Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Empresa fabrica cofrinhos feitos com porcos de verdade

22 de novembro de 2010 37

Uma empresa de Vancouver, no Canadá, está vendendo porquinho para guardar moedas e dinheiro. A expressão é mesmo sem aspas, porque os cofrinhos são feitos com leitões de verdade, empalhados.

O valor do porquinho feito com porquinho é R$ 6.875 – metade do pagamento na hora e o resto após o recebimento. A oferta no site thecheeky.com diz que o prazo de entrega é 12 meses após o pedido.

As peças, segundo os produtores, são feitas apenas com leitões que morrem de causas naturais. Deve ser estranho na hora de quebrar o cofrinho.

Envie INFOCEL para 46956 e receba as notícias mais estranhas do Mundoidão no seu celular. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários

comentários

Comentários (37)

  • Meu Deus diz: 22 de novembro de 2010

    O que é isto? Eu duvido que estes pobres animais não estejam sendo mortos para faturamento desta empresa maluca! Que horror!

  • guilherme diz: 22 de novembro de 2010

    É lamentavel que um pais que se diz de primeiro mundo faça isso.

  • rodrigo diz: 22 de novembro de 2010

    pq não fabricam cofrinhos com recem nascidos mortos com causas naturais?

  • mano diz: 22 de novembro de 2010

    Meu Deus diz:
    22 de novembro de 2010 às 12:33 pm
    O que é isto? Eu duvido que estes pobres animais não estejam sendo mortos para faturamento desta empresa maluca! Que horror!
    E quando nos alimentamos desses animais, também não são mortos? Quanta hipocrisia!

  • Marcia Amaro diz: 22 de novembro de 2010

    Realmente é lamentável e triste o quanto o ser-humano pode ser cruel. Me envergonho de ver isso. É um retrocesso no que diz respeito aos direitos dos animais. Não basta serem mortos para a alimentação ainda serão mortos para servirem de objetos decorativos? Onde está o coração dessa gente? Como dizia Cássia Eller….. “O mundo está ao contrário e ninguém reparou”!

  • Leandro diz: 22 de novembro de 2010

    Mais original impossível. E aos que defendem com unhas e dentes os animais (não que isso seja errado, mas há outras prioridades) que adote uma criança de rua então!

  • Gabriel diz: 22 de novembro de 2010

    Não precisamos disso. Já basta o que fazemos com os animais para nos alimentarmos… Empalhar um animal para uso nobre não me parece de mal gosto. Mal gosto é usar um animal empalhado para guardar dinheiro. O corpo animal, mesmo inferior, merece respeito.

  • delsor diz: 22 de novembro de 2010

    O dono ou dona dessa impresa no Canada tinha que usar seu próprio cofrinho, dai eles poderiam sentir algum prazer em ganhar um dindim.

  • thaise diz: 22 de novembro de 2010

    duvido que os coitadinhos não estejam sendo mortos por esse bando de inescrupulosos… imagine que eles vão esperar os porquinhos morrerem de causas naturais… seria cômico se não fosse trágico… pior é essa gente que vai comprar o cadáver, vai contemplar, toda vez que colocar uma moeda, o corpo do bichinho morto, sabe lá Deus de que forma… RIDÍCULO!

  • celso loos diz: 22 de novembro de 2010

    Que Legal!
    Pena que esse animais já estejam mortos.
    Preferiri vê-los ainda vivos. Assim pouparia a grana pra tomar minhas cervejas e o tira-gosto já estaria garantido.

    De qq forma já tô reservando o meu

  • Francis diz: 22 de novembro de 2010

    heuheuh Eu achei muito boa essa idéia, pena ter que esperar 12 meses talvez por um. Agora quanto a todos esses defensores de animais, eu pediria que ajudem alguma instituição de caridade ou faça algum tipo de solidariedades ao invéz de virem reclamar e achar isso um absurdo.

  • André diz: 22 de novembro de 2010

    O cara não ta vendendo esse porquinho. Isso tudo não passa de uma invenção pra chamar atenção.

    news.blogs.cnn.com/2010/11/10/piggy-bank-made-of-actual-piglet-sparks-death-threats/
    Resposta: André, não achei onde diz nessa reportagem que a venda não é verdadeira. A única coisa é a observação de que o preço torna o artigo caro para ser consumido em larga escala. Parece-me mais uma tentativa de amenizar os protestos da parte dos inventores.

  • Heloise diz: 22 de novembro de 2010

    Que ridículo! Aparentemente estão bem saudáveis externamente, por isso duvido que tenham morrido de causas naturais. Precisa empalhar o idiota q inventou isso!

