Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Celesc: a desvalorização das ações

28 de julho de 2014 2

As ações da Celesc foram cotadas no último pregão da Bolsa de Valores a R$ 14,90. Acumulam este ano uma queda de 11,6%. Se considerar os equívocos da politica energética do governo federal, com graves prejuízos para as distribuidoras, a partir da Medida Provisória 579, de 2012, a perda do valor da ações da Celesc totaliza 52,2%.

Comments

comments

Caso Bocelli: Justiça quer depoimento do senador Luiz Henrique

28 de julho de 2014 3

Tribunal de Justiça determinou, em liminar, que o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) seja ouvido no polêmico processo sobre a contratação do cantor Andrea Bocelli. Atendeu pedido dos advogados Francisco Ferreira e Edison Carvalho, que atuam na defesa do ex-secretário de Turismo, Mário Cavallazzi.

O motivo
Os advogados requereram o depoimento de Luiz Henrique depois que o ex-prefeito Dário Berger (PMDB) afirmou em juízo que o ex-governador era o maior entusiasta do projeto e que, inclusive, repassou os recursos para a Prefeitura de Florianópolis trazer o famoso cantor italiano a Florianópolis.

Comments

comments

O legado de um mestre exemplar em SC

28 de julho de 2014 2

Da coluna de hoje do Moacir Pereira

A geração dos anos 1960 aprendeu nas aulas da Latim a origem da palavra “mestre”. Deriva de “magister”, o que guia, ordena, dirige, conduz; o que dirige, que inspeciona, que administra.

A vida ensinou depois que mestre pode ser o comandante de uma embarcação ou o detentor do título de terceiro grau na hierarquia maçônica. Ou, para os crentes, o título dado a Cristo pelos apóstolos.

O tempo mostrou depois que muitos podem exercer o magistério, mas poucos são verdadeiros professores.

Pois o professor Mário Cesar Moraes, que faleceu no fim de semana em Florianópolis, foi um “Senhor Professor”, um homem que abraçou a causa da educação durante os 82 anos de vida. Tudo o que fez foi pela melhoria do ensino. Como professor, fundador e diretor da Faculdade de Engenharia de Joinville, como docente do Colégio Celso Ramos e do Colégio Marista, deixou um legado excepcional no magistério catarinense.

Convocado para cargos públicos (Secretarias da Educação, Reconstrução e Casa Civil) revelou dedicação, organização, capacidade de trabalho, competência, ética e probidade. Leal aos amigos, pessoa de fino trato, nunca se viu levantar a voz ou fazer qualquer crítica a quem quer que seja. Fugia da vitrine, agia no anonimato e dispensava a frugalidade das vaidades humanas. Reserva moral no serviço público, era um homem do trabalho, da solidariedade e da família.

Nos últimos 14 anos voltou-se inteiramente para o voluntariado como extremado secretário da Irmandade do Senhor dos Passos.

A herança que deixa é de um paradigma de Professor e Mestre e, sobretudo, de honestidade, dedicação e paixão pela causa pública.

Comments

comments

Demolições: Prefeitura garante que tomou todas as providências pedidas pela procuradora

27 de julho de 2014 3

Do secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Florianópolis, jornalista João Cavallazzi, sobre o requerimento da procuradora Analúcia Hartmann de que a atual administração não tomou providências para cumprir a decisão da Justiça Federal sobre ocupação na Lagoa:

“Caro Moacir, bom dia.

Apenas para registrar que a Prefeitura considera injusta a afirmação de que a atual administração “não tomou providências” a respeito da decisão da Justiça Federal sobre a ocupação da orla da Lagoa da Conceição, conforme consta da abertura de sua coluna no DC de domingo.

Desde que tomou conhecimento da ação, já com decisão transitada em julgado, ou seja, definitiva, sem possibilidade de recurso, o prefeito Cesar Souza Júnior determinou estudo para elaboração de um plano de trabalho visando a cumprir a determinação.

O plano de trabalho foi concluído – segue cópia em anexo – e entregue à Justiça. Porém, a proposta foi rejeitada pelo Ministério Público Federal, que, basicamente, não concordou com seus prazos. Na audiência judicial marcada para o dia 13, a Prefeitura vai procurar sensibilizar o Poder Judiciário sobre a complexidade do trabalho e estudar um novo cronograma para execução do plano.

Além disso, cabe destacar que desde o primeiro dia de trabalho, a atual administração municipal vem demonstrando, através de ações práticas, sua grande preocupação com a questão ambiental em Florianópolis como um todo e, em especial, na Ilha de Santa Catarina.

A Lagoa da Conceição, que, assim como outras regiões, sofreu com o crescimento desordenado nas últimas décadas, tem recebido atenção especial. O novo Plano Diretor, por exemplo, restringiu as construções e também reduziu o gabarito de toda a região da Lagoa.

Atualmente, o limite das construções é de dois andares – o antigo Plano Direto permitia construções de até quatro pavimentos, o dobro. Com a entrada em vigor do novo ordenamento, residências, um hotel e um resort projetados para serem construídos próximo da orla, em áreas ambientalmente frágeis, foram vetados pela administração.

Além disso, a emissão de novos alvarás está obedecendo critérios ainda mais rígidos que os anteriormente adotados. Com o novo Plano Diretor, a Costa da Lagoa foi transformada em Área Residencial Cultural (ARC), atendendo às especificidades daquela localidade e reparando uma demanda que vinha de décadas.

