Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2016

Que 2017 seja mais doce!

29 de dezembro de 2016 0

 

NY

Interior da Loja Economy Candy em Nova York

O ano que termina no próximo sábado não deve deixar saudades na maioria das pessoas. Só para ficar nos temas que este blog aborda, 2016 foi realmente muito difícl.

Estamos fechando o ano com desemprego recorde. No terceiro trimestre deste ano, último dado regional disponibilizado pelo IBGE, a taxa de desemprego era de 11,8%, com cerca de 12 milhões de pessoas desocupadas. Mesmo após um socorro bilionário do governo federal, com o alívio no pagamento da dívida com a União, a crise nos Estados deve ter um novo capítulo em 2017. Entre 26 estados, pelo menos 12 projetam deficit para o próximo ano. Entre eles, o Rio Grande do Sul. E eu poderia enumerar aqui mais um monte de notícias ruins.

Mas 2017 está logo ali e é hora de ter esperança. Hoje, o blog se despede deste ano louco, desejando mais doçura no próximo. Evoco uma imagem que sempre me traz alegria e divido aqui com vocês. É de uma lojinha simpática e antiga que fica em  Nova York,  a Economy Candy.

Economy 1

Fachada da Economy Candy, em Nova York

Trata-se da mais antiga loja de doces da cidade, no Lower East Side.  Ela foi inaugurada em 1937. É um lugar mágico, cheio de encantamentos. Imagine um parque de diversões da doçura! É assim. Você pode passar um dia ali se surpreendendo com a diversidade, as cores, as formas, os aromas. E é esse exagero de doçura que quero desejar a todos que me lêem. Que 2017 seja mais doce para todos nós! Estarei aqui a partir da próxima semana com as melhores notícias do mundo dos negócios que eu puder encontrar.

NY2

Interior da Economy Candy em Nova York

 

Ícone de Nova York fecha as portas no final do ano

19 de dezembro de 2016 0

Por Fernando Naiditch*

delideli2

Imagem: Bebeto Matthews

Uma das mais conhecidas e badaladas delis de Nova York, está fechando suas portas definitivamente no final deste mês. A icônica Carnegie Deli, famosa por seus sanduíches gigantes que acumulam camadas e camadas de carne defumada, está encerrando o expediente depois de quase 80 anos de vida. É o fim de uma era e de uma Nova York que está mudando rapidamente. Como diria o cliente mais conhecido da Carnegie Deli, Woody Allen, a existência – e agora o fechamento – da Deli serve como uma metáfora da decadência da cultura contemporânea.

 

Com lágrimas nos olhos, a dona do restaurante, Marian Harper, anunciou que a deli fica aberta até o dia 31 de dezembro para que seus funcionários consigam ainda juntar mais algum dinheiro com as tips (gorjetas), especialmente nessa época movimentada de festas de final de ano. “Como todos sabem, a indústria do restaurante é um dos trabalhos mais difíceis em Nova York. Nessa fase da minha vida, esses dias longos desde cedo pela manhã até tarde da noite já estão deixando seus sinais”, diz Marian, referindo-se às noites mal dormidas e às horas esgotantes de trabalho ao longo dos anos. “Estou muito triste de ter que fechar a Carnegie Deli, mas cheguei em um momento em minha vida em que é preciso parar e descansar.” 

Delideli

Marian Harper com o famoso sanduíche de pastrami (Imagem: Carnegie Deli).

A Carnegie Deli abriu suas portas em 1937. Ela pertence a familia Harper já há 40 anos. O pai de Marian comprou a Deli dos donos originais em 1976.

Uma das funcionárias mais antigas da Deli, Desmarine Redwood, disse que não sabe o que será de sua vida agora, depois de 26 anos trabalhando no local: “Eu amo trabalhar aqui e sonho com este lugar todas as noites”, diz ela.

A famosa Deli e o famoso endereco (854 7th Avenue) vão ficar marcados na história nova iorquina e na vida americana. Para tentar manter um pouco da tradição e da história da Carnegie Deli vivas, a ideia agora é licenciar restaurantes com o nome icônico e produtos que ficaram famosos no cardápio.

