Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pais criam bebê sem definir sexo em nome da livre escolha

26 de maio de 2011 39

reprodução, The Star

O casal canadense David Stocker e Kathy Witterick, 38 e 39 anos, respectivamente, quer que seus filhos façam suas próprias escolhas. Para eles, isso inclui até uma das características teoricamente mais inatas dos seres humanos: o sexo. Por isso, o membro mais novo de sua prole está sendo criado sem gênero definido.

Quase ninguém sabe se o pequeno (ou a pequena) Storm, de quatro meses, é menino ou menina. Apenas os genitores, os dois irmãos – Jazz, de cinco anos, e Kio, de 2 -, duas pessoas responsáveis pelo parto e um único amigo muito próximo da família. No mais, nem os parentes, nem outros amigos conhecem o sexo da criança.

Storm não tem nenhuma ambiguidade na genitália. O segredo é simplesmente uma opção dos pais em dar ao bebê o direito de escolher, livre das pressões impostas pela sociedade. A decisão do casal está provocando preocupação quanto à criação que dão aos outros filhos. Mas eles não se importam com as críticas:

- Se você quer mesmo conhecer alguém, não pergunte o que há no meio de suas pernas - defende o pai, conforme o “The Star“.

Para quem assiste ao seriado do Chaves, lembro que existe uma forma simples de matar essa curiosidade e descobrir o sexo do anjo bebê: fazer cócegas na barriga. Se ficar “contento”, é homem; se ficar “contenta”, é mulher.

Envie INFOCEL para 46956 e receba as notícias mais estranhas do Mundoidão no seu celular. O custo por mensagem recebida é R$ 0,31 para todas as operadoras.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao

Comentários

comentários

Comentários (39)

  • Rafael diz: 26 de maio de 2011

    Algém prenda esse casal, por favor!

  • Pedro diz: 26 de maio de 2011

    Baita palahçada.

    “O segredo é simplesmente uma opção dos pais em dar ao bebê o direito de escolher, livre das pressões impostas pela sociedade.”

    Não é uma questão de pressão da sociedade. O fato é simples, ou é homem ou é mulher. EEle(a) nasceu assim, é fato. Ele(a) não pode crescer achando que é menino e na realidade ser menina. Ou o contrário. Ele(a) deve saber realmente o que é. E, se ainda sim, resolver mudar de sexo, aí sim acho válido, pois será uma escolha dele(a) quando já saberá o que quer para sua vida.
    O que estes pais estão fazendo, na realidade, é uma grande confusão na cabeça dessa pobre criança.

  • Julio diz: 26 de maio de 2011

    Apenas mais uma notícia exaltando a baixaria.
    Já é de tempo a campanha massiça da grande plin plin e suas afiliadas contra a moral e bons costumes… vide o conteúdo das novelas…
    Só existem duas possibilidades sexuais ao nascer: homem ou mulher. Qualquer coisa diferente disto é anomalia.
    Não, não sou homofóbico, respeito a opção da “atividade” sexual(pois sexo não se escolhe) e quero que respeitem a minha. Sou hétero e tenho orgulho disso também. Quero que os homossexuais sejam respeitados e protegidos como qualquer outro indívíduo da sociedade, como o preto, o pobre, o gordo, o magro…
    Eu não quero ser um “nada”. Eu não sou miserável, não sou negro, não sou homossexual… eu não sou nada, não tenho incentivos, bolsas, cotas, nada…
    Se os homossexuais querem “igualdade” de direitos, então que lutem para serem iguais e não diferentes, intocáveis, privilegiados…

  • fabio diz: 26 de maio de 2011

    Coitada da criança! imagina a confusao que ela vai ter que resolver desde pequena! Ela nem vai saber somar ou falar direito e ja vai ter que decidir sobre sua vida sexual, papel na sociedade, fazer análises sobre o preconceito e sobre sua anatomia!!

    O pessoal do Clic.. vamos dar umas revisadinhas no texto né!!
    “Se você quer mesmo conhecer alguém, não pergunte o quem há no meio de suas pernas -”
    Quem ha no meio das pernas?? Estao personificando a genitália?

