Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Tubarão"

Industrial do sul destaca qualidade do governo

11 de agosto de 2014 6

“Um governo que não esteve envolvido em escândalos, está cacifado para administrar o Estado.” Disse o industrial Dilney Vechi, ao se encontrar no Farol Shopping, em Tubarão, com o governador Raimundo Colombo.

Deputados homenageiam Ivane Fretta Moreira

15 de novembro de 2013 Comentários desativados

Os deputados estaduais do Sul do Estado, inclusive licenciados, assinam projeto de lei para dar o nome de Ivane Fretta Moreira ao contorno viário norte de Tubarão. A mulher do vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) faleceu em julho.

Ponticelli vai dizer a Colombo que é candidato a senador ou governador

11 de setembro de 2013 9

Do jornalista Adelor Lessa, do jornal A Tribuna, de Criciúma.

Governador Raimundo Colombo voltará da viagem ao exterior antes do previsto. Em princípio, amanhã à noite. Seria no domingo. Assim que reassumir, terá agenda política a cumprir.

O presidente da Assembleia, deputado do Sul Joares Ponticelli, presidente estadual do PP, pediu à assessoria do governador preferência na agenda. Quer tratar da eleição de 2014.

Ponticelli vai comunicar decisão de ser candidato na eleição majoritária. Pode ser ao Senado, entrando na aliança que sustentará a candidatura de Colombo à reeleição. Se não der, está disposto a ser candidato ao Governo.

Ele já está fechando roteiro para correr o estado para consolidar sua posição.

Ontem, tratou do assunto na reunião da bancada estadual do PP, que teve a participação do prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo (à esquerda), e o ex-prefeito de Urussanga, Luiz Carlos Zen (ao lado).

Concluíram que o PP do Sul catarinense está ficando com musculatura suficiente para reivindicar a vaga na majoritária, principalmente depois das filiações dos deputados Jorge Boeira e o ex-prefeito Beto Martins, secretário de Turismo do Estado, previstas para os próximos dez dias. Por sua vez, Ponticelli se fortaleceu com os dez anos da Presidência estadual do partido, quando o PP recuperou espaço perdido no cenário estadual, e agora com o mandato da Presidência da Assembleia.

Pizzolatti assume hoje o comando do PP-SC

08 de julho de 2013 2

O deputado federal João Pizzolatti assume hoje, às 17 horas, na sede do diretório estadual do PP de Santa Catarina o cargo do presidente do partido.

A transmissão acontecerá no gabinete da presidência. O parlamentar, atual vice-presidente estadual e primeiro vice-presidente nacional do PP assumirá o cargo ocupado pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Joares Ponticelli, que se licenciará até o fim do ano.

Seja você quem for (foto da coluna de 3 de junho)

03 de junho de 2013 6

Os pepistas do Sul do Estado aderiram em massa ao Baile de Máscaras de Nova Veneza, evento que antecede a Festa da Gastronomia – marcada para acontecer de 20 a 23 de junho. Os mascarados da foto são, pela ordem, Lei Alexandre (prefeito de Forquilhinha), Márcio Búrigo (prefeito de Criciúma), Evandro Gava (prefeito de Nova Veneza) e os deputados estaduais Valmir Comin e Joares Ponticelli.

Cerco (foto da coluna de 31 de maio)

31 de maio de 2013 2

Abertos a conversas para 2014, os pepistas Joares Ponticelli e Esperidião Amin conversaram com a deputada federal Carmen Zanotto (PPS) em Brasília. Ponticelli elogiou a atuação da deputada e de Fernando Coruja, chamando-os de “dupla dos compromissados com a saúde”. Resta saber se Carmen fica no PPS ou acompanha o correligionário. Ao fundo, o deputado federal Rogério Peninha (PMDB) completa o quadro.