As áreas de preservação cresceram bastante, passando a abarcar também os aspectos paisagísticos. Ao longo da orla e em todas as áreas que passaram a ser classificadas como Áreas de Preservação Permanente (APP), ficou estabelecido que uma comissão examinará individualmente os casos, precavendo-se com as situações urbanas consolidadas, áreas de interesse social, patrimônio cultural, estruturas de lazer e turismo, ou desmembramentos e projetos previamente aprovados.

Um dos objetivos da atual administração é fazer de Florianópolis a capital com maior área de preservação ambiental do país.

Outra iniciativa importante – e inédita, frise-se – foi o lançamento do programa “Se Liga na Rede”, que desde o dia 10 de outubro de 2013 vem inspecionando ligações de esgoto em diversos bairros, entre eles a Lagoa da Conceição e a Costa da Lagoa, regiões que contam com rede coletora de esgoto.

Até esta quarta-feira, as equipes do Se Liga na Rede já haviam visitado 3.660 imóveis residenciais e comerciais na Lagoa e na Costa. Em cerca de 30% dos imóveis, foram constatadas inadequações nas ligações de esgoto. Todos os proprietários já foram notificados a regularizarem a situação.

Além da Lagoa e da Costa, as equipes do Se Liga na Rede já fiscalizaram imóveis na Cachoeira do Bom Jesus, Canasvieiras, Ingleses e Barra da Lagoa. Ao todo, 11.959 imóveis já foram visitados pela fiscalização. O trabalho será estendido para toda a cidade.
atenciosamente,
João Cavallazzi.”

Comments

comments

Riederer e o aumento da energia

27 de julho de 2014 4

Do engenheiro e ex-secretário Carlos Alberto Riederer:
“Moacir,
O aumento do custo da energia não decorre do incentivo à produção de energia térmica, que também não foi dirigido às usinas à carvão como citado pela coluna, mas sim à falta de chuva que levou à necessidade de substituição da energia das hidroelétricas da região Sudeste.
O grande erro do governo federal foi ter criado o factóide de reduzir o preço da energia para os consumidores, sem ter observado que já naquela época os reservatórios da região sudeste estavam preocupantemente baixos, fato que iria levar, como levou, ao aumento do custo da produção pela necessidade de produzir de energia de origem térmica, com queima de carvão, óleo, gás e bagaço de cana, todas muito mais caras que a de origem hidráulica.
Da mesma forma que no passado o governo criou o factóide da autosuficiência de petróleo, fato que não é verdadeiro, tanto é que a importação de derivados continua sendo um dos maiores fatores de desiquilíbrio na balança de pagamentos…
Infelizmente, como a imprensa tem a tendência de “poupar” o governo federal, o povo só vai tomar conhecimento dessa “enganação” após a eleição, quando, além de ter que pagar a conta de energia, vai ter que pagar também os empréstimos que o BNDES fez para salvar as empresas distribuidoras!”

Comments

comments

AMC lança nota de pesar

27 de julho de 2014 0

“A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) comunica, com profundo pesar, o falecimento do Desembargador Victor José Sebem Ferreira, ocorrido na manhã deste sábado (26/07). O velório será realizado no Auditório do Tribunal Pleno, a partir das 14 horas, e seu sepultamento está marcado para as 17 horas no Cemitério Senhor dos Passos, localizado na Ponta de Baixo, em São José.
O Desembargador Victor Sebem era membro da 4ª. Câmara de Direito Civil do TJ e, até pouco tempo, coordenador do Conselho Gestor dos Juizados Especiais de Santa Catarina.
Aos familiares, a AMC apresenta as suas sentidas condolências, rogando a Deus que lhes dê forças para superar estre difícil momento.”

Comments

comments

Dia da Imprensa será comemorado nesta segunda

27 de julho de 2014 0

Pela primeira vez nas comemorações do Dia da Imprensa, 28 de julho, a cerimônia em homenagem ao fundador Jerônimo Coelho na Praça XV de Novembro, terá uma mulher como oradora oficial. A escolhida foi a jornalista Débora Almada. O evento é promovido pela Associação Catarinense de Imprensa, potências maçônicas e Exército.

Comments

comments

Novo PDV na Celesc

27 de julho de 2014 6

Conselho de Administração da Celesc aprovou a execução do Plano de Demissão Voluntária de 228 empregados já aposentados. A execução custará 36 milhões de reais. A estatal aplicou há dois anos o PDV de 755 colaboradores ao custo de 200 milhões de reais.

Comments

comments

As estradas e omissão do DNIT

27 de julho de 2014 2

Engenheiro Ricardo Saporiti voltou a enfatizar a necessidade urgente de o DNIT executar obras e serviços de manutenção das rodovias federais. Só na BR-101 o governo tem investidos 2,5 bilhões de reais. E não está havendo conservação mínima da rodovia. Há estudo técnico indicando que para cada um dólar que se deixa de aplicar em manutenção, gasta-se 2,5 dólares na recuperação.

Comments

comments

Isenção de pedágio em áreas urbanas

27 de julho de 2014 1

Câmara Federal está divulgando documento com as 200 propostas aprovadas pelo plenário nos anos de 2013 e 2014. Constam o Plano Nacional de Educação, o Marco Civil da Internet e o Orçamento Impositivo. Da bancada catarinense, o único da publicação é de autoria do deputado Esperidião Amin(PP). Projeto que trata da isenção de pedágio em áreas urbanas.

Comments

comments