    Resposta: Hahaha. Valeu a corneta, Fábio, eu sempre reviso, mas essa o corretor não pegou. Obrigado, vou arrumar ; )

  • Canadense diz: 26 de maio de 2011

    Comentários típicos de um país de terceiro mundo, onde as liberdades individuais não valem nada contra a hipocrisia generalizada.

    Go canadians..

  • Everton – Chapecó diz: 26 de maio de 2011

    Cara.. veja só!
    A humanidade planta e colhe seus próprios frutos. Nos anos 60 – PLANTAMOS, o sexo, drogas e rock and roll, aparentemente uma época boa, bacana, alegre, – FRUTO uma geração problemática, que se casou, teve filhos e que queriam tanta liberdade que não assumiam compromissos, filhos sem pais, familias ruídas. Anos 90 – PLANTAMOS, pais não podem corrigir seus filhos, e os que o fazem são julgados como bandidos e correm o risco de perderem a “guarda” do filho. – FRUTO – A partir do ano 2000 temos adolescentes insubordinados, desrespeitosos, que olham na cara dos professores e os ameaçam, encaram os pais e dizem “Voce não me manda”, não há leis para esta geração. Ano de 2010 – PLATAMOS a liberdade de opção sexual, cada um pode ser o que quiser, o que der na telha. ninguem pode dizer nada, e mais, incutem na cabeça da criança uma idéia que é tudo normal, que apesar da “natureza” usar somente uma relação hétero para gerar vida, tudo ta valendo. Pergunto: Qual o fruto disso?

  • Pedro Paulo diz: 26 de maio de 2011

    NÃO ENTENDO, A MÍDIA QUER OBRIGAR A ACEITARMOS A PRÁTICA HOMOSSEXUAL, QUEM NÃO CONCORDA COM ESSA PRÁTICA É HOMOFÓBICO,OS GAYS TB VÃO QUERER LOGO LOGO PREFERÊNCIA EM FILA DE BANCO, HOSPITAIS, SUS ETC. VCS DA MÍDIA NÃO VÃO GANHAR ESSA “GUERRA” NOTICIAS BOAS MUITAS VEZES NÃO VÃO PARA O AR, MAS NOTIÇIAS QUE ENVOLVEM PROMISCUIDADE SÃO EXLATADAS.

  • FRW diz: 26 de maio de 2011

    E ainda tem gente que defende este tipo de coisa!!! Hipocritas!!!
    Se nao quer viver num pais de terceiro mundo, vai morar la entao onde, pelo visto, tudo e liberado.
    Criar a crianca deste jeito nao significa deixar ela escolher nada e sim priva-la de sua verdadeira sexualidade. Um absurdo.

  • Rodrigo diz: 26 de maio de 2011

    Escolher o sexo? como escolher, já foi escolhido pela natureza.

  • Lu diz: 26 de maio de 2011

    Como pode o ser humano ignorar sua natureza? É tudo tão simples! Porque complicam? Realmente, o mundo está sendo tomado por uma crise de identidade nunca antes vista. É uma pena!

  • Silvia Probst diz: 26 de maio de 2011

    Na real a coisa vai bem ao oposto do que eles querem, ao invés de criar personalidade na criança, vão criar duvidas e sentimentos frustrados, essa criança será motivo de chacota na escola, e mais, não terá personalidade definida, ira sempre se questionar o porquê desta atitude dos pais. Deve ter alguma lei que os impeça de agir desta maneira, os pais na realidade querem fama e dinheiro, em cima da imagem do próprio filho.

  • Brasileiro diz: 26 de maio de 2011

    O Canadense condena o preconceito sexual, mas tah cheio de preconceito cultural! Dá zero p ele!!!
    ABSURDO! É o fim dos tempos mesmo!