Valeu só pelo almoço (notas da coluna de 22 de maio)

22 de maio de 2013 3

O deputado federal Mauro Mariani e o ex-prefeito Dário Berger participaram do almoço da bancada do PMDB. O encontro começou ameno, com Dário se apresentando como motorista de Mariani, e terminou azedo. Candidato à presidência do partido, o deputado voltou a dizer que sua vitória não representaria rompimento com o governo estadual. Saiu de lá como entrou: apenas com o apoio declarado de Carlos Chiodini, que sentou entre ele e Dário, à direita.

Veja bem
Quem esperava uma declaração contundente pelo fim das secretarias regionais, acabou decepcionado. A bancada do PT na Assembleia apresentou ontem um estudo sobre os 10 anos da descentralização administrativa com críticas ao custeio da estrutura – apontando que 20 SDRs gastam mais com custeio que do que com investimentos. Mas os petistas não pediram o fim das 36 pastas. Falaram em rediscutir o modelo e debater o assunto com a sociedade.

Iogurte garantido
Foi derrubado ontem pela Assembleia o veto do governador Raimundo Colombo ao projeto do deputado Mauro de Nadal (PMDB) que obriga a inclusão do iogurte produzido em Santa Catarina na merenda das escolas estaduais. Os deputados reclamaram do parecer técnico que justificava o veto, questionando a importância do iogurte para as crianças.

Chapa para Campos
Integrados ao projeto para criação do MD, lideranças do PPS catarinense já vislumbram o palanque do presidenciável Eduardo Campos (PSB) no Estado. Torcem para que haja uma composição com o PP, tendo Joares Ponticelli candidato ao governo estadual. Nesse cenário, o ex-deputado federal Fernando Coruja (PPS) é citado como possível candidato a vice.

É um ou outro
A prefeita de São José, Adeliana Dal Pont (PSD) diz que se conceder os 7,16% que os servidores grevistas reivindicam, ultrapassará o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e não poderá abrir as duas novas creches em construção e nem implementar os 33% de hora-atividade em fevereiro de 2014. Oferece 4% agora e o resto no final do ano, se a receita subir. Os 7,16% representam apenas a reposição da inflação anual.

Intervalo menor
Empresários de Indaial se reúnem hoje com o ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT), para discutir a redução de 60 para 30 minutos o intervalo das jornadas de trabalho. Eles alegam que é costume na região que essas jornadas ocorram em três turnos,com tempo mais curto de descanso. A Facisc acompanha a audiência com o diretor jurídico Jonny Zulauf.

— É cada vez maior o assédio do PT ao deputado Amauri Soares, que enfrenta processo de expulsão do PDT por incompatibilidade de gênios com Manoel Dias.

— Foi derrubado veto ao projeto de Kennedy Nunes (PSD) que permite o atendimento às gestantes de alto risco em hospitais privados quando não houver leito público vago.

— Foi assinada ontem a delegação do Ibama para que a Fatma faça o licenciamento do acesso a Paial.

O colunista Moacir Pereira está em férias e retorna na edição de 23 de maio.

Ninho tucano cheio no Sul do Estado

15 de maio de 2013 Comentários desativados

Com a posse de Estêner Soratto da Silva Júnior na Secretaria Regional de Tubarão, o ex-secretário Haroldo Silva será nomeado diretor de marketing da Santur. Estêner é ligado ao deputado estadual Doia Guglielmi (PSDB) e Haroldo a Beto Martins (PSDB), secretário de Turismo, Cultura e Esporte.

Os padrinhos serão candidatos a deputado estadual ano que vem.

É justamente essa disputa com Dóia que pode fazer Beto Martins deixar o partido rumo ao PP.

Os brindes do prefeito (notas da coluna de 11 de maio)

11 de maio de 2013 2

Após participar do 2o Congresso Municipal de Concórdia, o ex-ministro Luis Fernando Furlan (E) visitou o prefeito João Girardi (PT). Recebeu dois presentes: um espumante e uma garrafa de refrigerante com a mensagem “Quanto mais Concórdia Melhor”.

Greve em Joinville
Em uma assembleia com cerca de 2 mil pessoas, os servidores de Joinville aprovaram greve a partir de segunda-feira. A prefeitura oferece 4% de reajuste em maio e 1,5% em novembro. Os servidores querem 7,16% e mais 5%. Udo Döhler (PMDB) falou com o presidente do sindicato, Ulrich Beathalter, na assembleia, mas disse que não poderia dar mais.

