. Seu advogado já foi acionado.
Sobre o mandado de busca e apreensão na residência do empresário Dilmo Berger, presidente do grupo Orsegups Participações SA, há duas versões circulando nos bastidores da Polícia Civil: um que teriam sido apreendidos celulares e outra que nada foi levado pelos policiais.
A operação acontece na véspera da posse do ex-prefeito Djalma Berger na presidência da Eletrosul. Djalma é irmão de Dilmo Berger e do senador Dário Berger, que fez a indicação à presidente Dilma Rousseff.
O senador encontra-se em Florianópolis e, segundo assessores, ficou surpreso e indignado com a operação.

Comentários

comments

Operação Trojan: Prefeitura que que há 30 servidores suspeitos de fraudes

27 de julho de 2015 0

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Florianópolis emitiu a seguinte nota sobre a Operação Trojan, desencadeada pela Policia Civil de Santa Catarina esta manhã e ainda em execução:

A propósito da operação deflagrada nesta segunda-feira pela Polícia Civil, em investigação que apura fraudes no Pró-Cidadão, a Prefeitura de Florianópolis gostaria de informar que:

1 – As denúncias que resultaram nas ações policiais desta segunda-feira partiram da administração municipal em 2013, tão logo tomou conhecimento das irregularidades envolvendo o uso indevido de senhas do sistema do Pró-Cidadão;

2 – Durante o curso das investigações, a Prefeitura prestou todas as informações e forneceu todos os documentos necessários ao bom andamento do trabalho policial;

3 – A Prefeitura é a maior interessada no esclarecimento dos fatos e na identificação dos seus autores, a fim de buscar o ressarcimento de todo e qualquer prejuízo causado aos cofres públicos;

4 – Para evitar que os problemas detectados em 2013 continuassem, a administração municipal modificou o sistema de senhas e implantou controle mais rígido no acesso ao sistema do Pró-Cidadão;

5 – Além disso, foram deflagrados três Processos Administrativos Disciplinares para investigar a conduta de mais de 30 servidores suspeitos de envolvimento no esquema, o que resultou em mais de seis mil páginas de relatórios e documentos, que constataram não só a baixa fraudulenta de impostos como a transferência irregular de imóveis;

6 – Toda essa documentação foi enviada aos responsáveis pelas investigações;

7 – Até o momento, a apuração administrativa, que ainda não foi encerrada, gerou uma demissão e alguns afastamentos;

8 – A Prefeitura continua à disposição das autoridades e dos órgãos de controle para qualquer auxílio nas investigações.

Secretaria Municipal de Comunicação

Prefeitura de Florianópolis.”

Comentários

comments

Empresários de Florianópolis são investigados por fraude de R$ 12 milhões

27 de julho de 2015 6

A Polícia Civil prendeu 12 pessoas envolvidas em fraudes no Sistema Tributário do Município de Florianópolis e Pró-Cidadão na capital catarinense nesta segunda-feira (27). O prejuízo é estimado em r$ 12 milhões aos cofres públicos. A polícia cumpriu também mandados de busca e apreensão.

Entre os alvos da Operação Trojan estão empresários de Florianópolis e São José. Um deles é Dilmo Berger, irmão do senador Dário Berger (PMDB). Dilmo é presidente da Orsegups Participações SA, empresa de prestação de serviços de segurança.

Entenda a operação Trojan

 

Comentários

comments