  • Thais diz: 26 de maio de 2011

    O sexo de uma pessoa é FATO, não é possível escolher! No máximo, o que pode acontecer é a pessoa optar por trocar de sexo através de cirurgia, mas acredito que isso só seja possível com mais de 18 anos… Acho que os pais dessa criança estão confundindo sexo com orientação sexual. São coisas completamente diferentes! Que casal mais ridículo, deve estar apenas querendo aparecer…

  • Joce diz: 26 de maio de 2011

    Que absurdo…
    Estes pais não tem noção do que estão fazendo…

  • Mário diz: 26 de maio de 2011

    Pobre criança! A coisa está tomando um rumo tal que os normais já começam a sentir-se discriminados!

  • eva fatima souza santos diz: 26 de maio de 2011

    É, tá feia a coisa. Qualquer dia vão me dizer que eu não sou eu, e o pior é que eu nem sei onde me achar.

  • tatiane diz: 26 de maio de 2011

    desculpe canadense mais não concordo com vc , claro que cada pessoa tem o direito de escolher sua opção sexual ,mais naum se trata de escolher a sexualidade da criança e sim o sexo dele, e nessa questão todos sabemos q naum há escolha .Vc naum pode simplesmente escolher se quer ser homem ou mulher , a unica coisa q podemos escolher é com quem vamos nos relacionar, mais seu sexo ,me desculpe, mais naum existe escolhas, é conforme Deus nos fez, meu amigo!!! Sim a liberdade na sexualidade. mais formar a cabeça de uma criança com esse pensamento é lamentavel e deveria ser até inaceitavel pois a criança naum tem nem condiçoes de fazer essa esclolha! naum cabe a ela!

  • Duda diz: 26 de maio de 2011

    O homossexualismo está ai, é fato tbm, tanto quanto nascermos homens ou mulheres(fora isso não existe!). No entando, não é pq aceitamos, respeitamos e convivemos com isso, que temos que ensinar e incentivar essa “troca de posição sexual” para as crianças! Elas devem crescer sabendo o que é da natureza humana, mesmo que mais tarde elas prefiram mudar, ou quem sabe vc chega assim pro seu filho:
    “Olha querido, vc nasceu com um pintinho, mas isso não quer dizer nada tá, vc pode trocar se quiser e a hora que quiser e destrocar tbm, ahh e mais uma coisa com isso vc vai ter o dobro de chance de achar alguém que vc goste ..”
    Absurdo né?
    As crianças devem crescer sabendo o natural, sem influencias externas, de mídia, pq isso tudo é mídia né!
    Ahh e sobre o tal do “kit gay”, outro absurdo, não investem na capacitação dos professores(salários, treinamentos..)pra ensinarem a matemática e o portugues nosso de cada dia, mas querem que esses mesmos professores sem capacitação influenciem nas decisões/opções sexuais das crianças. Vão mostra isso pra quem ja tem mente formada lá pelos 16 anos ..
    Desse jeito da até medo de ter filhos … ¬¬

  • Guilherme diz: 26 de maio de 2011

    Julio, se tu me dizes que só há duas possibilidades ao nascer (homem e mulher), então não há nem a possibilidade de haver anomalias. Pura contradição. Ou há apenas duas possibilidades, ou há múltiplas possibilidades (incluindo o que pode ser considerado anomalia). A propósito, a grafia correta é “maciça”, e não a que escreveste.

  • andré diz: 26 de maio de 2011

    Que absurdo… vejam só aonde que a sociedade globalizada e imbecilizada vai parar… onde nós vamos parar??? será que a capacidade de ser ridículo e extremamente inconsciente do ser “humano” realmente não tem fim???
    Só tenho 1 coisa pra dizer a respeito “sociedade lixo desse milênio”, queria ter nascido uns 150 anos atrás… talvez eu fosse mais ignorante e tivesse menos decepções existenciais como essa.
    isso é o tipo de coisa que não pode nem deveria chegar no âmbito jurídico, deveria ser o básico do básico da educação familiar… e não digo isto por preconceito, mas sim pella criança.
    Só o que faltava mesmo… agora querem dar pra um bêbê a responsabilidade das escolhas duma vida desde que nascem??? se bobearem já deve tê pai perguntando pro bêbêzinho de 1 mÊs se ele quer ou não tomar leite no peito ou na mamadeira… ahahahahah que piada… aposto que se ele ou ela pudesse escolher, certamente não escolheria nascer desses 2 jumentos canadenses. e tenho dito.