Já há planos de abrir restaurantes em Las Vegas e em Bethlehem, na Pennsylvania. Além dos famosos sanduíches, o pão de centeio e a conhecida mostarda marrom picante deverão continuar sendo vendidos em certos locais como o Madison Square Garden, e em eventos, como o U.S. Open.

A cheesecake da Carnegie Deli também é famosa. O segredo está na crosta de cookie que serve de base para uma cremosa e generosa porção do recheio de cream cheese. A presença da delicatessen deverá também seguir na Internet através do site carnegiedeli.com.

Apesar de ser conhecida também como um local para turistas com preços exorbitantes e uma inexplicável taxa que o restaurante cobra para clientes que queiram compartilhar pratos, não há dúvida de que a Carnegie Deli se tornou uma parte importante na vida e na cultura americanas.

delideli3

Imagem: http://t2conline.com/

O restaurante já apareceu em milhares de filmes e programas de televisão. Uma das cenas mais conhecidas é a abertura do filme Broadway Danny Rose de 1984 do diretor Woody Allen. A cena também se tornou icônica na história da indústria cinematográfica. Allen, que é fã e cliente do local, acabou ganhando um sanduíche em sua homenagem. Vendido por $30 dólares, o Woody Allen é feito com várias camadas de pastrami e corned beef entre duas fatias de pão de centeio, com a famosa mostarda marrom picante, todos produtos icônes da deli e favoritos do diretor.

Com o fechamento da Carnegie Deli, mais uma página se vira na história dessa metrópole que se tornou referência mundial também em gastronomia.

Delideli0

Cena de Broadway Danny Rose (Imagem: alchetron.com)

 

delideli4

Cena de Broadway Danny Rose (Imagem: cranesareflying1.blogspot.com)

*Fernando Naiditch é doutor em Educação Multilingue e Multilcultural pela Universidade de Nova York (NYU). Mora em Nova York ha 16 anos e atualmente é professor na Montclair State University.

 

 

Nova loja iPlace em Porto Alegre é maior da América do Sul

17 de dezembro de 2016 0

Neste sábado, o Grupo Herval inaugura a primeira loja conceito iPlace do Brasil, no Iguatemi Porto Alegre. Será a maior revenda autorizada Apple na América do Sul. O grupo gaúcho é o maior parceiro Apple da América do Sul. Sua rede iPlace possui 102 unidades espalhados pelo país. Essa nova loja modelo, traz novidades: são 610 m² e mais de 50 funcionários treinados para oferecer excelência em atendimento Apple em português, inglês, espanhol e francês. Ela fica na área da expansão do segundo piso do shopping e substitui a atual unidade da rede no Iguatemi.

iplace

Cursos, workshops e palestras sobre as possibilidades dos dispositivos Apple, além de assistência personalizada são alguns dos diferenciais da loja conceito. “Não vendemos somente o produto, vendemos solução e conhecimento, oportunizando uma jornada única para a experiência do cliente”, destaca Matheus Mundstock, diretor da iPlace. Para isso, o aperfeiçoamento da equipe segue em ritmo acelerado, com treinamentos ministrados por especialistas e até um aplicativo com conteúdo extenso e atualizado sobre a marca.

Outra novidade é a implantação de um sistema de pagamento mobile. De acordo com Mundstock, o cliente que entrar na loja conceito não precisará sair do lugar para ser atendido. Os consultores realizam a venda em qualquer local da loja com o auxílio de um iPad, que avisa o operador de caixa e estoquista para finalizar a compra. O aplicativo foi desenvolvido exclusivamente para a iPlace, em uma parceria com as empresas Cielo e Linx.

A nova loja iPlace segue o modelo Apple Premium Reseller (APR), oferecendo a linha completa de produtos da marca (iPhones, iPads, Mac Books, Apple Watch e Apple TV) e acessórios premium. Esta é a sexta unidade da rede a ser inaugurada com Assistência Autorizada Apple (AASP) integrada.

