Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mulher que quer ser desenho animado faz 100 aplicações de silicone e deixa lábios enormes

23 de novembro de 2011 48

Kristina Rei, de 22 anos, era insatisfeita com seus lábios. Achava-os finos e sem graça. A solução foi usar aplicação de silicone para aumentá-los. Mas, como podemos notar pela imagem acima, parece que ela exagerou um pouquinho (na foto da esquerda, ela tinha 15 anos e ainda não havia modificado a boca. Compare e conclua).

A garota, de São Petersburgo, na Rússia, gastou mais de R$ 11 mil em 100 injeções de silicone, aplicadas desde que ela tinha 17 anos. E ainda quer mais. Além inchar mais os beiços lábios, ela quer fazer plástica no nariz, nos seios e deixar as orelhas pontudas como as de um elfo (leia sobre essa cirurgia aqui).

Conforme o “The Sun“, a ambição da moça é ficar parecida com um desenho animado. A inspiração para os lábios carnudos veio da personagem Jessica Rabbit (veja as duas lado a lado na imagem abaixo) - a gostosona do filme “Uma Cilada para Roger Rabbit“.

Eu não quero me meter nas escolhas da guria. Só acho que gastou dinheiro à toa. Se era para ficar com esse bocão, bastava ter beijado um ninho de marimbondo.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao

Comentários

comentários

Comentários (48)

  • Matheus Dias da Silva diz: 23 de novembro de 2011

    Que bosta!!!!
    Deve servir para alguma coisa…………….
    maluka,fora da casa, debil,bã,dã,cã!!!!!

  • Lucas Benetti diz: 23 de novembro de 2011

    QUE DELICIA! É ASSIM QUE EU GOSTO DA MINHA MULHER. BAITA GOSTOSA, IMAGINA BEIJAR ESSE BOCAO?

  • EDU diz: 23 de novembro de 2011

    Imagino essa boca dela fazendo um…
    bom,deixa pra lá!

    Abraço,André!

  • Cacá,o labiado! diz: 23 de novembro de 2011

    Totalmente sem noção,realmente as pessoas estão ficando loucas ou sei lá o quê.
    Será que ela têm cérebro?

  • Chicão diz: 23 de novembro de 2011

    Deveria ter uma lei que proibisse de a pessoa alterar as suas feições, salvo em circunstâncias acidentais ou patológicas, claro.
    Esta moça que ficar diferente para atender um capricho seu, algo que, ao meu ver, não deveria ser permitido.
    Mas cabe uma pergunta:
    Quem decide fazer esta cirurgia estaria de fato em plena posse de suas faculdades mentais ou deveria se submeter a um exame criterioso dessas condições?

  • DECARACOMV6 diz: 23 de novembro de 2011

    essa mulher precisa de um tratamento psiquiátrico, era bem lindinha e fez isso com os beiços…que barbaridade….

  • patricia diz: 23 de novembro de 2011

    sem comentarios para os pensamentos da moça
    sonhar nao custa nada mais agredir o proprio corpo
    ja e demais para tentar realizar um sonho

  • Mateus Schmidt diz: 23 de novembro de 2011

    Acho que a cirurgia do nariz sim é necessária!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Mateus Schmidt diz: 23 de novembro de 2011

    Acho que a cirurgia do nariz sim é necessária!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • beta diz: 23 de novembro de 2011

    Pessoa sem noção uma menina bonita dessa se estregar, não tem pai nem mãe não ?

  • crtfurtado diz: 23 de novembro de 2011

    Muito cuidado… Se beijar alguém de aparelho, pode furar e murchar. Tem cada um………………

  • Gabrielle Pedone diz: 23 de novembro de 2011

    Totalmente fora da casinha . rsrs

  • Gustavo diz: 23 de novembro de 2011

    Bah! a guria era tri bonitinha agora ficou com essa boca de desintupidor de pia….mas cada um com a sua maluquice.
    1 abs
    flws!

  • Thiago diz: 23 de novembro de 2011

    era mais bonita antes, agora ficou um bagulho

  • Meteus diz: 23 de novembro de 2011

    Estes beiços servem prum belo e delicioso bok et.

  • Karine diz: 23 de novembro de 2011

    Que MERDA essa guria fez na boca! Tomara que dê para reverter.

  • giovanna diz: 23 de novembro de 2011

    Nada a ver o comentário que diz que não deveria ser permitido fazer isso, cada um faz o que quer com o corpo, parem de julgar, isso incomoda voces? depois de lerem esse post continuam suas vidas e ela feliz com a boca que conquistou por sua vontade. Acho que no mundo já tem muitas leis que tiram nossa liberdade, se não nos ferir de maneira que possamos morrer vamos lá e fazemos. E quanto a reverter? porque se ela não quer Karine? Se voce faz tanta questão apenas mantenha sua boca pequena, acho que algumas bocas deveriam ser diminuidas.

  • roberto diz: 23 de novembro de 2011

    EU VÔ !!!