  • manuele caetano diz: 26 de maio de 2011

    nao sou preconceituosa ,nada disso mas o q esta acontecendo é q estao querendo fazer a populaçao aceitar umas coisas assim sem noçao..pobre dessa criança !!!!!o q querem fazer da cabeça das nossas crianças nao aceito isso…..

  • Angelo diz: 26 de maio de 2011

    tudo falte de vergonha esta turma de inresponsavel mandem este casal pra traz das grades estao querendo chamar a atençao e por que consegue pelo fato da midia divulgar besteiras de toda natureza principalmente as desgraças que deixa o mundo cada vez poir com visao desta natureza.

  • Andrea diz: 26 de maio de 2011

    O BB tem cara de menino, mas… como o casal já tinha dois meninos e queria que o terçeiro filho fosse menina, inventaram essa história…quem sabe o bb decide ser homossexual e se vista de menina, assim como a filha do Brad Pitt e da Angelina ”optou” se vestir de menino. Faz sentido?? Nenhum neh, é o mesmo sentido que faz essa decisão desses pais, ninguém nasce sem sexo, se decidir futuramente ter relações sexuais com alguém do sexo é uma coisa, mas jamais deixará de ser do sexo masculino ou feminino. Ridículos, querem aparecer na mídia.
    Quem sabe se fizermos cocégas no bb saberemos de fica contento ou contenta, eessa sim foi boa hehe

  • Natalie diz: 26 de maio de 2011

    “Você é uma pessoa, mas não vou te dizer… quando vc crescer, se vosse quiser viver como um animal, pode escolher se quiseres ser um cachorrinho, gatinho, coelhinho… mas tá, se quiseres ser uma pessoa mesmo, ahh… mas, como vc preferir…” Vai ter alguém fazendo isso no Canadá tbm???

  • Nicole diz: 26 de maio de 2011

    Boa canadense!!!
    Tb me espanto com a limitação de todos os comentários aqui… coisas do tipo, queriam ter uma menina e dai inventaram a história pra que a criança vire homossexual e se vista de mulher… Desde quando por ser homossexual o cara vai se vesti de menina?? Vá ler um pouco, Ricky Martin é gay e não se veste como mulher, a tal ex-chiquitica é gay e não se veste como homem!!! Ignorância total a do cara que falou isto.
    Sobre dizendo que não deixarão a criança saber o seu sexo. A crinça sabe muito bem o seu sexo, o que os pais estão querendo é apenas NÃO impor a esta crinça esta cultura HETERONORMATIVA em que vivemos, com convenções do tipo meninos usam azul e meninas usam rosa, meninas brincam de bonecas e meninos de carro e bola. Eles estão dando para a crinça o livre direito de pegar o brinquedo que mais lhe atrair, estão dando o direito de a criança na escolinha resolver onde brincar e não conforme a divisão da profe com meninos de um lado e meninas do outro…
    Me espanto olhando comentários deste tipo… sobre a pergunta de um dos rapazes, o fruto desta nova geração será um mundo com menos moralismo, menos hipocrisia, com cada um cuidando apenas de sua própria vida sem ficar se importando com o que o vizinho do lado está fazendo… que cada um seja feliz como bem quiser e não tente impor seus dogmas e (pre)conceitos guela abaixo das outras pessoas…

  • Antonio Nunes diz: 26 de maio de 2011

    CHEGA DE BIZARRICE!!! NÃO É O MUNDO QUE VAI ACABAR, APOCAPISE ETC. É ESTA SOCIEDADE ONDE CADA DIA APARECEM MAIS TIPOS COMO ESTE, QUE ESTÃO SE ENCARREGANDO DE ACABAR COM A HUMANIDADE E O MUNDO QUE UM DIA CONHECEMOS! TOMARA QUE DESCUBRAM VIDA EM OUTRO PLANETA, SEREI O PRIMEIRO A SAIR DESTE MUNDO BIZARRO E SEM NOÇÃO O QUAL VIVEMOS!!!