O espaço é dividido em quatro ambientes, com um showroom de 372m² projetado para facilitar a visualização dos dispositivos e a circulação dos clientes na loja.  Conexão à internet gratuita também estará disponível aos clientes.

iPlace

A iPlace nasceu do sonho de Germano Grings, vice-presidente do Grupo Herval, um  apaixonado pela marca. Em 2009, quando soube que a Apple buscava parceiros no Sul do país,  aproveitou a oportunidade para empreender: contatou a multinacional e negociou a abertura de revendas autorizadas em solo gaúcho. As duas primeiras unidades da rede abriram no mesmo dia, em março de 2010, nos shoppings Iguatemi em Porto Alegre e Caxias do Sul.

iplace3
O principal desafio do Grupo foi adaptar a experiência em varejo tradicional para um mercado segmentado.  Deu tão certo, que a rede ampliou a sua atuação no Rio Grande do Sul e no Brasil. Em 2012, comprou as sete lojas da My Store em São Paulo, e, em 2014, abriu 49 unidades em apenas seis meses. Atualmente, a iPlace é uma das empresas mais representativas do Grupo Herval, com 1.345 colaboradores.

A loja modelo inaugurada no Iguatemi integra o projeto de expansão da iPlace. Até o final de 2017, o plano de expansão contemplará novas unidades em diversas regiões do Brasil, além de chegar às capitais dos seis estados onde ainda não atua: Acre, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. “Meu sonho ainda é levar a iPlace à avenida Paulista, em São Paulo”, afirma Grings.

Grupo Herval

Fundado em 1959 como uma madeireira, no município gaúcho de Dois Irmãos, na região do Vale do Rio dos Sinos (52 km de Porto Alegre), o Grupo Herval é formado por 16 empresas e 6.500 funcionários. Atua nos setores de serviços (H Lar Construções, HS Consórcios, HS Financeira, HS Seguros), indústria (H Química, Herval Móveis e Colchões, Móveis Édez), varejo de marcas próprias (Beden Sleep Comfort), comércio e varejo (Lojas TaQi, iPlace/iPlace Mobile, Mistertech) e atacado e distribuição (HT Solutions, LF Máquinas e Ferramentas, TaQi Atacado da Construção). O faturamento do grupo em 2016 deve ultrapassar a marca de R$ 3 bilhões.

iplace2

Natal próspero para quem atende bem

16 de dezembro de 2016 0

Se você é comerciante e quer se dar bem neste Natal, aqui vai o resultado de uma pesquisa encomendada pelo Sindilojas Porto Alegre e pela CDL, que pode lhe ajudar. O mau atendimento foi mencionado por 59% dos entrevistados como o principal motivador na hora de desistir de uma compra, mesmo quando o cliente encontra o que procura. Em segundo lugar ficou o preço, seguido por condições de pagamento e pelo fato da loja não possuir estacionamento.

Compra

Imagem Pixabay

E tem mais. Segundo a pesquisa, em Porto Alegre, um mesmo consumidor deve comprar, em média, 5 presentes no Natal de 2016, Apenas 16% dos entrevistados devem comprar 10 ou mais presentes. A faixa etária predominante destes consumidores mais ‘mão aberta’ é entre 35 e 50 anos (39% da amostra) e acima de 50 anos (29%), sendo a grande maioria das classes A e B, representando 30 e 33% da amostra respectivamente. Além disso, 67% destes clientes devem gastar em torno de R$ 401,00 nas compras de Natal.

 

 

 

 

Os comerciais de Natal que vão te emocionar

14 de dezembro de 2016 0

Entra ano, sai ano, há sempre aquelas empresas que nos emocionam com seus comerciais de Natal e de Ano Novo. O blog selecionou alguns que estão dando o que falar neste mês de dezembro. Confira aqui e escolha o seu favorito:

Natal Grupo Zaffari - Divulgação

Natal Grupo Zaffari – Divulgação

O Natal Reúne é o tema da campanha do Grupo Zaffari que, há anos, produz lindos comerciais nessa época, sempre com uma mensagem bacana. O filme, produzido pela agência Matriz, mostra o reencontro de dois irmãos que estavam afastados. A trilha sonora é a bela “Estrela, Estrela”, composta por Vitor Ramil e interpretada por Jader Cardoso. A mensagem de Natal deste ano do Grupo Zaffari propõe que as pessoas se reaproximem e perdoem umas às outras, deixando para trás todas as mágoas em prol de uma noite de união, amor e felicidade. A direção de criação é de Roberto Philomena e Maurício Oliveira.   Veja aqui:  https://www.youtube.com/watch?v=yFlngzPkzqU