Troca nas SDRs
A posse oficial será no início da semana, mas os novos secretários regionais de Braço do Norte e Tubarão já foram nomeados pelo governador Raimundo Colombo (PSD). Em Braço do Norte, sai o tucano Gelson Padilha, que estava no cargo desde que a pasta foi criada, em 2007, e entra Roberto Marcelino, do PSD. Em Tubarão, a regional continua com o PSDB: sai Haroldo de Oliveira Silva (PSDB) e assume Estêner Soratto da Silva Júnior.

Auditoria, mais uma vez
O Tribunal de Contas vai realizar a auditoria solicitada pela Assembleia Legislativa no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Mas, de antemão, o presidente Salomão Ribas Junior diz que vai encaminhar aos deputados estaduais os resultados da auditoria realizada ano passado no hospital, que, segundo ele, não teriam tido a repercussão necessária. A nova auditoria é focada apenas nas obras.
– Não adianta só fiscalizar as obras e achar que com isso o médico vai aparecer, o remédio não vai faltar – diz o conselheiro.

Na lista
A Somma Investimentos é a única catarinense entre as cem maiores “assets” do país no ranking da revista Investidor Institucional. Assets, no caso, são empresas que representam direitos de outros. A Somma administra fundos de previdência de 24 municípios de Santa Catarina – um patrimônio de R$ 1,27 bilhão.

— Ilimar Franco, de O Globo, noticiou que o Sindicato de Nutricionistas de SC fez denúncia ao MEC sobre distribuição de alimentos em decomposição na merenda escolar.

— O governo do Estado anunciou que termina até setembro o novo modelo de gestão dos 14 hospitais estaduais. Cerca de 150 pessoas foram entrevistadas para a avaliação dos processos e melhoria do atendimento.

Entre a tradição e a novidade (abertura da coluna de 11 de maio - Upiara Boschi, interino)

11 de maio de 2013 2

Herdeiro de uma tradição política que remonta à criação da Arena em 1965 pelo regime militar, o PP catarinense meteu-se uma uma encruzilhada inédita em sua história. A convenção que escolheria o novo diretório do partido, marcada para hoje em Florianópolis, foi cancelada na véspera. A justificativa: as duas chapas teriam irregularidades.

Com isso, perde-se a chance de ver dois grupos de 287 nomes enfrentarem-se em um legítimo tudo ou nada. Quem perdesse, estaria fora do diretório. Para que se tenha uma dimensão da confusão, até o sempre dividido PSDB catarinense conseguiu montar uma chapa única para seu diretório estadual. A briga, que acabou em intervenção da direção nacional, é para a executiva do partido e o cargo de presidente.

No caso do PP, é a luta entre a tradição do partido, capitaneada pelo atual presidente Joares Ponticelli, e uma espécie de renovação liderada pelo deputado federal João Pizzolatti. Depois de compor e aceitar uma das vice-presidências na eleição passada, Pizzolatti decidiu apostar alto e encarar uma disputa por todo o diretório. A posição pegou de surpresa as demais lideranças, que acreditavam na conciliação de última hora. Ponticelli nem preparou uma chapa completa, apresentando os 287 nomes que representariam o consenso, incluindo Pizzolatti. O adversário questionou, ameaçou pedir a impugnação. Nomes que apoiam Ponticelli foram localizados na lista do deputado federal, o que justificou o adiamento – já com vários prefeitos hospedados na Capital.

Ponticelli questiona a intransigência de Pizzolatti, que rebate chamando a decisão de ontem de “antidemocrática”. O deputado federal já fez reclamação oficial ao diretório nacional pedindo intervenção e afastamento do secretário-geral Aldo Rosa, que teria encaminhado e-mails a prefeitos dizendo que ele estava na chapa oficial. A executiva nacional, em sua próxima reunião, vai decidir a data da nova convenção. Do jeito que está, o PP se encaminha para medir forças.