  • Bibiana diz: 26 de maio de 2011

    Quem tem que decidir é a criança, quando crescer. Ela tem um sexo: feminino ou masculino. E ponto! Agora, se ela quiser ser homo, hetero, trans ou bi e ela. Mas depois de ter uma educação, conhecimentos e estar apta.
    O absurdo de tudo isso são os pais, achando que estão fazendo um bem, confundindo ainda mais a criança e os irmãos também…

  • Mano diz: 26 de maio de 2011

    Ultimamente a humanidade tem levantado questões que para os normais parece assunto de hospício. Ou será que os loucos agra são normais e nós alopramos?
    Vejam esta, deixar uma criança decidir se vai ser homem ou mulher, mas como pode?
    Isto já foi definido genéticamente.
    Porra, já não basta a palhaçada GAY, que pela forma que está caminhando vai acabar resultando na criação de mais uma categoria sexual nos formulários de cadastros, vamos ter três opções de preenchimebto para o campo SEXO: Masculino/Feminino/Indefinido. Mais um serviço para os analistas e programadores de sistemas.
    Isto tudo é fruto da falta da seleção natural, que na raça humana já não existe a muito tempo, único mecanismo capaz de garantir a sobrevivência das espécies. Desde que o homem passou a intervir neste mecanismo é que se passou a observar estas aberrações de comportamento. Parece que tudo é possível na cabeça do homem.
    Bom, até o Papa já não sabe o que diz, quando liberou a camisinha apenas para as prostitutas, o que elas tem de melhor em relação aos outros católicos?
    Últimamente o que mais se ouve falar é as mulheres (são aqueles humanos com vagina e que fazem uso delas para o ato sexual) reclamarem a falta de homens (são aqueles humanos com pênis e que fazem uso dele para o ato sexual).
    Tenho pena de nosso filhos. Na escola terão que usar livros com erro de português porque passou a ser normal, talvez tenham que ler uma cartilha que banaliza o sexo para crianças e adolescentes (kit gay do ministro da educação).

  • LUCIANA diz: 26 de maio de 2011

    RIDICULO!!!!!!!!

  • Francisco Bendl diz: 26 de maio de 2011

    Muito bom! O pessoal que está comentando esta matéria tem conhecimento que não se faz a tal “opção sexual”, pois a pessoa nasce homossexual. O problema é que a criança precisa ter identidade consigo mesma ou vai virar um paciente da psicologia ou psiquiatria com o tempo.
    A verdade é que não é o meio que influi o ser humano a ser gay ou outra pessoa, portanto, esta lorota de “livre escolha” é uma idiotice!
    A verdade é que esta discussão recém está começando. Ainda vamos ter e ver inúmeros desdobramentos, e constatar que, possivelmente, essas formas de berrar e clamar por leis que “protejam” comportamentos ou facções, estejam querendo permissões para se livrarem das responsabilidades e implicações de suas atitudes como cidadãos. Em outras palavras: uma maneira “livre” de se existir sem moral, sem obediência aos bons costumes, promiscuidade à solta, exaltação às drogas, permissividade generalizada!
    No entanto, o debate sobre a homossexualidade deveria atentar – até mesmo os heterossexuais – no sequinte aspecto:
    Quando que um ser humano se torna mau ou bom? Através de sua sexualidade? Obviamente que não!
    Mas através de seu comportamento ao se transformar em uma pessoa antissocial e, este tipo de gente, existe dos dois lados.
    Lamento que o sexo esteja sendo tão banalizado, se a questão deveria ficar restrita a quatro paredes e de foro íntimo, tão somente.
    Essa difusão exagerada, a ponto de o MEC ter feito até mesmo um “kit homóbico”, é uma demosntração que no fundo os nossos irresponsáveis parlamentares estão pensando em votos, e se lixando para a sociedade!
    Agora, os gays precisam levar em conta que não podem empurrar goela abaixo de quem quer que seja que suas atitudes extravagantes devam ser aceitas sem contestação, isso não!
    Não podem fazer apologias para o sexo em grupo, à troca de parceiros a esmo, quanto mais à perversão e criminosa pedofilia, pois eu li comentários do presidente de uma associação baiana que exaltava a relação sexual pedófila! Ora, isto é crime hediondo, e se tivesse sido feita por alguém que não fosse gay já estaria na cadeia, que seria o certo!
    Então, as diferenças começam a surgir no comportamento que não é usual, e isto tem de ser levado a sério, tanto pelos gays quanto pelos não gays.
    Mas vamos conversar muito sobre este assunto, sem dúvidas.
    E parabéns ao Júlio, Everton-Chapecó e Lu pelo que disseram, pois foram palavras muito conscientes, sem ofensas a ninguém, e lúcidas.
    Felicito o blog por trazer notícias que ocasionam boas discussões e pontos de vistas diferentes.