  • Carmen Letícia Pezzi diz: 22 de novembro de 2010

    Isso só pode ser piada, e do maior mau gosto possível!
    Completamente absurdo um país “dito” de primeiro mundo ter uma idéia macabra como esta. Os canadenses deveriam fazer não cofres e sim lixeiras dos seus próprios corpos.
    Realmente, a relação HUMANIDADE E RESPEITO AOS SERES VIVOS está inversamente proporcional ao nível de desenvolvimento tecnólogico que os chamados “seres humanos” atingiram.

  • Fernando diz: 22 de novembro de 2010

    Leandro,

    Por que TU não adotas uma criança de rua?

  • josino aguiar tacques diz: 22 de novembro de 2010

    Prezados srs.

    Esta empresa deveria ser proibida de fazer isso com os pobres bichinhos , eu que não teria um desses nem que fosse de graça.

    atenciosamente,

    josino

    Porto Alegre – RS

  • Cris diz: 22 de novembro de 2010

    Lamentável a iniciativa cruel dessa empresa, se pode ser chamada assim, as pessoas podem começar a economizar não comprando esses objetos atrozes. Não devemos esquecer que todos os animais são cristuras de Deus assim como nós, e não cabe a nós tratar com tamanha crueldade a criação.
    E quanto a adotar crianças de rua quantas você já adotou Leandro?

  • Paulo Kepler diz: 22 de novembro de 2010

    Triste ver o quanto o ser-humano subjuga as outras espécies. Além de transformá-los em alimento e vestuário, agora também se diverte ao converter animais em objetos decorativos. Talvez a origem de todos os problemas de agressividade e impulsividade tão comuns em certos seres-humanos esteja justamente na banalização da violência com os seres ditos “inferiores”. Eles também merecem respeito. Só quem respeita até o menor ser da criação saberá respeitar e amar o seu semelhante.

  • Paulo diz: 22 de novembro de 2010

    Já encomendei! E de quebra ganhei dois quilos de presunto! Beleza!!!!

  • joao makowieski diz: 22 de novembro de 2010

    achoo lamentaveel , e muiito tristee …
    eles deveriam ter uma morte digna , e nao depois de morto viira cofriinhoo….
    fiico muiito magoadoo sabendoo como tem pessoa crueu no muundo : S

  • Sérgio Tenório diz: 22 de novembro de 2010

    A pervesidade de alguns “humanos” segura com correntes de aço a evolução humana. Estes seres nada acrescentam a nossa raça, pelo contrário. É tão dificil entender que somos para os animais como os anjos são para nós. Protetores!

    O que salva nossa espécie de sermos exterminados do universo é a capacidade de alguns poucos de pensar e não fazer destes nossos irmãos animais de brinquedos ou alimento.

    Os anjos pediram apenas uma pessoa de boa fé e então poupariam uma cidade inteira da aniquilação. Sodoma e Gomorra. Assim somos no universo. Enquanto apenas um humano for bom toda humanidade viverá…

  • rodrigob diz: 22 de novembro de 2010

    se fosse propaganda de presunto ninguem se preocuparia com a origem dos cadaveres suinos.

  • Claudio Fernando Maciel diz: 22 de novembro de 2010

    O pior senhores é o clickrbs é colocar isso na coluna ‘HUMOR’!
    Isso também deve ser visto como ato lamentável, pois além de quem teve uma idéia cruel dessas, também deve ser taxado de cruel aquele que tira proveito para fazer piadas de algo tão lamentável.
    Resposta: Por favor, Claudio, leia o perfil do blog.

  • paulo back diz: 22 de novembro de 2010

    Imbecilidade na prática. E ainda fazem piadinhas em cima disso.
    Um leitãozinho que morre por causa naturais é o mesmo que acreditar em papai noel.

  • gi diz: 22 de novembro de 2010

    É engraçado ver a hipocresia das pessoas !!!
    O que realmente falta é amor e respeito ao próximo !!!!!!!!

  • Erica diz: 22 de novembro de 2010

    É O FIM DO MUNDO MESMO. Infelizmente os animais AINDA estão padecendo nas mãos dos chamados HUMANOS. Humanos???? que humanidade é esta??? por favor, publiquem, no mínimo, o dobro com reportagens que AJUDEM os animais, que falem sobre ações A FAVOR DOS ANIMAIS. A nossa mídia carece muito deste tipo de reportagem. E tão CRUEL ter que ver e ler isso… meu Deus… somente Deus mesmo para perdoá-los, se é que existe perdão.
    É o fim. E que nossos amigos animais possam um dia tentar perdoar o ser humano.
    Resposta: Erica, acho importante trazer esses tipo de fato e fomentar o debate. De toda forma, ainda bem, temos aqui na RBS o blog Bicharada, que ajuda a encontrar um lar para animais sem dono.

