Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

'Sinaleira' de indicadores pode ajudar RS a avançar

18 de julho de 2016 0

E se houvesse uma sinaleira do Rio Grande do Sul? Um sinal em cada “esquina” do Estado para mostrar onde podemos avançar e onde devemos ter atenção?

Por Ronald Krummenauer*

Quando surgiu, há dez anos, a Agenda 2020 teve como maior propósito ajudar a tornar o Rio Grande do Sul o melhor estado para se viver e trabalhar até o ano de 2020. Num grande evento na Fiergs, mais de 900 voluntários traçaram objetivos e mecanismos para alcançá-los, numa cooperação entre as iniciativas pública e privada. A partir daí, a Agenda estruturou-se em 11 temas, organizados na forma de fóruns temáticos, e neles foram distribuídos os voluntários que contribuem nas suas áreas de interesse.

Desde o início, houve uma forte atuação junto aos diferentes governos que estiveram à frente do Piratini. Tendo como base as prioridades elencadas pelos voluntários, a Agenda se propõe a colaborar com um projeto de estado que transponha os simples quatro anos de uma gestão e pense o Rio Grande do Sul num médio e longo prazo.

Nos anos de 2006, 2010 e 2014, o movimento entregou aos candidatos ao governo do estado um caderno de propostas que sempre englobou, em cada momento, o que se acreditava ser prioritário para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul.

Em 2014, num movimento novo, a Agenda 2020 passou a ter agendas regionais que discutiam as potencialidades e deficiências das diferentes regiões do estado. Várias delas foram visitadas e todo o material levantado também serviu de base para a elaboração das propostas para os postulantes ao Piratini naquele ano.

sinaleira

 

A Agenda sempre estudou muitos números, dados, indicadores, fez cruzamentos, debateu isso com voluntários. Mas não havia, até o ano passado, um ambiente de fácil acesso que reunisse todas essas informações. Aí surgiu a ideia da Sinaleira 2020, um espaço dentro do site da Agenda que reúne mais de 90 indicadores do RS e dos 50 maiores municípios do estado e os classifica nas cores verde, amarelo e vermelho.

A Sinaleira é a base das apresentações que estão sendo feitas no interior do estado e Região Metropolitana nos Desafios das Cidades. Pela primeira vez, o foco dos encontros da Agenda com as comunidades locais é, especificamente, debater o panorama socioeconômico dos municípios. Com isso, também, se busca dar um embasamento técnico maior nas discussões que devem ser travadas no segundo semestre por conta das eleições municipais de outubro.

Hoje, portanto, a Agenda 2020 mantém articulações de maneira ostensiva com o Governo do Estado, a fim de implementar algumas medidas que entende necessárias, como a Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual, do ano passado, e a Lei de Concessões, deste ano. Além disso, estuda e acompanha as evoluções dos maiores municípios do estado, correspondentes a cerca de 70% da população gaúcha.
A secretaria executiva da Agenda é formada por apenas sete pessoas e é sustentada através da doação dos mantenedores.

ronald

* Ronald Krummenauer é Diretor Executivo da Pólo RS – Agência de Desenvolvimento (ONG) – desde 1999 e, a partir de 2006, é também Diretor Executivo da Agenda 2020

 

Envie seu Comentário