Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Hospitais poderão monitorar saúde de pacientes pela cueca

21 de junho de 2010 1

Dia desses minha mãe teve de fazer um exame complicado. Ela veio para casa com o corpo cheio de eletrodos e tinha que ficar com eles o tempo todo. Acontece que, com o suor, os trocinhos se desgrudavam da pele, a fita não segurava e o exame ficou uma b#sta todo impreciso. Isso não teria ocorrido se já estivesse disponível para uso o projeto médico desse post: monitoramento de pacientes pela cueca.

Claro que minha mãe não usa cueca (ou talvez use, sei lá), mas o princípio é o mesmo. Biosensores químicos impressos diretamente na roupa íntima e que monitoram as atividades do paciente por intermédio do controle de algumas enzimas. Conforme o “Analyst“, a proposta está sendo desenvolvida em conjunto por pesquisadores chineses e norte-americanos.

A cueca foi escolhida em função de seu contato constante e “apertado” com a pele. Os eletrodos de carbono monitoram o suor e dão respostas sobre o paciente.

Os cientistas trabalharam para que o “equipamento” suporte possíveis deformações do vestuário, como esticar ou dobrar. Só não informaram se também é resistente a freadas.

Envie INFOCEL para 46956 e receba as notícias mais estranhas do Mundoidão no seu celular. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<


Comentários

comentários

Comentários (1)

  • joyce-sp diz: 17 de julho de 2010

    Essa foi boa , freadas (risos), e aos gases(peidos, bufas etc.) (risos) será se resiste ?

Envie seu Comentário