Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "SC"

As cidades catarinenses que mais votaram em Aécio e Dilma

27 de outubro de 2014 9

Por Luis Antonio Hangai

Em Santa Catarina – Estado em que Aécio Neves conseguiu novamente a maior vitória proporcional do país –, duas mesorregiões se destacaram entre eleitores do PSDB e do PT.

No Vale do Itajaí, três município concederam ao tucano os maiores índices porcentuais em todo o Estado: Benedito Novo (83,14% ou 5,6 mil votos), Timbó (82,94% ou 20,1 mil votos) e Brusque (82,01% ou 55,1 mil votos).

> Leia também:
:: Em mapa, veja como cada Estado votou para presidente
:: Eleição presidencial foi a mais acirrada desde 1989

Já Dilma Rousseff (PT) conseguiu no Oeste catarinense seus melhores resultados. Três cidades da região foram, em números porcentuais, as que mais votaram na petista em SC. São elas Entre Rios (70,88% ou 1,4 mil votos), Ipuaçu (67,18% ou 2,5 mil votos) e São Bernardino (65,96% ou 1,2 mil votos).

Dilma, SC e a reeleição

27 de outubro de 2014 14

00a6e154

Da coluna de hoje do Moacir Pereira

Com a reeleição de Dilma Rousseff (PT) sai fortalecida a posição do governador Raimundo Colombo (PSD). Ele já mantém há anos uma relação de amizade sólida com a presidente da República. E, embora Aécio Neves (PSDB) tenha ampliado a vitória sobre Dilma em Santa Catarina, Colombo sai com novos créditos. Impediu goleada maior.

O encontro político, reunindo os prefeitos e depois os líderes e militantes dos partidos que apoiavam o projeto de reeleição, no Centrosul, em Florianópolis, teve um significado singular para a presidente. Além da forte emoção que marcou o evento suprapartidário, foi a partir daquele encontro que Dilma começou a subir nas pesquisas na corrida contra Aécio.

Saem como vencedores o presidente estadual do PMDB, Eduardo Moreira, que abriu o voto em Dilma, o presidente do PSD catarinense, Gelson Merisio, o senador eleito Dário Berger (PMDB) e o coordenador do comitê suprapartidário, prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT). E entram na lista dos perdedores o senador Luiz Henrique da Silveira e o deputado federal Valdir Colatto, ambos do PMDB.

Dilma terá múltiplos desafios antes da posse. Precisa indicar nomes para a área econômica que restabeleçam a credibilidade e a confiança dos investidores e consumidores. Terá que se preparar para as graves revelações do petróleo, envolvendo grandes empresas e uma lista com 50 políticos.

Colombo, por sua vez, passa a compor o secretariado, com a missão de concluir ou agilizar obras federais que são vitais para o desenvolvimento de Santa Catarina.

Entidades hospitalares alertam para crise financeira

29 de agosto de 2014 2

Uma carta aberta foi lançada pelas entidades hospitalares que promovem na capital o 36º Encontro Catarinense de Hospitais. As entidades hospitalares lançaram um manifesto explicando em detalhes a situação em que se encontram as instituições filantrópicas e privadas que atendem SUS no Estado. O manifesto será entregue para os parlamentares de SC e também para a bancada catarinense em Brasília, além do governador, secretários e candidatos que disputam as eleições neste pleito.

Veja as principais reivindicações abaixo:

“1. 100% (cem por cento) de reajuste da Tabela de Procedimentos do Sistema Único de Saúde – SUS, pois, há 20 (vinte) anos o segmento hospitalar privado filantrópico vem sofrendo, de maneira continuada, um brutal déficit nas relações contratuais estabelecidas com o Sistema Único de Saúde – SUS.

