Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Atual momento impacta gestão e qualidade

05 de setembro de 2016 0

Mundo dos Negócios convidou Luiz Ildebrando Pierry,  Secretário Executivo do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade , o PGQP, para escrever aqui no blog sobre o novo momento que se apresenta para as lideranças e os novos desafios do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade.

PGQP

Luiz Ildebrando Pierry Crédito Foto: Mathias Cramer

Por Luiz Ildebrando Pierry

Vivemos um momento de mudanças aceleradas com impactos na área da gestão e da qualidade. Com a agilidade da comunicação e a importância indiscutível da transparência e de bom relacionamento com todos os stakeholders das organizações, fortalecer suas redes de lideranças e reputação  se torna fator chave para a manutenção no mercado.

Ao mesmo tempo que imprescindível, manter a reputação das empresas frente aos clientes internos e externos nunca foi tão difícil. Em tempos de redes sociais e toda a avalanche de informações que elas provocam, uma experiência ruim com uma marca pode estar em poucos minutos na rede e atingir bilhões de usuários em todo o mundo.

Na economia da reputação, um erro local pode se tornar um dano global. A perda, em uma crise, é muito maior do que a falha, pela velocidade das interações em que uma informação é multiplicada. Hoje, o que vale é a qualidade da exposição, e não a quantidade. Não basta apenas conhecimento técnico, pesquisa e desenvolvimento, a organização precisa ser reconhecida de forma genuína pelo mercado.

É nesse cenário que o Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade se reinventa a cada dia, buscando maior interação com seus públicos, identificando demandas, criando novos programas, produtos, serviços e valorizando as práticas de excelência por meio de reconhecimentos, buscando incentivar uma cultura empreendedora, através da inovação para a sustentabilidade.

Vivemos um cenário político e econômico que exige lideranças sensíveis, e é fundamental compreender que passamos por uma transição dos líderes de ontem para os jovens de hoje. Com 25 anos de internet no Brasil, temos no mercado a primeira geração de nativos digitais, que apresentam iniciativas modernas e com a versatilidade que o mercado e o cliente exigem. Unir as experiências e o conhecimento de gerações distintas e buscar o equilíbrio pode contribuir para a identificação das melhores soluções e para pensar em novas formas de aplicação do conhecimento e dos recursos, para atender às necessidades que se multiplicam.

Na área da pesquisa, o PGQP estruturou novas alianças e parcerias estratégicas, em um momento em que as organizações precisam se reinventar e buscar alternativas para tornar a crise uma oportunidade de desafio para evolução. Com o objetivo de orientar as organizações de forma personalizada, o Programa fortalece sua atuação com a Academia. Para isso, a secretaria executiva do movimento busca instalar postos avançados em parcerias com as universidades, como fez com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), executando projetos de grande interesse do setor produtivo. A mudança visa desenvolver estudos, projetos e programas que reúnam os diversos interessados, lideranças e suas equipes, com otimização de recursos, processos sustentáveis e de acordo com as necessidades e demandas de cada cliente.

A união entre as gerações de lideranças, assim como o intercâmbio entre empresas e as áreas de pesquisa das universidades, pode contribuir para uma mudança gradativa em busca de maior competitividade e diferenciação no mercado, além de mais qualidade de vida em nosso Estado.

 

Envie seu Comentário