Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de janeiro 2012

Prosa Campeira - Encilha

29 de janeiro de 2012 0

Semanalmente, teremos aqui no Blog do Movimento, uma Prosa Campeira, onde trataremos de assuntos campeiros que são importantes para a nossa vida tradicionalista. Nesta postagem seguem algumas dicas da maneira que uso para encilhar. Espero, principalmente, orientar um pouco aos jovens que participarão do Entrevero.

Encilha

BUÇAL: Lembrem-se, a primeira parte da encilha é o buçal. Sempre pegar o cavalo pelo cabresto. É errado colocar o freio antes de qualquer parte da encilha e também segurar e amarrar o pingo pela rédea. Uma boa escova antes de começar a encilha deixa o pelo mais bonito e ajuda a tirar graveto que ficam no lombo do cavalo ocasionando um possível ferimento.

FREIO: Sempre coloquei por segundo, pois quando se coloca o freio o cavalo sente que o peão já tem domínio sobre ele e se aqueta.

BAIXEIRO/XERGÃO: A primeira peça que vai no lombo do cavalo, de lã de ovelha que serve pra confortar os arreio no lombo do cavalo.

CARONA: É usada depois do baixeiro, com a finalidade do suor do cavalo não passar pro basto, evitando um possível apodrecimento.

BASTO: O basto é um dos arreios mais usados, é bem simples, composto por costura, cabeça e os bastos. Tem uma parte que é conhecida como estribeira, espelho e travessão, já ouvi estas últimas duas em diferentes partes do Estado, pendurado na argola do espelho estão os loros e abaixo os estribos.

CINCHA: Composta por travessão, barrigueira, látego (para apertar) e sobrelátego (para regular) na barriga do cavalo. Peonada, não coloquem a barrigueira muito pra frente porque pode assar, e nem muito pra trás, porque além de tirar o fôlego do cavalo pode correr para trás e afrouxar os arreios. Deixem a barrigueira no “osso do peito” do cavalo.

PEITEIRA: Antes de apertar  a Cincha, coloca-se a peiteira e prende-se ela nas argolas da cincha. Esta peça é usada geralmente em regiões onde o relevo é mais acidentado, como a Serra Gaúcha, com a finalidade dos arreios não correr para trás.

RABICHO: O rabicho é uma peça antiga e pouco conhecida, porém, bem simples, enquanto a peiteira não deixa os arreios correr para trás, o rabicho não deixa correr para frente, é apresilhado no basto e passa por baixo da cola do animal.

PELEGO: Usado bastante o preto da ovelha crioula, que serve pra um maior conforto pro peão, bom lembrar que antigamente o pelego serviu de colchão pros antigos tropeiros, e ainda serve.

BADANA: Peça de couro utilizada mais no verão, que serve para não esquentar muito, e também usada antigamente quando iam para bailes ou missas para não ter na roupa fios do pelego.

SOBRE CINCHA: Composta também por travessão, barrigueira, látego e sobrelátego e cinchador (esta peça que diferencia a cincha) é ali onde é apresilhado o laço do peão, só para salientar mesmo, o antigo cinchador é um couro e uma argola na ponta preso na argola da cincha, hoje em dia é comum ver uma peça chamada “destorcedor” no lugar do cinchador onde facilita pra destorcer o laço. Lembrem-se de no entrevero explicar o que é realmente um cinchador.

LAÇO: O gaúcho de antigamente, não saía de casa sem seu laço, ate o laço no tento do basto, empurre para o lado de laçar, apresilhe a presilha no cinchador.

De mango na mão, espora  e chapéu puxe o cavalo pra dar uns passos, veja se não afrouxou os arreios, bote a ponta da bota de estribo, alce a perna e monte!

Lembrem-se sempre de usar a forma mais antiga que há, não queiram inventar moda, somos tradicionalistas e zelamos pelo nosso antepassado.

Douglas Uilliam de Quadros da Silva

Peão Farroupilha do Rio Grande do Sul 2011/2012

Diretoria do MTG traça metas do ano

25 de janeiro de 2012 0

Na tarde desta quarta-feira, dia 25 de janeiro, os integrantes da diretoria do Movimento Tradicionalista Gaúcho, empossados no encerramento do Congresso de Pelotas, estiveram reunidos para traçar as metas de 2012. A reunião ocorreu na sede da federação e contou com a presença do Presidente do MTG, Erival Bertolini; dos vice-presidentes de Administração, Paulo Souza; de Cultura, Marilane Mendes; de Finanças, Edison Debom; e de Eventos, José Gelso Miola; do Secretário Geral, Gilberto Nazário; e do Tesoureiro Geral, João Hermenegildo Pereira.

