Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Vai mentir mal assim lá na África do Sul

28 de novembro de 2006 3

Se essa história tivesse acontecido em Portugal, o pessoal ia pegar no pé. Mas foi um sul-africano de 27 anos que tentou aplicar um golpe inédito e se deu mal. Ele foi multado em um valor equivalente a US$ 137 por apresentar a seus chefes um atestado médico falsificado. Como eles descobriram que o comprovante era fraudulento? Simples, era emitido por um ginecologista!

Depois de faltar ao trabalho por uma semana, o espertíssimo Charles Sibindana apareceu com essa. Cá entre nós, essa multa saiu até barato. A minha editora aqui do clic disse que se fosse eu a pregar uma peça dessas, íamos ter que %22conversar muito sério%22…

De acordo com a Agência EFE, o jovem roubou o atestado de um centro clínico na cidade de Vereeniging, a 70 quilômetros ao sul de Pretória, a capital sul-africana, durante uma consulta médica de sua namorada, que está grávida. Só mudou alguns dados e enviou-o aos seus superiores. O pessoal suspeitou pelo simples fato %22de que ele era um homem, não uma mulher grávida%22, segundo o site sul-africano que divulgou a notícia.

Aqui vem a ironia: o juiz de Vereeniging, Bruno van Eeden, advertiu Sibindana para que %22não ande por aí com atestados médicos falsos de ginecologistas porque ele não está grávido%22! Ótima, né? O funcionário foi obrigado a pagar metade do dinheiro e a outra metade foi suspensa pelo juiz, mediante a condição de que não cometesse outro crime durante os próximos cinco anos.

Postado por Amauri Jr

Comentários

comentários

Comentários (3)

  • Júlio Fernando Huwe diz: 29 de novembro de 2006

    Mas bah tchê … até parece o Michel Jackson, tá fora da casinha e nem se toca.

  • jose diz: 29 de novembro de 2006

    NÃO VI NADA DE MAIS. ISSO aconteceu na empresa onde trabalhei e o cara, vejam só, acabou diretor. Então, parece que por lá o negócio é um pouco mais sério.

  • gisa diz: 23 de janeiro de 2007

    Não vejo nada de mais no assunto a não ser a mentira do não atendimento pois trabalho com médicos e um gineco antes de ser gineco é clinico geral e aqui na empresa possuimos um gineco substituindo um clinico geral

Envie seu Comentário