Natal Panvel 2016 - Divulgação

Natal Panvel 2016 – Divulgação

A Panvel Farmácias tem explorado o tema ‘Quero Panvel, Papai Noel‘ nos últimos anos, mas sempre acompanhado de uma mensagem especial. Desta vez, a maior rede de farmácias do Sul do país quer mostrar que o Natal é diferente porque, nesta época, a gente volta a enxergar os sonhos. A campanha é da agência Competence, a redação e direção de criação é de Marcelo Pires e a direção de arte é de Marcos Hubner, Vitoria Satt e Luciano Santos.

No desenho animado, um menino encontra os óculos do Papai Noel. E passa, através deles, a enxergar os sonhos das pessoas. A campanha está disponível no canal da Panvel no Youtube e na página do Facebook/PanvelFarmacias e pode ser vista pelo link bit.ly/PanvelNatal2016.

E TEM MAIS…

Além dessas empresas gaúchas, há outras em todo o país que emocionam com suas campanhas. É o caso de O Boticário. Os comerciais da rede paranaense vêm abordando temas que envolvem a família moderna há alguns anos. Depois de polemizar com casais do mesmo sexo e ampliar o debate sobre famílias, com filhos adotivos, desta vez, a rede aborda o divórcio na campanha de Natal.

Natal 'O Boticário' - Divulgação

Natal ‘O Boticário’ – Divulgação

No filme, criado pela agência AlmapBBDO, uma menina faz um teatrinho de fantoches para a família e conta sobre um rei e uma rainha que não vivem mais no mesmo castelo. Mas eles continuam os ‘melhores amigos’ por causa da princesa.  Assista que é bem melhor:  https://www.youtube.com/watchv=3kQngEzcGg4

Campanha Final de Ano Banco Itaú -  Divulgação

Campanha Final de Ano Banco Itaú – Divulgação

O Banco Itaú encerra o ano falando do tempo. Com o mote “o segredo do tempo não está nos minutos que passam, está nos momentos que ficam”, o filme  tem texto de Nizan Guanaes e locução da atriz Fernanda Montenegro. A campanha, criada pela agência Africa é inspirada na relação que as pessoas têm com o tempo e como ela foi mudando de acordo com os avanços digitais. Fernanda Montenegro interpreta o próprio “Tempo”, que vem pessoalmente dar um conselho para todos: aproveitar o melhor do mundo digital para viver mais cada momento. Veja aqui: https://www.youtube.com/watch?v=S2-EL6-iviI

Exportações da Salton crescem 70%

13 de dezembro de 2016 0

O ano de 2016 não foi bom para um monte de empresas, mas a gaúcha Salton não tem do que reclamar. Investimentos de longo prazo e participação em diversas feiras internacionais garantiram a venda de seus produtos para 14 países. Reconhecida como uma das principais vinícolas do Brasil, a Salton, que comemorou 106 anos em 2016, fortaleceu suas relações internacionais, Até outubro deste ano, a empresa, que possui unidades no distrito de Tuiuty, em Bento Gonçalves (RS), em Jarinu (SP) e em Santana do Livramento (RS), exportou 70% a mais que em 2015.  Os vinhos representaram 60% do volume exportado; os espumantes, 30% e  destilados e suco de uva, 10%. Entre os produtos mais comercializados estão o Paradoxo Pinot Noir e o Brasil Intenso Brut, espumante elaborado com uva glera, também conhecida como prosecco, rótulo produzido com exclusividade para os mercados internacionais.

“A proposta é seguir apoiando os parceiros atuais, a fim de buscarmos um crescimento mútuo, prospectando, também, outros mercados para abertura de novas contas”, diz César Baldasso, gerente de Comércio Exterior da Salton.