2
. Anistia das dívidas relacionadas a tributos e/ou contribuições, a partir de lei específica, bem como a possibilidade de reestruturação do endividamento bancário, com a transferência das dívidas com bancos privados para bancos públicos, e a edição de linhas de créditos de longo prazo e juros subsidiados, “JURO ZERO” sem exigências de certidões negativas a partir de garantias consignadas;
3. Revisão e atualização dos valores repassados pela Portaria SES nº 543, de 22 de agosto de 2008: que aprovar as diretrizes operacionais do Incentivo Hospitalar, sendo proposto o pagamento de um incentivo as Unidades Hospitalares que aderirem ao processo de Contratualização;
4. Criação de Política de Incentivo no âmbito estadual, objetivando complementar o custeio de ações de média complexidade na assistência hospitalar, com vistas a garantir o equilíbrio econômico-financeiro na prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde – SUS;
5. Criação de programa específico para a sustentabilidade dos hospitais de pequeno porte, considerando a continuidade e a importância para o atendimento da população em localidades com menos de 30 mil habitantes, sendo necessário redefinir o papel dessas entidades para que, integrados à rede assistencial, possam prestar melhores serviços à população e servirem de retaguarda aos hospitais de maior porte;
6. Compromisso da aprovação da Emenda Popular “Saúde + 10” que define a aplicação dos recursos estaduais da saúde (12% da receita liquida) de acordo com o preconizado pela Lei Complementar nº 141/2013: que Regulamenta o § 3o do art. 198 da Constituição Federal para dispor sobre os valores mínimos a serem aplicados anualmente pela União, Estados e Municípios em ações e serviços públicos de saúde;
7. Apoio na aprovação do projeto protocolado junto a CELESC, que autoriza a isenção do pagamento da tarifa de energia elétrica para os estabelecimentos de saúde que atendam os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS;
8. Igualdade na distribuição dos recursos ou seja, do orçamento da saúde no estado os hospitais públicos que representam 20% da rede ficam com 50% dos recursos, ou mais. Já os hospitais privados e filantrópicos que representam 80% da rede de assistência recebem também os mesmos 50%, conta injusta e desigual.”

Bornhausen define visitas de Marina Silva a SC

20 de agosto de 2014 2

Presidente estadual do PSB, Paulo Bornhausen, confirmando que o vice de Marina Silva será o deputado gaúcho Beto Albuquerque e destacando que a escolha é excelente para o sul e para Santa Catarina. Iniciará contatos com os líderes do PSB, da Rede e do PPS para definir a visita de Marina Silva a Santa Catarina. Se depender dos aliados deverá vir duas vezes ao Estado. Começam agora a definição das cidades. Bornhausen conversa hoje em Brasilia com lideranças do PSB e aliados.

Fecomércio SC apresenta nova diretoria

18 de agosto de 2014 1
Foto: Caio Cezar / Divulgação

Foto: Caio Cezar / Divulgação

Em evento realizado nesse último fim de semana, tomou posse como presidente da Fecomércio SC o empresário jaraguaense Bruno Breithaupt. A entidade também apresentou a sua nova diretoria composta por 16 nomes representativos de todas as regiões do Estado. A cerimônia foi realizada no Salão Cascaes do Costão do Santinho, em Florianópolis, no sábado, e contou com a presença de membros da federaõa, empresários e políticos. 68 sindicatos patronais filiados formam a Fecomércio SC, representando mais de 400 mil empresas do setor.

Confira abaixo o vídeo promocional do evento:

Sem força no Congresso

30 de julho de 2014 5

00a322ae

Da coluna de hoje do Moacir Pereira

O relatório oficial do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que avalia a liderança e o desempenho dos senadores e deputados federais, não traz nenhum representante de Santa Catarina. Ali são destacados os 100 parlamentares mais influentes.

O documento será publicado na segunda quinzena de agosto e trará todos os dados sobre a pesquisa, incluindo a metodologia e a classificação na Câmara e no Senado.

A bancada catarinense aparece apenas na relação dos parlamentares “em ascensão”. São eles o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e o deputado federal Décio Lima (PT).