  • Gabriela diz: 26 de maio de 2011

    Só fico me perguntando como ficou a certidão de nascimento da pobre criança… “sexo indefinido”?
    Será que lá no Canadá não tem Ministério Público ou algum órgão parecido. É direito de todo ser humano saber se é homem ou mulher, independente o grau de loucora dos pais.
    Uma criança tão linda…
    Alguém interfira nisso aí, pelo amor de deus!!!

  • Pit diz: 26 de maio de 2011

    Morro e não vejo tudo………………

  • Angela diz: 26 de maio de 2011

    Bom,sinceramente é o fim dos ultimos tempos as pessoas perderam totalmente a noção…pobre desta criança mas tenho certeza que no final tudo dará certo.

  • daniel diz: 26 de maio de 2011

    fim da picada,
    por que nao arrancam o penis do menino fora entao? se ele optar por ser homem um dia, ele poe uma protese.

  • Antonio Santos diz: 26 de maio de 2011

    É brincadeira. Daqui a pouco os ditos “liberais” (qualquer coisa é normal, são os tempos…), vão querer que os seres humanos sejam ao mesmo tempo homem e mulher! Vão é pensar em fazer o bem pela sociedade, ir para as ruas e protestar pelo que importa… saúde, educação, corrupção. Por muito menos do que acontece hoje o Collor dançou. Acordem, orientem-se, sejam cidadãos se quiserem ser primeiro mundo!

  • Luiz H. S. Valente diz: 27 de maio de 2011

    Incrível o nível dos comentários! Esta seria uma notícia pra aparecer um monte de gente defendendo esta decisão absurda e chamar de homofóbico os que fossem contra! Mas não, quase todos deram opiniões sensatas! Tanto é que não tenho nada a acrescentar! Concordo com tudo o que foi dito! E acho até que os próprios homossexuais são contra, tal o absurdo da ideia deste casal! Parabéns pelos comentários! Acho que ainda há esperança!

  • Andrea diz: 27 de maio de 2011

    Nicole querida (ou querido), você não percebeu que a idéia do comentário sobre eles quererem uma filha menina, foi demonstrar que não faz sentido??? É claro que muitos homossexuais não se vestem do sexo oposto, a questão é que se no futuro a criança quiser ter relações sexuais com alguém do mesmo sexo, ou se desejar mudar de sexo, não vai mudar o fato de ela ter nascido e ser de fato homem ou mulher. Isso ela jamais poderá mudar, o que torna ridícula a decisão dos pais não revelarem o sexo do BB. Isso sempre será contra a natureza!!!!

  • @jacksephiroth diz: 28 de maio de 2011

    La vem o Chaves, Chaves, Chaves… O/

  • Mateus diz: 1 de junho de 2011

    Uma palavrinha pra todos que dizem VIVA a homossexualidade:

    Se eu pai fosse gay e sua mãe fosse lesbica… vc não teria nascido… tá bom assim ou querem mais???

    Gays, não reneguem de onde vcs vieram… vcs descendem de heteros… não de Homos…

    Portanto posso chamar vcs de assassinos, pq já estão matando uma futura vida que poderia ser gerada por vcs…

Envie seu Comentário