Salton

Vinícola Salton – Divulgação

A vinícola esteve presente durante este ano em diversas feiras e eventos. Entre eles, a Prowein Dusseldorf, Prowine Shangai e a Foodex Tokyo, além de viagens de manutenção de relacionamento e prospecção em países como Estados Unidos, China, Reino Unido, Canadá, Austrália e Japão. Para o gerente de Comércio Exterior, os Jogos Olímpicos, assim como a Copa do Mundo, foram uma vitrine para o Brasil. Ainda em 2015, novos mercados foram abertos, com expressivo reflexo nos números de 2016, em países como Chile, Colômbia, Bolívia e Paraguai. Neste ano, possibilidades inéditas se abriram na Europa, em países como Finlândia e a Suécia, assim como em Taiwan, na Ásia.

“Confiamos que o trabalho de fortalecimento que realizamos em 2016 será a base para continuidade dos relacionamentos e negócios para 2017”, afirma Baldasso. Ao longo de 11 anos de processo de internacionalização, a Salton já exportou para um total de 21 países e mantém parcerias consolidadas com diversos players como a rede Fogo de Chão Brazilian Steak House, Season’s 52 e a rede Rodízio Grill, nos Estados Unidos, além da Marks & Spencer, no Reino Unido.

Meta do PGQP é mais qualidade nas áreas pública e privada

10 de dezembro de 2016 0

 

pgqp1

Felizzola, Randon, Gerdau e Luiz Pierry (Secretário Executivo do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade) – Divulgação

Em 2017, o Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), terá enormes desafios. Um dos principais envolve  um projeto com a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) para reestruturação da Rede QPC no Brasil. Formada pelos parceiros nacionais e estaduais, como o Movimento Brasil Competitivo (MBC), o Gespública e os Programas Estaduais e Setoriais, a Rede de Qualidade, Produtividade e Competitividade (Rede QPC) atua de forma alinhada para disseminar os critérios e fundamentos da excelência da gestão da FNQ para organizações públicas e privadas, de portes e segmentos diversos. Também está prevista uma parceria com o Sebrae para implementar iniciativas conjuntas; um projeto voltado para a área de agronegócios, para melhoria da competitividade das cadeias produtivas, e a mobilização do programa, além de novas parcerias por meio de projetos digitais.

E quem estará à frente de todo esse trabalho, a partir de janeiro do próximo ano, serão os novos presidentes do Conselho Superior e Diretor, respectivamente,  Ricardo Felizzola e Daniel Randon. Felizzola substituirá o empresário Jorge Gerdau Johannpeter, que se mantém na entidade como conselheiro do movimento. Gerdau estava à frente do Conselho Superior desde a sua criação, no início dos anos 90. Daniel Randon assume a liderança do Conselho Diretor, dirigido por Felizzola há quatro anos.

Daniel Randon - Foto Objetiva

Daniel Randon – Foto Objetiva

 

Daniel Randon é formado em engenharia mecânica, com MBA pela Universidade de Chicago. Iniciou suas atividades nas Empresas Randon em 2000, onde ocupou diversos cargos até assumir, em 2010, o cargo de diretor presidente e de relações com investidores da Fras-le e, também, de diretor vice-presidente de administração e finanças da Randon S/A. Paralelo às suas atividades nas empresas da família, ele faz parte do Conselho de Competitividade Setorial Automotivo-Plano Brasil Maior; integra o Comitê de Gestão de Líderes Empresariais da Região Sul – LIDE SUL, e o Conselho do Grupo Laureate no Sul (UniRitter, Fadergs e FAPA).

Para Randon, é uma honra liderar o Conselho Diretor do PGQP .Ele reforçou o compromisso das suas empresas com o movimento pela qualidade. O grupo Randon já conquistou seis troféus Diamante, o reconhecimento máximo do Prêmio Qualidade RS. “Se quisermos um estado competitivo, temos que melhorar tanto a área pública como a privada. Temos muitos desafios pela frente. Espero contribuir para que o PGQP continue evoluindo de forma sustentável”, diz ele.

Felizzola

Ricardo Felizzola – Foto Mathias Cramer

“Estou imensamente honrado em substituir Jorge Gerdau Johannpeter no Conselho Superior. Como presidente do Conselho Diretor buscamos atuar no fortalecimento do PGQP como referência tanto na área pública como privada. Conquistamos espaços importantes neste período, mas sabemos que muitos desafios ainda estão por vir”, diz o novo presidente do Conselho Superior, Ricardo Felizzola.

