Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prostituta vai para cadeia por mentir para cliente

26 de junho de 2008 1

Propaganda falsa é crime. E isso ficou comprovado neste caso, ocorrido na Tailândia. A prostituta Khemjira Tanpaiboon, de 27 anos, foi condenada a 11 meses de prisão por mentir para um cliente.

Em um anúncio na internet, a profissional do sexo dizia ser “uma jovem de pele branca e seios grandes”. Mas, quando o cliente encontrou a moça, levou um susto: ela pesava 100kg. Se bem que uma mulher de 100kg deve no mínimo ter mesmo peitos grandes, não? E, com certeza, é uma “baita” mulher.

Bueno, seja como for, a prostituta ameaçou procurar a esposa (sim, o safado era casado) do cara e contar sobre a traição caso ele se negasse a manter relações sexuais e a pagar pelo programa. Ou seja, a gordinha não só queria o dinheiro, como também o sexo.

O carinha fingiu aceitar a chatagem e aproveitou um momento de distração da criminosa para fugir e procurar a polícia. Segundo a Efe, ela será ainda obrigada a pagar uma multa de 8.000 baht (US$ 238).

Agora, o sujeito também não deve ter saído dessa totalmente na boa. Se a história chegou até aqui no Mundo Insólito, imagino que a esposa dele também tenha ficado sabendo da guampa que ía levar.

E imagina se essa moda de processar profissionais do sexo pega aqui no Brasil. Vai ter muito (ex-)jogador de futebol e ator que leva travesti por lebre reclamando que foi enganado.

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • Eliane diz: 2 de julho de 2008

    que cara de pau de denunciar. teve sorte que não era um homen.. aqui no brasil também um jogador famoso foi a policia por ter sido enganado se esta moda pega.

Envie seu Comentário