Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Traído, marido quer de volta rim que doou a ex

09 de janeiro de 2009 16

Parece o professor Girafales!/reprodução, Daily News

“Perdeu, playboy, perdeu”. A famosa expressão dos ladrões cariocas pode ser a resposta de Dawell Batista ao seu ex-marido, o médico Richard Batista. É que, divorciado de Dawell, o doutor entrou na Justiça para tentar receber de volta um rim que doou a esposa quando ainda eram casados.

Tem cabimento? Na opinião de Richard, tem sim. Ele, que mora em Long Island, nos Estados Unidos, quer de volta seu órgão, ou – isso é mais plausível – uma compensação financeira de US$ 1,5 milhão! (alguém aí quer comprar um rim)

Richard reclama que a mulher o impede de ver os filhos (de 8, 11 e 14 anos), algumas vezes durante meses. Conforme o G1, ele se diz frustrado com a demora do divórcio, que se arrasta há quase quatro anos.

– Este é meu último recurso. Não queria fazê-lo de maneira pública – disse o médico.

O advogado da ex-mulher não quis comentar o caso, mas outros profissionais da área afirmam que é muito difícil Richard ter seu pedido atendido. Claro, né, não vão abrir a mulher pra tirar o rim. O jeito vai ser lutar pela compensação em dinheiro, com pagamento bem parceladinho.

O marido disse que doou o rim a Dawnell, de 44 anos, em junho de 2001. A mulher entrou com pedido de divórcio em julho de 2005. Entre 18 meses e dois anos após receber o transplante, ela começou a chifrar ter uma relação extraconjugal, segundo o advogado do corno Richard. Sacanagem!

Bueno, perdeu um rim, mas ganhou um chifre.

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (16)

  • katia Avila diz: 9 de janeiro de 2009

    Bem…coitado do Richard,ele não entendeu as boas intenções dela..kkkkk a mulher ganha um rim do marido,para compensar o sr chifrudo em questão resolve compensa-lo com um par de chifres,…o q tem de mais isso?…vai dizer q ele nunca chifrou a pobre….kkkkk…VIVA AS MULHERES

  • Zé diz: 9 de janeiro de 2009

    Acredito que trocar 1 rim por 2 chifres foi um ótimo negócio para esse aí!!!!

  • Mônica diz: 9 de janeiro de 2009

    Bah! O chifre deve estar doendo muito nele, hein? Mas mesmo que o Dr. Richard ganhe o rim de volta o dinheiro do rim, o chifre, propriamente dito, nunca mais sairá da sua cabeça.Que aliás, é uma cabeça bem feiosa. A saída seria ele ter ficado conformado como todos os traídos e traídas desse mundo a fora e seguir a vida dele em busca de um outro amor.Talvez um amor melhor até.

  • Ana diz: 9 de janeiro de 2009

    O rim de volta é absurdo, agora, que esta mulher devia pagar uma quantia pra ele, eu sou totalmente à favor.

  • Gremista bassanense diz: 9 de janeiro de 2009

    Chifre é Chifre, rim é rim ha ha ha ha ha ha ha.

  • Rita diz: 9 de janeiro de 2009

    Parto do princípio que presente,não devemos pedir de volta.Presente de amor, então,nem se fala em devolução.Senão, parece que foi dado já com segundas intenções,para a outra pessoa se sentir culpada e obrigada a agradecer eternamente.E, finalmente,”presente” de um órgão(aqui no caso um rim)que foi doado para salvar a vida de quem a pessoa amava,não deve ser cobrado de volta ou pedido a indenização.Achei o Richard macabro!Afinal,o que ele terá feito para merecer o chifre?Boa pergunta,né?Hehehe..

  • Lelo diz: 9 de janeiro de 2009

    depende do regime do casamento, hahahaha

  • Uilson Carvalho. diz: 9 de janeiro de 2009

    Cara, a mulher é mesmo sangue-suga, tirou a casa, carro, jóias, dinheiro, dignadade e em troca deixou um chapéu de touro pro coitado. E pra terminar deu uma bem no rim do cara !

    Resposta: No rim do cara que agora é dela, ainda por cima!

  • Prof. Ricardo diz: 9 de janeiro de 2009

    Tá certo ele. Ela que vá pedir um rim para o amante. Por isso sou CONTRA doação, sempre algum patife pode receber o órgão…e isso não é difícil. Abaixo a doação de órgãos, graças a esta mulher isto ficou evidente.

  • O loco meu diz: 9 de janeiro de 2009

    Doar órgãos pra mulher…fala sério!!! Isso a gente faz pra parente de verdade…Mulher sempre poderá se tornar ex…filhos, pais, irmãos, sempre serão parentes…

  • Flor diz: 9 de janeiro de 2009

    Será que o tal Richard ganha mesmo na Justiça o dinheiro pelo rim? Ou seria pelo chifre que ele não suportou ganhar? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK……
    Sem querer generalizar. Mas isso é só um dos tantos outros exemplos para concluírmos que não são só as mulheres que são capazes de se vingarem de “ex”, quando assunto é chifre.

  • RYK-RESTINGA diz: 9 de janeiro de 2009

    TINHA QUE COBRAR PENSÃO ENQUANTO ELA VIVER.
    OU INDENIZAÇÃO MESMO.O CARA TIRA UM ÓRGÃO DO CORPO PRA DOAR PRA ESPOSA,E É ISSO QUE RECEBE EM TROCA.SE PUDERAM ABRIR ELE PRA DOAR PRA ELA,PQ NÃO PODE ABRIR ELA PRA TIRAR O RIM.É CLARO QUE É MELHOR A INDENIZAÇÃO…

  • Fernando diz: 9 de janeiro de 2009

    Que o cara é um corno chato não se discute e ponto. Mais o que o Prof. Ricardo, de Blumenau imagine, contra a doação de órgãos é um absurdo completo, fruto de uma mente vazia que só pode estar pensado em sí, nunca no próximo. A propósito cabeça de vento, a doação de órgãos para quem é falecido é justificada e muito bem vinda pois salva a vida de milhares.

  • Elaine Terezinha Silva das Neves. diz: 13 de janeiro de 2009

    Eu acredito que ela não ia mudar com a doação que recebeu dele,algo já estava indo mal.Se ele fosse tão bonzinho com certeza não teria levado chifre.

  • Joacir Frn. diz: 9 de janeiro de 2009

    Casar ja é uma loucura, doar o rim para a esposa, é um desvaneio… Meu caro, meu conselho é o seguinte: se ela te chifrou, agora chifre ela, vai lá e dê o “rim” para o amante dela… O que acha?? bom né… huahuiahuia.

  • AlinE CoLOradA diz: 9 de janeiro de 2009

    aheuheuiheuih e quem que vai estipular o valor de um rim? o.O

Envie seu Comentário