  • joao diz: 22 de novembro de 2010

    Gente!!! Se o bicho não morrer pelo cofrinho, ele vai morrer para ser leitão dos nossos natais, a vida toda foi assim, e nós continuamos a comer carne de leitão, e ninguém faz nada. Pra mim tinha que invadir a fabrica e fazer o dono da fabrica como cofrinho e deixar na praça pública.

  • Hugo diz: 22 de novembro de 2010

    ABORTO LEGAL JÁ. Não vou adotar nem uma criancinha de rua ABANDONADA, NÃO MESMO.

    Vamoa investir na educação e ACABAR DE VEZ COM A POBREZA.

    CONCORDO COM OS QUE CRITICAM ESTE COMÉRCIO. 1° mundo ? O Canadá ? PIADA.

    Eles matam filhotes de FOCA, com foice, pois a economia não pode parar.

  • Shirley diz: 22 de novembro de 2010

    Dois lamentáveis assuntos, o horror desta empresa e o lamentável título constando na coluna Humor! Pode? isso parece mais humor negro ou o autor da reportagem é um infeliz que não gosta nem respeita os animais!
    Resposta: O blog é de humor e coisas estranhas, Shirley, por isso o post consta aqui. Acho interessante trazer esses assuntos para serem conhecidos e debatidos, é melhor do que mantê-los obscuros. Sobre mim, tenho uma cachorra, quatro gatos e, infelizmente, um pássaro – preferia que vivesse solto, mas mora na família desde quando eu era criança e agora não é possível libertá-lo.

  • Luka.San diz: 22 de novembro de 2010

    bah, que falta de sei lá o que, que coisa mais nojenta.

  • Paulo Pennaforte diz: 22 de novembro de 2010

    Leandro e Francis, nós defensores dos animais podemos nos preocupar com isso porque, COM CERTEZA, vocês dois adotam crianças pobres e ajudam instituições de caridade.

  • mauri da luz diz: 22 de novembro de 2010

    Isso é primeiro mundo! tomara que os tupiniquins daqui não inventem de fazer o mesmo com cães e gatos e outros animais. Estes engenheiros que ficam inventando estas bobagens com grandes empresarios que financiam são os verdadeiros “PORCOS”. Mauri de Floripa para os “porcos” do canada que sombam da naturesa

  • Antonio diz: 22 de novembro de 2010

    Lamentavel, e dizer que estamos falando de um país que se diz evoluido. Quando a bocalidade e a falta de criatividade anda solta, dá nisso. Esta empresa nao terá futuro, logo as entidades (PETA) de protecao aos animais darao bastante encomodo.

  • mr.question diz: 23 de novembro de 2010

    hahahaha, cara sou fãn demais desse blog, é muito massa ver a galera comentando! muito bom… auhuahua aqui no “brazil” agente poderia fazer político de cofrinho né, afinal são tão fedidos e sujos como porcos! ops! falei… uhauhauha, po gente cada um com sua loucura, o que vocês fariam se soubessem que em um país da ásia aqueles macaquinhos lindos tipo mico leão sabe, são presos pelos pescoçinhos em uma mesinha com um buraquinho e eles ficam ali levando pequenas e leves pauladas com (objetos parecidos com aqueles que se amassa limão prá caipirinha) até sua cabeça rachar e eles morrerem de tanto levar porrada, e logo após é comido o conteúdo da cabeça do bichinho (o cérebro mesmo)! Po gente mó MUNDOIDÃO mesmo!

  • Odete dos Santos Sofia diz: 23 de novembro de 2010

    Preciso de cofrinhos em formato de cachoro

  • Guilherme diz: 23 de novembro de 2010

    agora o dono da empresa ta rico e vc ta escrevendo num blog e eu tambem hauhauhuahua ;D fikdik

  • Flávia diz: 27 de maio de 2011

    Meu Deus do céu, o ser humano está cada vez mais cruel…
    Fazer um absurdo desses com vidas inocentes só para que alguns imbecis achem graça ou até comprem este absurdo feita com estes anjinhos…
    Agora, imaginem> e se fossem crianças? Bá, aí já teria um milhão de protestos contra, passeatas e talvez até já teriam parado de fabricar esta cruldade…
    Mas como são animais, aí pode? Pelo amor de Deus, NÃO, NÃO pode, pq “diante da consciência que abriga a essência da vida, o crime é o mesmo. ”
    Sério, não acredito que tenha gente que ache graça em ver filhotes tão inocentes serem punidos peloa ignorância de alguns seres que se dizem humanos…

Envie seu Comentário