Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nem as abelhas agüentam Bush?

29 de março de 2007 0

O desaparecimento de milhões de abelhas nos Estados Unidos tem intrigado apicultores e preocupado o Congresso norte-americano, que debaterá hoje o assunto. As primeiras ocorrências sérias surgiram pouco depois do Natal, no Estado da Flórida.

Desde então, a síndrome que os especialistas batizaram de Distúrbio do Colapso das Colônias (CCD) causou a diminuição de 25% dos enxames no país. Os insetos são importantes para agricultura, porque, nesta época do ano, polinizam as plantações, avaliadas em até US$ 14 bilhões.

– Perdemos mais de meio milhão de colônias, com uma população de 50.000 abelhas – disse Daniel Weaver, presidente da Federação Americana de Apicultores, que destacou que o problema vem afetando 30 dos 50 Estados do país.

Também é curioso que, em muitos casos, não são encontrados %22restos mortais%22 dos insetos. Além disso, as abelhas operárias estão fugindo e deixando a abelha rainha para trás, comportamento atípico.

– Historicamente, quando algo afeta os enxames, sobram muitos insetos mortos – explica Mai Berenbaum, especialista da Universidade de Illinois.

Hoje, apicultores comparecerão ao Congresso para pedir investimentos na pesquisa do problema.

Postado por Jéfferson Curtinovi

Comentários

comentários

Envie seu Comentário