  • kaue diz: 23 de novembro de 2011

    topo sim pq não!

  • Chicão diz: 23 de novembro de 2011

    A Giovanna criticou quem escreveu que não poderia a pessoa fazer alterações em seu corpo, alegando “que cada um faz o que quer com seu corpo”.
    Ledo engano.
    Existem implicações de toda a ordem na vida de um sujeito quando ele quer se submeter a uma cirurgia apenas por vaidade.
    Desde os aspectos legais (identificação) até a psiquê do indivíduo alterada também pelas mudanças que resolveu fazer em si mesmo.
    Absolutamente indiscutíveis as operações corretivas (acidentes, fogo, líquido quente que pegou no rosto e no corpo, septo nasal, defeitos de nascença…), mas as cirurgias como desta moça são desnecessárias.
    E esta tal propalada liberdade que gostam de falar da boca para fora significa que, a verdadeira liberdade não é fazer o que se quer, mas o que se deve!
    Temos obrigações sociais, pois vivemos em civilização, precisamos uns dos outros.
    Se eu fosse político – certamente em outra dimensão, haja vista que a nossa política está pior que esta moça, ou seja, com sérias perturbações -, eu encaminharia um projeto para proibir essas mudanças que, antes de mais nada, impediriam que pessoas perturbadas fizessem do seu corpo um canteiro de obras!

  • Gerson diz: 23 de novembro de 2011

    caramba, ficou meio demais, mas sei la oque da pra fazer com essa bocona, achei exagero mas se pego na noite acho que ia curtir um lance tão diferente, se não soubesse que era enxerto , VAP, ia pra banha

  • giovanna diz: 23 de novembro de 2011

    Vo te dizer Chicão, nascesse mesmo pra política. Desnecessário também é colocar brinco na orelha, usar sapato, comer fast food, mas eu posso, não posso? Tu pensas lindamente bem, mas parece não perceber o tamanho do Globo…desde quando todos precisam necessariamente querer ter uma boca pequena? Bom…essa sua ideia, que me parece egoísta e autoritária pode parecer boa para voce, mas olha pra cima, a boca dela já está assim, os peitos da Boing Boing já estão assim (e com isso muitos homens babam), a Valeska está assim…
    Se ela quer ou não quer esta boca tanto faz para mim, se eu quero ou não quero ser loira tanto faz pra voce, e se voce achar um absurdo beleza, pode ter alguma coisa em voce que outro alguem também possa achar um absurdo, nem que seja seu ponto de vista para algo.

  • isolete diz: 23 de novembro de 2011

    totalmente fora da casinha

  • RaidenRS diz: 23 de novembro de 2011

    O corpo é dela, ela tem o direito de muda-lo como bem imagina.
    E ainda tem que se ler asneiras de pessoas falando que deveria ser proibido alterar suas feições.
    Se ela se sente feliz desse modo que faça então.
    Eta povinho hipocrita que comenta certas asneiras

  • isolete diz: 23 de novembro de 2011

    totalmente fora da casinha

  • Rô diz: 23 de novembro de 2011

    Meu Deus!!! Essa mulher vai à falência com o tanto que deve gastar em batom!!!

  • Rô diz: 23 de novembro de 2011

    Meu Deus!!! Essa mulher vai à falência com o tanto que deve gastar em batom!!! Vai, pelo menos, um por vez nesse beição. Vai faltar dindim para as injeções…

  • Sarcástica diz: 23 de novembro de 2011

    O vaso aki de casa entupiu, será que essa loca não daria uma mãozinha, digo, uma boquinha aki??? Hahahahahah

  • Ronaldo Daniel Bastos diz: 23 de novembro de 2011

    Ahãm, intaum tá né!

  • Fernando diz: 23 de novembro de 2011

    Apoiado, Chicão!

  • Marlo Fagundes diz: 23 de novembro de 2011

    Bha! Olhem antes aqueles olhinhos de menina, agora perderam o brilho. Podesser q nunca se arrependa, mas vá lá seja feliz.

  • marco gonçalves diz: 23 de novembro de 2011

    Duvido ela assoviar o hino do grêmio!!!

  • louca total diz: 23 de novembro de 2011

    olhem o perfil dela no facebook, a guria tá completamente louca https://www.facebook.com/profile.php?id=100002796344545&sk=photos

  • SALDANHA diz: 23 de novembro de 2011

    É… Ela já era tri gata… Mas com esse bocão eu também adoraria que ele me fizesse um BOKE tchê… Hehehehe