Os vizinhos da região Sul, ao contrário, contam com uma presença expressiva na lista dos 100 melhores. O Paraná entra com os três senadores e mais quatro deputados federais. Já o Rio Grande do Sul consta no relatório com os três senadores e oito deputados federais, totalizando 11 parlamentares e ocupando a segunda posição. Só perde para São Paulo, com 17, que lidera a lista.

De acordo com o relatório, os “cabeças” do Congresso são definidos entre os senadores e deputados que se diferenciam dos demais por vários atributos. Entre eles, “a capacidade de conduzir debates, votações, articulações, constituir posições, elaboração de propostas e aprovação de projetos de lei”. O estudo incluiu o período de janeiro a junho de 2014.

Os partidos que tiveram maior número de “cabeças” foram o PT da presidente Dilma e o PMDB do vice Michel Temer. Também, por isso, as oposições costumam fazer restrições e críticas ao relatório, alegando que o Diap considera questões ideológicas e partidárias.

O fato é que a representação de Santa Catarina fica fragilizada no documento.

Em vídeo, Eduardo Campos confirma visita à SC

24 de julho de 2014 6

Dilma cancela visitas à Concórdia e Laguna

05 de junho de 2014 14

Alterações na agenda de Dilma Rousseff em SC: em função da previsão de tempo chuvoso para esta sexta-feira no Estado, a presidente cancelou as visitas aos municípios de Concórdia e Laguna, já que ela se deslocaria por vias aéreas. No Oeste, ela participaria das comemorações de aniversário da Sadia (BRF) e no Sul para vistorias nas obras da ponte de Laguna. Está mantida apenas a passagem por Florianópolis para a formatura das turmas do Pronatec, no Centro Sul. As informações são do governo de SC.

Confirmada visita e agenda de Dilma em SC

03 de junho de 2014 4

Dilma Rousseff confirmou sua visita à Santa Catarina para esta sexta-feira, dia 6 de junho. A agenda começa às 11h, quando a presidente estará em Concórdia para o aniversário de 70 anos da Sadia (BRF). Depois, às 14h30, ela estará em Florianópolis para a formatura das turmas do Pronatec, no Centro Sul, quando cerca de mil alunos irão se formar. Por fim, Dilma irá vistoriar a Ponte de Laguna, a partir das 16h30.

A princípio também estava prevista a passagem da presidente por Chapecó para a inauguração do acesso viário do município. Mas as obras não serão concluídas a tempo, o que inviabiliza a visita.

Biblioteca Pública de Santa Catarina prepara comemorações para aniversário de 160 anos

26 de maio de 2014 1

A Biblioteca Pública de Santa Catarina, localizada no Centro de Florianópolis, irá completar 160 anos em 31 de maio. Na programação estão previstas comemorações e um debate entre escritores no dia 29, às 14h, no hall da biblioteca, com o tema “O papel da biblioteca pública para área da pesquisa frente aos avanços tecnológico e o processo criativo da leitura para a formação do escritor”.

A biblioteca foi criada em 1854, mas somente em 9 de janeiro de 1855 foi oficialmente inaugurada. Na época o presidente da província era João José Coutinho. O acervo atual é composto por mais de 115 mil volumes em que constam obras gerais, literatura catarinense, brasileira e internacional, periódicos, materiais especiais voltados aos portadores de deficiência visual e o importante setor de obras raras de Santa Catarina, que contém exemplares dos séculos XVII, XVIII , XIX e XX.

Programação
Dia 29 de maio – Conversa com escritores e lançamento Catálogos de Jornais de SC de 1831 a 2013
Dia 30 de maio – Contação historia “Boca Leão”
Dia 2 de junho – Contação historia “Frankolino” e lançamento do livro: Mitologia dos 4 Elementos – Cléo Busatto, com presença da escritora para sessão de autógrafos.
Dia 5 de junho -Assembleia geral de fundação da Academia Brasileira de Contadores de Histórias – Seccional/SC. Iniciativa da escritora e contadora de histórias, Claudete Terezinha da Mata e apoio, dos integrantes da Oficina Literária “Boca de Leão”, Fundação Catarinense de Cultura e Biblioteca Pública de Santa Catarina.