RS será homenageado no Festival de Olímpia

20 de janeiro de 2012 0

A 48ª edição do Festival de Folclore de Olímpia, São Paulo, será de 21 a 29 julho. O Estado homenageado será o Rio Grande do Sul, por meio do CTG Estância da Serra, de Osório. O festival foi antecipado para o mês de julho (antes era em agosto, mês do Folclore) e trouxe de volta os shows artísticos (abertura e encerramento). O diretor de Comunicação e Divulgação da CBTG, Rogério Bastos, palestrará aos professores do município e de arredores, durante todos os dias do evento.

Fonte: Blog da CBTG

Rodeios movimentam os primeiros meses do ano

19 de janeiro de 2012 0

Os rodeios movimentam os tradicionalistas do Estado durante todo o ano. No entanto, é nos meses de janeiro e fevereiro que a movimentação fica ainda mais intensa. Segundo dados do Movimento Tradicionalista Gaúcho, os rodeios reúnem, anualmente, cerca de 1,3 milhão pessoas. No primeiro final de semana de 2012, Canela foi um dos municípios que abriu a temporada com êxito. Já neste final de semana, o Rodeio Crioulo Nacional de Caxias do Sul terá suas últimas atividades. O evento teve início no dia 13 e segue até domingo, dia 22 de janeiro, no Parque da Festa da Uva.

Este mês também será marcado pelo Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria, que ocorre a cada dois anos e é considerado o maior evento do gênero no Rio Grande do Sul. A programação inicia no dia 27 e o encerramento está previsto para 5 de fevereiro. Em função do grande número de participantes, conforme a comissão organizadora, as provas campeiras serão realizadas 24 horas por dia. Outras informações sobre o rodeio estão disponíveis no sítio http://www.rodeiodevacaria.com.br/.

Assista

No dia 5 de janeiro, a RBSTV veiculou, no Jornal do Almoço, uma matéria sobre a temporada de rodeios no Estado. Para assistir basta acessar clicar aqui.

Relação completa dos conselheiros titulares e suplentes do MTG

19 de janeiro de 2012 0

Conselheiros Titulares (mais um ano – 2012)

25ª RT – Odila Paese Savaris

1ª RT – Paulo Roberto Cavalheiro de Souza

19ª RT – José Gelso Miola

1ª RT – Edison Debom

10ª RT – Nilton Carlos Brum

21ª RT – Luiz Carlos Soares

13ª RT – Edemar Fischer

20ª RT – Gerson Luiz Ludwig

9ª RT – Vilson de Moura Marques

15ª RT – Claudio Alberto Graff

7ª RT – Adroaldo Tonial

5ª RT – Rodrigo Righes Sartori

30ª RT – José Alfredo Tessmann

23ª RT – Claudio Gelso Decken

20ª RT – Juarez Speroni

14ª RT – João Orlando Melo

Conselheiros Titulares Novos  – 2012/2013 (2 anos)

13ª RT – Erival Bertolini

30ª RT – Marilane Pires Mendes

3ª RT – Vilmar Tolfo

19ª RT – Airton Anselmo Calheiro

22ª RT – Carlos Alberto Volkart

4ª RT – Maria Izabel Trindade de Moura

11ª RT – Adiles Rodrigues de Freitas

24ª RT – José Adair da Silva

26ª RT – Maria Arita Madruga Garcia

12ª RT – Martim Guterres Damasco

25ª RT – Raul Bento Gomes da Fonseca

18ª RT – Toni Sidi Ferreira Pereira

12ª RT – Dirceu Correia Gonçalves

2ª RT – Odilon Lopes de Almeida

6ª RT – João Antonio Garcia

17ª RT – Nestor Verno Schoenell

20ª RT – Milton Sganderla

Conselheiros Suplentes – 2012 (1 ano)

30ª RT – João Hermenegildo Pereira

16ª RT – Paulo Sergio Vencatto

13ª RT – Elias Arildo Moreira Leal

11ª RT – César Cristiano Policena de Oliveira

7ª RT – Arcival Vieira de Mello

8ª RT – Alessandro Capri Muliterno

25ª RT – Wilmar Gomes da Fonseca

3ª RT – Marcelino Orizan Brum de Oliveira

8ª RT – Osvaldo Machado

15ª RT – Carlos Alberto Glaeser

29ª RT – Marciano Paiz

18ª RT – Julio Saraiva

9ª RT – João Pedro Santos Neto

23ª RT – Maria Cardoso Faistauer

1ª RT – Elomir Geraldo Malta

1ª RT – Antonio Peres Fragoso

Erival Bertolini é reeleito presidente do MTG

09 de janeiro de 2012 0

O tradicionalista Erival Bertolini foi eleito, pela segunda vez consecutiva, presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). A eleição ocorreu no último final de semana, durante a realização do 59º Congresso Tradicionalista, no município de Pelotas. A chapa “Sempre MTG”, comandada pelo dirigente e única inscrita, recebeu 290 votos dos delegados das entidades filiadas à federação. Segundo a organização, entre os dias 6 e 8 de janeiro, cerca de duas mil pessoas participaram do evento, que teve como sede o ginásio do Parque do Trabalhador.

