Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Detetive faz sexo com homens casados para desmascarar adúlteros

30 de março de 2010 10

Janette Jones é uma detetive particular. Seu trabalho é descobrir homens que traem suas esposas. E para ter sucesso, ela vai fundo em cada caso, e aceita até fazer sexo com os maridos para desmascarar um adúltero.

A investigadora tem 45 anos, é mãe de quatro filhos e já tem até netos. E segue sexy e atraente. Com um treinamento especial, se tornou uma máquina de caçar cafajestes em Londres, na Inglaterra. Nos últimos 12 meses ela averiguou mais de 60 casos – e dormiu com os maridos de 15 clientes. O sucesso, segundo ela, ocorreu em 100% dos casos: sempre rolou pelo menos um beijinho.

Quando um beijo não é prova suficiente, a detetive vai para a cama. Mas, apesar de seu trabalho envolver sexo, ela recusa qualquer comparação com uma prostituta, de acordo com o “The Sun“. Transar com os adúlteros faz parte da investigação e garante provas irrefutáveis.

Todas as transas são autorizadas (e pagas) pelas esposas. A cliente – a corna traída – desembolsa valores entre duas mil e 10 mil libras (cerca de R$ 27 mil). Se o caso envolver “caso”, ou seja, a contratante quiser sexo entre o marido e a detetive, o valor é de, no mínimo, oito mil libras (cerca de R$ 21,6 mil). Além do pagamento em dinheiro, muitas esposas pagam Janette com gratidão, enviando cartões com mensagens como “obrigado por dormir com meu marido. Sem você, eu não teria conhecido a verdade“.

E será a detetive realmente boa no seu trabalho? Digo em todo ele, inclusive na parte do sexo? Porque, se ela for boa de cama, os maridos também devem um cartão de agradecimento às esposas.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui< <

Comentários

comentários

Comentários (10)

  • Al Bundy diz: 30 de março de 2010

    Prostituta faz sexo por dinheiro, ela faz sexo por dinheiro….nos dois casos quem paga é o cliente….só porque ela cobra em libra não é prosti? Além do mais, se ela for a primeira escapadinha do marido quem será a vítima da traição?…..se minha esposa manda uma dessas pra me testar já era…melhor não provocar quem tá quieto…mas vamos a verdade. Essa história de detetive ela conta em casa pra explicar ao marido a grana que tá entrando…se bem que, por 10 mil libras o Ricardão já tá convidado pro café heheh…..
    Resposta: Essa do café foi boa, ahahahah!

  • Marco Antonio diz: 30 de março de 2010

    Se não for prostituta, é o que? E pela cara esta cobrando muito caro. Por aqui receberia em vale refeição ou tickt

  • LEON diz: 30 de março de 2010

    Trepada cara essa, não? Bom, de qualquer maneira, quero avisar à minha mulher
    que sou suspeito de infidelidade . Atenção, querida ! Contrate a gringa, e saberás….se SIM ou NÃO . Gastarás uma grana, mas acho que valerá a pena, pra todo mundo . Todos(as) sairão satisfeitos(as), eu juro !!!

  • Sidnei diz: 30 de março de 2010

    Antigamente o nome dado para quem exercia esse tipo de atividade era puta mesmo.
    Mas como tudo na vida se transforma, algumas mais inteligentes usam métodos mais sofisticados e criam nomes exóticos como detetive particular…muito boa!!!
    A “detetive” é essa aí da foto?? Caramba…tem mulher pagando para o marido transar com ela?? com certeza ela usa algum tipo de “boa noite cinderela” ou sei lá o que para o cara arriscar o casamento por tão pouco…
    Se fosse comigo eu processava as duas!
    Isso deve ser crime! No mínimo formação de quadrilha!

  • pauloborba diz: 30 de março de 2010

    No Brasil essa aí iria direto para o hospital na primeira semana ou ficaria rica dependendo de como ela iria se resguardar!!! Fala sério que trabalhinho hem!!!

  • Caio diz: 30 de março de 2010

    Prostituição legalizada, só isto!

  • Profissa da boa… « Blog do Ferris diz: 30 de março de 2010

    [...] 30/03/2010 por qcferris Detetive faz sexo com homens casados para desmascarar adúlteros [...]

  • Marcelo diz: 30 de março de 2010

    Mas que baita vagabunda. Todo homem trai, aprendam isso mulheres.

  • Etted diz: 30 de março de 2010

    O Al Bundy tem razão. Essa conversa de que essa detetive faz “até” sexo para desmascarar o adúltero é conversa fiada. Faz sim, qualquer negócio, para arrancar vinte mil libras das otárias que pagam. E se o cara não é adúltero, mas é homem? Por vintinho ela vai às últimas consequências. Pensa bem… Quem paga vinte mil, tem dinheiro para gastar. Tem muita gente boa do ramo aí que não cobra vinte para uma noitada. Pra provar que ela está certa, faz qualquer negócio. E o maridão da “detetive” gosta das antenas ou dos vintinhos?

  • Paulo G. diz: 31 de março de 2010

    Se ela faz sexo com os maridos e registra isso, os casos tem que ter 100% de aproveitamento mesmo, mesmo que o cara não seja ela vai fisgar o logo, baita golpe.
    O sindicato dos cafajestes avisa: mulher curiosa poder sofrer e ainda gastar uma grana.

Envie seu Comentário