SOBRE O PGQP

O Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) tem a missão de promover a competitividade sustentável do Rio Grande do Sul para melhoria da qualidade de vida das pessoas, através da busca da excelência em gestão.  Considerado referência internacional, por sua disseminação e capacidade de mobilização, o PGQP soma mais de 1,3 milhão de pessoas envolvidas, com adesão de mais de 11 mil organizações associadas e uma rede de 71 comitês setoriais e regionais, permeando o estado do Rio Grande do Sul e diversos setores da economia gaúcha, com a capacitação de mais de 300 mil pessoas nos fundamentos da qualidade.

Gaúcha Vibra expande marca nat. no mercado brasileiro

09 de dezembro de 2016 0

NAT3

 

Principal marca do grupo gaúcho Vibra, com sede em Montenegro, na região metropolitana, a nat. está ganhando visibilidade após um trabalho de reposicionamento e o fortalecimento de um portfólio que já apresenta mais de 150 produtos, com base no frango. A meta é ampliar a presença da nat. no mercado brasileiro. A presença internacional está consolidada em 35 países. O mercado brasileiro ganha importância em um momento bom para o setor: o consumo de proteína branca tem aumentado a cada ano, e um dos motivos é a preocupação do consumidor por uma alimentação mais saudável.

O posicionamento da marca reflete o modelo de produção da empresa, que investe continuamente em processos de inovação e controle para produzir cortes de frango de forma mais natural. “Todas as nossas etapas de produção são cuidadosamente elaboradas e executadas para garantir que os produtos da linha nat. cheguem à mesa do consumidor com qualidade. Consideramos que o mais importante é que o consumidor tenha a confiança de estar levando para casa um produto saudável”, explica o Diretor de Marketing e Vendas do Grupo Vibra, Flávio Rogério Wallauer.

O Grupo Vibra é uma das três empresas do segmento no país que possui o controle total da cadeia de produção – incluindo granjas, incubatórios, laboratórios, fábricas de ração e frigoríficos. O criterioso trabalho de manejo no campo e bem estar animal, assim como o desenvolvimento de rações de base vegetal (específicas para atender às necessidades de cada uma das cinco fases de crescimento do frango) sãofundamentais para o resultado final de todo um processo de excelência. Como consequência, a carne de frango nat. apresenta controlados níveis de gordura, alto padrão de textura e maciez, além de ser 100% livre de hormônios.

O reposicionamento da nat. chega ao mercado em um cenário otimista para o setor avícola. Em 2015, o Brasil se tornou o segundo maior exportador de carne de frango, com mais de 13,1 milhões de toneladas comercializadas. O Grupo Vibra está entre os maiores exportadores brasileiros. “Esse reposicionamento está alinhado ao processo de amadurecimento da empresa. Realizamos uma série de investimentos em processos de gestão e na cadeia industrial e agora nossa meta é ampliar a presença da nat. no mercado interno”,diz Wallauer.

Produção

Além de adotar o conjunto de normas de biossegurança, controlado e aprovado pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF) do Ministério da Agricultura, o Grupo Vibra possui 22 programas de qualidade em cada frigorífico. O investimento contínuo em processos de excelência em todas as etapas da produção tornoua empresa reconhecida como a 14ª mais inovadora do Sul do País e a no segmento (Revista Amanhã).

A empresa também opta por espaços de criação e alojamento de aves com dimensões maiores que as recomendadas pelos órgãos regulamentadores, diminuindo assim uma das principais causas de estresse dos animais.

nat2

O Grupo Vibra

Com sede no Rio Grande do Sul e unidades no Paraná e Minas Gerais, o grupo conta com 18 unidades de produção, 4000 funcionários e produtos presentes em 35 países.

Investe no controle e excelência em toda cadeia produtiva. Conta com granjas próprias e mais de 700 produtores integrados especializados, até os mais avançados processos e tecnologias de indústria, incluindo 22 módulos de controle de qualidade.

Atua em dois segmentos diretamente ligados por sua cadeia produtiva: a multiplicação genética de matrizes de aves com a marca Agrogen e a produção e comercialização de carne de frango com as marcas nat. e Ávia.

