Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ladrão que rouba para roubar tem perdão?

04 de dezembro de 2008 1

reprodução

Um furto ao mesmo tempo ousado e cômico em Santa Catarina. Um ladrão roubou um carro para roubar outro carro e, pelo telefone, explicou toda a situação para sua primeira vítima, quer recuperou o veículo. Confuso?

Foi assim. Uma mulher que fazia compras em um supermercado de Joinville teve seu carro furtado do estacionamento. Ao ligar para o próprio celular, que estava dentro do veículo, a mulher falou com o ladrão. Ele explicou que precisava do carro para entrar no estacionamento de outro supermercado, algumas quadras depois. O objetivo do determinado ladrão era, na verdade, roubar um veículo que estava estacionado nesse segundo supermercado.

Devia ser um carro melhor do que o da mulher. Mas ela, claro, não ficou ofendida por ter seu carro desdenhado pelo ladrão. Foi até bom. Após a ligação, a mulher foi até o outro mercado e encontrou seu automóvel.

O lema do criminoso devia ser “conversando a gente se entende”.

Para não ficar de mãos abanando, o larápio não perdeu tempo e, do primeiro veículo, levou o aparelho de CD, dois alto-falantes e uma bolsa com documentos e dois telefones celulares. Mas carro mesmo não se sabe se ele ficou com algum.

É que a Polícia Militar não recebeu nenhum chamado referente ao furto do segundo veículo, de acordo com o A Notícia. Então, não se sabe se ele teve sucesso total no crime, ou se ficou só no roubo do primeiro carro.

Agora, se ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão, será que ladrão que rouba para roubar (e devolve o roubo) tem algum perdão especial também?

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (1)

  • carlito diz: 4 de dezembro de 2008

    quando pegarem este ladrão, agradeçam com uma bala na nuca dele, e cobrem da familia dele, o custo da bala.Com certeza, ele não hesitaria em matar, indiferente que fosse, esta mulher do carro devolvido, ou do outro.

Envie seu Comentário