Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

É hora de conhecer melhor a AMCHAM

27 de setembro de 2015 0

Em períodos como este, de crise econômica, moral, ética e política, muitos se perguntam qual caminho devem seguir, olham em volta em busca de orientação e da possibilidade de debater questões relevantes. Percebi recentemente, após visitar importantes instituições não governamentais, que muito tem se feito no país, fora da esfera pública, para melhorar as coisas por aqui. Só que pouca gente sabe disso. Por isso, decidi dedicar meu post de hoje a uma dessas entidades.

Ela pode ter nascido apenas com o intuito de proporcionar intercâmbios entre empresas brasileiras e americanas para fins de comércio, mas depois de mais de 90 anos de atividades no Brasil, a Amcham (American Chamber of Commerce for Brazil)  presta os mais diversificados serviços, realiza missões empresariais para os Estados Unidos e outros países , promove grandes eventos. Pouca gente sabe, mas a Câmara Americana de Comércio sempre procurou contribuir em áreas decisivas para influenciar políticas públicas, promover as melhores práticas empresariais e o melhor ambiente de negócios, incentivando comércio, investimentos e incorporação dos princípios de sustentabilidade à gestão corporativa.

Fundada em 1919 por nove empresas, a maioria americana — Brazaço-Mapre, Citibank, Esso, General Electric, Goodyear, Indústrias Matarazzo, Lion, Singer e Universidade Presbiteriana Mackenzie –, a Câmara funcionou inicialmente só na cidade de São Paulo. Hoje, a Amcham-Brasil é a maior Câmara Americana entre as 104 existentes em diversos países; a maior fora dos EUA, com cerca de 5.500 mil associados e presença em 14 cidades brasileiras. É a maior entidade empresarial não-sindical multisetorial do país.

A  ramificação pelo território nacional foi decisiva para o crescimento da Amcham. Depois de São Paulo, vieram Porto Alegre em 1998, Belo Horizonte e Recife em 1999, Curitiba e Brasília em 2000, Campinas em 2001, Goiânia em 2005, Uberlândia e Ribeirão em 2006, Salvador em 2009. Em 2012, foram abertas as unidades de Campo Grande, Joinville e Fortaleza.

Hoje, 85% dos associados são empresários brasileiros e 65% deles pequenos e médios. Segundo o Gerente Regional da Amcham Porto Alegre, Pedro Valério, a regional gaúcha é a maior fora de São Paulo, com 550 associados. “Um aspecto importante é que temos 95% de adimplência. Isto significa que as empresas investem na Câmara. Elas sabem da sua importância“, diz. “A Amcham está constantemente servindo seus membros, construindo pontes para negócios brasileiros ao redor do mundo e atraindo negócios estrangeiros para cá.

Revista VOTO promove debate entre convidados com destaque para o Ger. Regional da AMICHAM Brasil, Pedro Valério e Renato Ganhito, vice-pres. da CDN |

Pedro Valério – Divulgação

Na Amcham, surgiram ideias pioneiras no Brasil, como as que levaram à criação da Escola de Administração da Fundação Getúlio Vargas, em 1954. A entidade também apoiou o estabelecimento da American Society, que sempre teve sede na Amcham-São Paulo. Lançou, em 1978, o American International Fellowship Program, que oferecia bolsas de estudo no exterior a jovens executivos brasileiros, e o Instituto Qualidade no Ensino, dedicado a aperfeiçoar a educação em escolas públicas de várias cidades do País. Hoje participa intensamente no Programa Ciência sem Fronteiras.

O papel da Amcham foi decisivo ainda para o início das atividades do Gife (Grupo de Institutos Fundações e Empresas), do Instituto Ethos, da Fundação Nacional da Qualidade e do Centro de Democratização da Informática em São Paulo. Foram iniciativas da Amcham, a criação do primeiro provedor de acesso à internet do Brasil (Amchamnet) e do Prêmio ECO, o mais antigo e respeitado reconhecimento a companhias que adotam práticas socialmente responsáveis e de gestão sustentável. Desde seu lançamento, em 1982, o Prêmio atraiu, entre outros, personalidades como Al Gore, vice-presidente dos Estados Unidos e vencedor do Prêmio Nobel da Paz, Gro Brundtland, ex-primeira-ministra da Noruega e criadora do conceito de desenvolvimento sustentável.

Os eventos promovidos pela entidade são super concorridos e relevantes. Somente a Amcham Porto Alegre promove cerca de 15 eventos por mês! Nessas ocasiões, mais ou menos 20 mil empresários e executivos se relacionam.

amcham

Crédito: Giuliano Cecatto

O CEO Fórum, o maior do país em público, realizado em agosto em Porto Alegre, por exemplo, reuniu 1500 pessoas no teatro do Bourbon Country e ainda teve transmissão simultânea no espaço Itaú de cinemas para mais 150 pessoas. O evento trouxe palestrantes como David Ulrich, a maior autoridade em liderança e Recrusos Humanos da atualidade.  “Você precisa aprender com seus erros. Se você não erra, você não está tentando”, disse Ulrich.

No mesmo evento, o indiano Raj Sisodia, cofundador do Capitalismo Consciente, corrente que incentiva líderes a repensar porque as empresas existem. Segundo ele, só pensar em lucro criou um ambiente tóxico nas empresas. “A maior parte das pessoas morre sem conhecer a totalidade de suas habilidades, e isso acontece porque elas não têm liberdade suficiente para crescer.”

 

ceoforum

Crédito: Giuliano Cecatto

Na semana passada, a Amcham promoveu o workshop “Jeito de ser Disney“, mostrando como chegou ao sucesso esse líder mundial em serviços de entretenimento e também a master class com equipe da Hyper Island, um curso de três dias que explora o crescente e relevante impacto da tecnologia no mundo dos negócios a partir da expertise da escola sueca conhecida como a “Harvard digital”.

Visitas a fábricas, missões aos Estados Unidos e outros países, cafés da manhã, almoços, cursos, feiras, workshops, a Amcham é tudo isso. “Queremos mostrar o que está dando certo”, diz Valério.

 

Envie seu Comentário