É resultado do sucesso de um grupo familiar de empreendedores que iniciou suas atividades na agricultura em 1934. Desde 1970, seus sócios e gestores se tornaram referência mundial na avicultura e na produção de alimentos.

Alia tradição e inovação com excelência permanente em processos.

Atenção estudantes: há mais de 1.400 vagas de estágio

05 de dezembro de 2016 0

ciee-rs-2
Atenção estudantes do Ensino Superior, Ensino Médio ou Educação Profissional!!

Final do ano não é só para fazer festa. Também  é uma boa época para buscar uma chance no mundo do trabalho e ingressar em 2017 com uma vaga garantida. O Centro de Integração Empresa Escola do Rio Grande do Sul (CIEE-RS) está oferecendo um total de 1.475 vagas de estágio.

Segundo o Indicador de Vagas divulgado mensalmente pelo CIEE-RS, apenas na Região Metropolitana são 953 vagas, das quais 638 em Porto Alegre. Mas há oportunidades de estágio também no Litoral, que oferece 43 vagas, e em outras regiões do Estado, 479 ofertas para estagiários.

Os cursos com maior demanda são Administração, Direito, Ensino Médio, Pedagogia e Engenharias.

Mais informações sobre estágio pelo telefone (51) 3363-1000 e pelo site www.cieers.org.br

Restaurante Italiano abre 100 vagas em Porto Alegre

05 de dezembro de 2016 0
Restaurante Abraccio - Divulgação

Restaurante Abraccio – Divulgação

A rede de restaurantes Abbraccio Cucina Italiana, que anunciou recentemente sua chegada a Porto Alegre, no Praia de Belas Shopping, está oferecendo 100 vagas para cargos de recepcionistas, atendentes de mesa e de bar e auxiliares de cozinha e de limpeza. O processo de contratação acontece de 5 a 9 de dezembro, das 9h às 15h, e os interessados devem comparecer à Faculdade SENAC Porto Alegre, na Rua Coronel Genuíno, 130.

Os candidatos precisam ter mais de 18 anos, ser, preferencialmente, estudantes universitários ou ter ensino médio/técnico completo e disponibilidade de horário, inclusive para finais de semana e feriados. Não é necessário ter experiência anterior. Há oportunidades, também, a pessoas com deficiência e jovens aprendizes.

O Abbraccio

Massas, carnes, frango, frutos do mar, bruschettas, pizza estilo romana, linguiça tipo italiana e os clássicos molhos Pomodoro e Alfredo são algumas das especialidades encontradas no menu do Abbraccio Cucina Italiana. A casa oferece as tradicionais receitas da Itália com toque moderno e inovador. Alguns ingredientes prometem surpreender o paladar dos clientes, pois não são comuns no mercado brasileiro. Vieiras, mexilhões e alguns dos queijos utilizados nas receitas são importados para garantir um sabor muito autêntico ao cardápio.

A rede de restaurantes de inspiração italiana tem cozinha aberta que permite aos clientes acompanharem a preparação dos pratos. A rede pertence ao grupo Bloomin’ Brands.

Serviço

Data: 05/12 a 09/12, das 9h às 15h

Local: Faculdade SENAC Porto Alegre

Endereço: Rua Coronel Genuíno nº 130 Bairro: Centro Histórico, Porto Alegre – RS

Para participar, o candidato deverá preencher uma ficha de inscrição e participar de entrevistas no local.

Cargos disponíveis: Atendente de bar, atendente de restaurante, recepcionista, auxiliar de cozinha e de limpeza.

Requisitos: Universitários ou pessoas com ensino médio cursando ou completo; disponibilidade de horário, inclusive aos finais de semana e feriados. Não é necessário ter experiência anterior.

Faixa etária: Maiores de 18 anos.

Remuneração: Variável de acordo com o cargo exercido e as horas trabalhadas.

Benefícios: Vale-transporte, refeição no local, seguro saúde e seguro odontológico (os dois últimos após o período de experiência).
Etapas do processo seletivo e duração: Durante o processo seletivo os candidatos passam por entrevistas e provas específicas da rede de acordo com o cargo pretendido.

Mais informações: abbracciorestaurante.com.br/trabalheconosco