Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Masturbação no tribunal dá cadeia

18 de agosto de 2006 0

Um ex-juiz de Bristow, Oklahoma, nos EUA, que se masturbava em audiências, foi condenado hoje a quatro anos de prisão. Segundo a agência EFE, Donald Thompson, de 59 anos, foi declarado culpado por %22exibicionismo indecente%22, ao se masturbar com uma bomba de alargamento peniano, durante as audiências que conduzia. O processo deixou estupefatos os conservadores habitantes da interiorana Bristow. Também não era para menos.

O julgamento teve diversos momentos de riso nervoso entre os presentes. Mas o melhor foi a explicação do ex-juiz: ele declarou no tribunal que a bomba era uma brincadeira, com a qual tinha sido presenteado por um amigo e que, talvez, tivesse acionado o instrumento sem perceber. Ahhhh bom, por que não disse antes!

O problema é que uma relatora do tribunal de Thompson, Lisa Foster, ouvia o juiz acionando a bomba durante os processos, e um policial chegou até a fotografar o aparelho. Lisa conta que, entre 2001 e 2003, viu Thompson %22exibindo-se de maneira indecente%22 pelo menos 15 vezes. Durante um julgamento em 2002, diz que escutou o barulho da bomba enquanto um homem, muito emocionado, testemunhava no julgamento sobre o assassinato de seu neto.

– O avô estava com olhos cheios d%27água, e o juiz estava lá em cima usando a bomba. Foi repugnante – declarou a relatora.

Postado por Amauri Knevitz Jr

Comentários

comentários

Envie seu Comentário