Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sortuda muito azarada ganha na loteria depois de morrer

02 de fevereiro de 2011 3

Gina McCauley é uma mulher de sorte. Quer dizer, era, já que faleceu em novembro. Mas também era azarada. Acontece que ela, que apostava na loteria havia trinta e poucos anos, morreu apenas um mês antes de enfim ganhar o prêmio.

A mulher fazia suas apostas em conjunto com dois amigos. Mesmo quando teve um câncer - que acabou resultando em sua morte – seguiu jogando. Conforme o “MSNBC“, Gina mantinha o hábito em segredo, não o revelando ao marido Paul, com quem era casada desde 1965.

Um mês após perder a esposa, Paul recebeu um telefonema de um dos colegas de aposta da mulher, avisando que eles haviam sido sorteados. Um terço do prêmio, equivalente no total a cerca de R$ 74 mil, ficou para o conjugê.

No mínimo, o viúvo tem que comprar uma bela coroa de flores.

Envie INFOCEL para 46956 e receba as notícias mais estranhas do Mundoidão no seu celular. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Comentários

comentários

Comentários (3)

  • Hélio diz: 2 de fevereiro de 2011

    Referente ao mundoidão, sortuda azarada, a atitude descente dos companheiros dela de jogos, seria muitissimo bom se este exemplo for seguido aqui no Brasil, um pais onde honestidade é uma palavra inexistente e um ato jamais praticado por um povo descendente de ladrões portugueses, como seria bom sae nos fossemos descobertos por uma raça menos trapaceira.

  • Paulo Pennaforte diz: 2 de fevereiro de 2011

    A diferença entre país de gente séria e uma pseudo nação como a nossa, é que aqui os amigos jamais teriam telefonado para o viúvo e dividido o prêmio com ele.

  • Lulu e Sandrinho diz: 2 de fevereiro de 2011

    Ai que dó! Tadinha dela.Enfim,não era para ser.

Envie seu Comentário