Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dentista falso anestesiava com vinho

28 de dezembro de 2008 2

Divulgação, Peekskill Police Department

Um dentista falso que atuava sem autorização e diploma foi preso em Nova York, nos Estados Unidos. O consultório funcionava na cozinha de sua residência. O detalhe mais impressionante é que o homem dava vinho aos pacientes como anestésico para diminuir as dores características dos tratamentos dentários.

O cara podia não ter diploma, mas tinha a manha da coisa. Talvez seja por dar vinho aos clientes que ele tenha demorado tanto para ser denunciado.

De acordo com o responsável pela operação que prendeu Carlos Flores, 68 anos, a polícia havia sido informada sobre o consultório ilegal por um ex-paciente de Flores, que sofria de dor de dente. Depois se ser atendido pelo falso dentista, o paciente precisou ser hospitalizado, já que o dente quebrou durante a tentativa de extração.

Conforme a polícia, os principais clientes de Flores eram imigrantes hispânicos de baixa renda. Segundo o G1, na cozinha do suspeito, foram encontradas uma cadeira de dentista, medicamentos e equipamentos odontológicos sujos de sangue – e claro, o “instrumento de anestesia“, um garrafão de vinho.

O suspeito alega ter formação de dentista e autorização para trabalhar em seu país natal, o Equador. Será que lá é costume anestesiar os pacientes com vinho?

Se sim, vai ter gente querendo trocar de dentista!

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (2)

  • Beto diz: 28 de dezembro de 2008

    Ah, pelo amor de Deus…o cara poderia ter diploma de qualquer universidade do mundo, mas eu nunca sentaria numa cadeira daquelas. NUNCA.!!!!! Tem que ser muito burro ou doente mental pra ir num lugar desses…

  • Aline S. COLORAAADA! diz: 31 de dezembro de 2008

    já troquei =P

Envie seu Comentário