Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Funcionária de escola muda notas para ajudar filha

29 de junho de 2009 6

reprodução, Fox

Mãe é mãe. E essa mãe norte-americana queria muito o sucesso da filha, Britrany. Queria tanto que utilizou seu cargo como secretária de uma escola na Pensilvânia para adulterar as notas da guria. Lembra o caso do sujeito que quis fazer a prova no lugar do filho (releia aqui).

A mulher, Caroline Maria McNeal, de 39 anos, não só aumentou a pontuação da filha como – para melhorar o desempenho da jovem – reduziu pontos de algumas colegas. Segundo a investigação policial, Caroline entrou no sistema de computador usando as senhas de três colegas de trabalho, sem o conhecimento deles.

De acordo com o G1, a fraude ocorreu entre maio de 2006 e julho de 2007 (quase um ano de falcatrua). O esquema foi descoberto quando um funcionário da escola encontrou informações conflitantes em relação às notas de Britrany. A mãe teria feito 29 mudanças irregulares no sistema escolar.

Tudo para ajudar a filha. Uma mãe nota “dez”!

Postado por André Crespani

Comentários

comentários

Comentários (6)

  • angela maria stoll diz: 29 de junho de 2009

    cada vez mais, eu acho que me aposentei na hora certa ( nem dois anos) Pobres professores ….Penssei que isso fosse coisa de escolas brasileiras!!!

  • angela maria stoll diz: 29 de junho de 2009

    cada vez mais, eu acho que me aposentei na hora certa ( nem dois anos) Pobres professores ….Penssei que isso fosse coisa de escolas brasileiras!!!

  • angela maria stoll diz: 29 de junho de 2009

    cada vez mais, eu acho que me aposentei na hora certa ( nem dois anos) Pobres professores ….Penssei que isso fosse coisa de escolas brasileiras!!!

  • j^p^A diz: 29 de junho de 2009

    Quem acha que notas boas salvam, se enganou. Só o conhecimento salva, aquele que fica solidificado nos alunos, nos profissionais e na vida bem sucedida de pessoas. Nunca agradeça à DEUS por ter sido salvo por médicos, é uma grande contradição, pois o conhecimento deste profissionais é que o salvaram. Não confunda com safadeza de políticos, esses mais tarde ou mais cêdo cairão do pedestal. Por fim, não existe “coisa maior” que o conhecimento!

  • angela maria stoll diz: 29 de junho de 2009

    cada vez mais, eu acho que me aposentei na hora certa ( nem dois anos) Pobres professores ….Penssei que isso fosse coisa de escolas brasileiras!!!

  • EU diz: 29 de junho de 2009

    Nossa é só o que faltava´,por isso tem tanto adolescente sem educação ,a mãe passa por cima não ensina o que é correto e depois se formam ai os adultos maus de amanhã …Que mãe é eesa será que não ve que assim ta é só prejudicando o futuro dela …

Envie seu Comentário