Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pagodão chinês

30 de abril de 2007 0

A China inaugurou nesta segunda, na localidade de Zhangzhou, leste da China, o pagode (templo) mais alto do mundo com 153,79 metros de altura e 13 andares, 15 metros a mais que a pirâmide de Quéfren, que durante 4 mil anos foi o edifício mais alto do planeta. A construção custou US$ 38,5 milhões e durou cinco anos.

O edifício tem 75 toneladas de metal e um enorme sino de bronze que pesa 30 toneladas, capaz de ser ouvido a cinco quilômetros de distância. O pagode foi construído junto ao templo Tianning, um dos quatro principais expoentes do zen budismo, erguido durante a dinastia Tang (séculos VII-X), e que ao longo da história foi destruído e reconstruído em cinco ocasiões.

Com este pagode, a cidade, às margens do Grande Canal, conhecida desde a antiguidade por fabricar os melhores pentes do país, também espera atrair milhões de turistas. No entanto, oficialmente se assegura que o pagode foi construído por desejo expresso do abade do templo, Songchun, que passou 10 anos recolhendo doações para realizar seu sonho.

O novo pagode é visto como um exemplo do renascimento do budismo na China, religião seguida por 100 milhões de fiéis chineses e que, junto ao taoísmo – com que se mistura em algumas ocasiões -, é a crença que conta com mais apoio por parte do regime comunista.

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Envie seu Comentário