Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mulheres pedem soltura do nigeriano das 86 esposas

19 de setembro de 2008 0

Alhaju Bello Masab, 84 anos, o nigeriano das 86 esposas – mais de uma por ano, repare – foi apoiado pelas suas mulheres, que pediram a sua soltura. O arém de Bello lhe rendeu a prisão por ultrapassar em 82 o número permitido de esposas no país.

As mulheres fizeram uma manifestação de quatro horas em frente ao Departamento de Justiça do estado de Níger, na cidade de Minna.

Segundo a Agência EFE, os manifestantes pediram aos funcionários do Departamento de Justiça que soltassem Masaba, pois, disseram, “ele é quem nos dá o pão”.

As esposas de Bello Masaba também pediam para não ser condenadas à prostituição, e defendiam que estavam “legalmente casadas”.

A acusação, segundo a lei islâmica, poderia fazer com que Masaba fosse condenado à morte por apedrejamento, uma pena já imposta em uma “fatwa” ou decreto islâmico pelo grupo fundamentalista Jamatu Nasril Islam, que não tem autoridade legal para fazê-lo. Organizações de defesa dos direitos humanos nigerianos reuniram, após sua detenção, “86 advogados de defesa” para Masaba, que o juiz Abdulkadir Imam deve ver em 6 de outubro.

O advogado que defende Masaba pediu na segunda-feira que seu cliente fosse libertado mediante pagamento de fiança, alegando que tem que sustentar uma enorme família. Em seguida, apresentou um recurso à Corte Superior Federal de Abuja para que proíba a possível imposição da pena de morte, em defesa de seus direitos humanos fundamentais.

Postado por Guilherme Neves

Comentários

comentários

Envie seu Comentário