Para Bertolini, que assumiu o MTG em janeiro de 2011, a reeleição representa a aprovação dos tradicionalistas ao trabalho do último ano. “O coroamento deste trabalho se deve também à equipe que me acompanha e ao compromisso que assumimos em viabilizarmos a participação de mais tradicionalistas aos eventos do Movimento, o que só contribuiu para o enriquecimento do tradicionalismo”, afirmou o dirigente após a divulgação do resultado da Assembleia Geral Eletiva, na noite de sábado.

A posse do novo Conselho Diretor, bem como dos 30 coordenadores regionais, ocorreu na manhã de domingo. Também compõem a diretoria, que possui mandato de um ano, os vice-presidentes de Administração, Paulo Roberto Cavalheiro de Souza; de Eventos, José Gelso Miola; de Cultura, Marilane Pires Mendes; e Financeiro, Edison Debom. A próxima edição do Congresso será em Santa Maria, em janeiro de 2013.

Tema dos Festejos Farroupilhas e Acendimento da Chama Crioula


Além da eleição, o Congresso ficou marcado pelas diversas plenárias, que tiveram início na tarde de sexta-feira e contaram com apresentações e debates de proposições pertinentes ao tradicionalismo gaúcho organizado. Entre as propostas aprovadas pelos congressistas estão o tema dos Festejos Farroupilhas e a cidade-sede do Acendimento da Chama Crioula de 2012.

“Nossas riquezas”, proposto pela conselheira do MTG, Odila Paese Savaris, servirá como temário para maior festa popular do Rio Grande do Sul. Conforme a autora, o objetivo é destacar a fauna, a flora, a agricultura, a pecuária, a indústria e o comércio gaúcho em palestras, cursos, encontros, desfiles e demais iniciativas por todo o Estado.

Já o Acendimento da Chama Crioula, que ocorre tradicionalmente no mês de agosto, será em Venâncio Aires. Aprovado por unaminidade, o município do Vale do Rio Pardo foi o único candidato. “Não decepcionaremos o Rio Grande. Iremos ao encontro dos objetivos do MTG, que são repassar a história construída pelos nossos antepassados e servir de pilar para um futuro de realizações”, garantiu o prefeito Airton Artus. É a primeira vez que a Capital Nacional do Chimarrão recebe a incumbência de sediar o evento.

Confira no blog www.mtg-rs.blogspot.com as demais notícias do 59º Congresso.

Notícias do 59º Congresso Tradicionalista

06 de janeiro de 2012 0

Acompanhe as informações sobre o 59º Congresso Tradicionalista, que ocorre a partir de hoje e segue até domingo, no blog www.mtg-rs.blogspot.com.

Congresso Tradicionalista é no próximo final de semana

02 de janeiro de 2012 0

Pelotas será sede do primeiro evento oficial do tradicionalismo gaúcho organizado deste ano, o 59º Congresso Tradicionalista. A iniciativa, considerada uma das principais do Movimento Tradicionalista, será realizada entre sexta-feira e domingo, 6 a 8 de janeiro, no Parque do Trabalhador – Sesi, com os temas “MTG e sociedade: nossa responsabilidade social e cultural” e “Homenagem: 200 anos de Pelotas”.

A programação está prevista para ter início às 9 horas de sexta-feira, com o credenciamento dos participantes. O encerramento ocorre às 10 horas do domingo. Antes, porém, às 9 horas, haverá a primeira reunião ordinária do Conselho Diretor e dos Coordenadores Regionais. A programação completa está disponível neste link (clique aqui).

Organização

O Parque do Sesi está localizado na Avenida Bento Gonçalves, 4825, no Centro de Pelotas. As informações sobre hospedagem podem ser adquiridas com o coordenador da 26ª Região, anfitrião do evento, Vivaldino Duarte, pelo telefone (53) 8116-4777, ou com Ivan Cardoso, pelo (51) 8127-1835. Além da rede hoteleira de Pelotas, outros municípios da região também podem servir como opção aos tradicionalistas, como Rio Grande, São Lourenço do Sul, Canguçu e Morro Redondo.