Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Doença faz perna gigante amputada voltar a crescer

08 de novembro de 2011 16

Mandy Sellars, de 36 anos, teve uma perna amputada. O membro – gigante em função de uma doença rara – estava infeccionado, e poderia provocar a morte da mulher. A surpresa, no entanto, é que 22 meses após a cirurgia a perna começou a crescer novamente.

Conforme o “Mirror“, Mandy, do Reino Unido, tem uma enfermidade que faz com que o corpo seja de tamanho normal, enquanto os membros inferiores – pernas e pés – crescem de forma descomunal. A doença, suspeita-se, é a mesma que afetava o famoso Joseph “Homem Elefante” Merrick, no século 19.

A perna esquerda da mulher pesava mais de 30 quilos quando precisou ser cortada. Desde que recomeçou a crescer, já chegou a quase vinte quilos, e um metro de circunferência. Inicialmente, o cotoco dificultava o encaixe da perna protética; agora, o peso é tanto que até quebrou a prótese.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao

Comentários

comentários

Comentários (16)

  • DANIELA diz: 8 de novembro de 2011

    coitada dela…..

  • jana diz: 8 de novembro de 2011

    eu acompanhei a reportagem sobre essa mulher na discovery.. quando ela passou, essa mulher ainda não tinha optado por amputar a perna, porque preferia caminhar do que depender da cadeira de rodas.. mas é muito triste a vida de uma pessoa assim.. sorte e saúde pra ela..

  • bruna diz: 8 de novembro de 2011

    nossa… agente vê cada doença estranha que dá até medo!

  • matheus diz: 8 de novembro de 2011

    Se a gente acha que tem dificuldades, basta olhar pra ela, e ver que nessa situação, ela ainda tem um sorriso no rosto, e luta de cabeça erguida

  • Valasco diz: 8 de novembro de 2011

    Nossa, coitada desta mulher! Que Deus abençoe ela lhe trazendo paz.

  • Ricardo diz: 8 de novembro de 2011

    E tem muita gente que reclama da vida!!!

  • Rudi diz: 8 de novembro de 2011

    E tem gente que ainda reclama de ser gremista. Triste mesmo é o caso dessa mulher. #Força

  • Eduado menezes diz: 8 de novembro de 2011

    Na chamada está, MORRA DE RIR COM CASOS BIZARRO, não achei graça alguma e são casos dignos de pena, lamentavel que o idiota ponha esta chamada, como ainda arruma emprego? não sei, mas deve haver uma demanda enorme nesta área.

    Resposta: Eduardo, não sei onde tu viu essa chamada, mas no post não tem nenhuma referência a isso, nem na capa do clicRBS. Concordo contigo, esse caso é “apenas” curioso, mas não é engraçado. Abraço!

  • Jonelson diz: 8 de novembro de 2011

    E tem quem reclama por ter o nome RUDI. E ainda por cima ser um colorado.
    Que barbaridade

  • Jonelson Ricardo diz: 8 de novembro de 2011

    E tem gente que ainda reclama de ser colorado. Triste mesmo é o caso dessa mulher. #Força

  • Paulo Coelho diz: 8 de novembro de 2011

    Deve ter um chulé DESCOMUNAL também!

  • Júlio diz: 8 de novembro de 2011

    Pior que a doença mesmo é o desrespeito de uma empresa como a RBS permitir que um um jornalista ou similar, sob a prisma da liberdade de imprensa, refira-se a tal como “mundo doidão” e tenha um link para conferir piadas e humor em geral. De péssimo gosto. Lamentável, pobre jornalista.

    Resposta: Júlio, por favor, leia o perfil do blog. O post foi publicado sob o prisma de curiosidade, que inegavelmente está relacionado com essa síndrome. Não foi feita nenhuma piada e está, inclusive, marcado na categoria “não tem graça”. A chamada é para piadas e humor é padrão e remete a outro blog, clique e confira. Abraço.

  • raquel diz: 8 de novembro de 2011

    E a gente reclama de coisas tao pequenas…

  • Perna amputada que cresce, mulher de uma tonelada e aparição de Jesus. O top 3 do Mundoidão em 2011 | Mundoidão diz: 29 de dezembro de 2011

    [...] >>>Clique aqui para ler o post [...]

  • priscila moreira diz: 29 de dezembro de 2011

    nooossa. essas coisas que acontece no ser humana de cescer algum membro do corpo a maioria da no exterior nos EUA, Canada, Inglaterra e justamente nesses paises que tem muitos recursos. Deve ser muito cruel pra uma pessoa viver asssim, mta sorte a ela!

  • fernanda diz: 12 de janeiro de 2012

    nossa! pelo amor de deus! imagina o sofrimento, se bem que agora deve estar acostumada já, não sei. mas imaginem como deve ser para dormir, entrar num carro, ir a lugares públicos que não comportam a deficiência dela e até mesmo ir ao banheiro. espero realmente que ela seja feliz e viva por mais muitos anos.

Envie seu Comentário