  • Luiz H. S. Valente diz: 24 de novembro de 2011

    Giovanna, me explica melhor esta estória de “cada um faz o que quer com o corpo”! Se eu quiser cheirar coca com o meu nariz, que faz parte do meu corpo, a polícia não deixa! Então não é bem assim “cada um faz o que quer com o corpo”! acho que o Chicão está certo: a sociedade tem que estabelecer certos limites para controlar as pessoas que não têm condições psicológicas de discernir sobre a diferença entre o permissível e o bizarro, como esta moça! Não digo proibir tudo, mas evitar que as pessoas se prejudiquem ou auto-mutilem em nome de um capricho! Uma cirurgia estética, que vá melhorar a aparência da pessoa e aumentar sua auto-estima está dentro do permissível, mas o que esta moça fez foi bizarro! Ela era bonita e se transformou naquele troço! Se isto vira moda, daqui a pouco estaremos convivendo com vários monstros deformados, pois a concorrência não tem limites, cada um vai querer ficar mais exdrúxulo que os outros! Depois disto vem a fase do arrependimento, e aí vão querer reverter estes processos! Temos exemplo disto com as tatuagens que, graças a Deus, não são tão graves, pois hoje podem ser retiradas com laser, mas reverter processo cirúrgicos radicais é muito mais difícil! A solução então, é evitar que esta moda se dissemine! Tem que haver um controle sobre isto, sim!

  • Pastor Balbo Kéty diz: 24 de novembro de 2011

    O Nosso Senhor “Jesuis” disse (nota do revisor:pastores sempre pronunciam as palavras erradas): não “faráis” da tua morada o ninho do pecado e não o “transformaráis” em carne. Essa moça tem o nosso perdão, desde que compareça com algum aqui pra caixinha da igreja. Condenamos os infiéis que se manifestaram nesta coluna aludindo a sexo oral feito pela moça. Sugerimos que, para substituir a tentação do Demônio, façam sexo com meio quilo de alcatra. O efeito é o mesmo. Aleuluia!

  • kia diz: 24 de novembro de 2011

    concordo plenamente com chicão.. esse tipo de cirurgia deveria ser proibida por lei… eu só contra qualquer tipo de cirurgia plastica, só admito em caso de acidentes e patologias. sinônimo de futilidade máxima para mim como disse o chicão pode ser um sintoma de perturbações mentais … ninguém com mente sadia poderia fazer uma coisa dessa ao seu próprio corpo se não começo que os valores são invertidos.. eu duvido que a guria meio louca da foto esteja satisfeita … ah que futilidade!!

  • Gisele Bassani diz: 24 de novembro de 2011

    A meu ver, realmente nada contra. Só acho que faltou planejamento, na verdade ficou mal desenhada e não parecida com a boca que ela queria. Talvez os marimbondos tivessem feito um trabalho melhor. rsrsrsrs

  • Dinha diz: 24 de novembro de 2011

    Acho que CADA UM FAZ O QUE QUER, mas que ela ta fazendo papel de ridícula sendo que nem parecida com a mpça ela tá! ¬¬

  • Chicão diz: 24 de novembro de 2011

    Giovanna, não nasci para a política mesmo, caso contrário, eu concordaria com todas as opiniões evitando a minha própria, o que não estou fazendo.
    Fizeste comparações indevidas no teu último comentário sobre as várias cirurgias que a moça já fez. Muito diferente do que disseste a respeito de usar sapato, alimentar-se de xis ou colocar silicone nas mamas, haja vista que as mulheres não andam com elas à mostra, mas protegidos por uma roupa, mesmo que sem o tal sutiã.
    No caso, ela está alterando a sua identidade, modificando o seu rosto e até as orelhas!
    Se tu observares bem, ela já não é mais reconhecida como era, portanto, mudou o seu semblante.
    Isto eu sou contra, reafirmando a minha posição de haver uma lei que coibisse este exagero.
    Mas não vamos longe: nossos índios aumentam seus beiços colocando aquele anteparo embaixo ou furando as orelhas de modo que elas fiquem caídas e compridas.
    No entanto, são usos e costumes, tradições que são herdadas pela tribo.
    Ora, se vivemos em sociedade e considerada civilizada, precisamos obedecer certos limites, razão pela qual temos um Código Civil e Penal, que regem o nosso comportamento em relação às demais pessoas.
    Até mesmo um casal se relacionando mais afoitamente em público será impedido por policiais de continuar em seus arroubos, justamente por estarem ofendendo outras pessoas, que poderão entender como atentado ao pudor.
    Por que não limitar igualmente este tipo de decisão denecessária?
    Quantos milhares de pacientes morrem neste país e em outros também por falta de uma cirurgia que resolvesse seus problemas de saúde, enquanto que insensatos se divertem querendo ser parecidos com personagens de histórias em quadrinhos!
    Por favor!
    Mas respeito o teu pensamento, Giovanna.
    Não concordo com ele, só isso.
    E te admiro pelas tuas colocações, feitas sem receio de crítica, pois sinceras.
    As minhas também têm esta característica, e é assim que crescemos como indivíduos e na sociedade, com as diferenças de pensamentos, idéias e conceitos.
    Porém, somos obrigados a andar dentro de parãmetros que sejam para todos indistintamente ou, então, que mudemos os regimes atuais para a anarquia, em tese, o modelo exemplar de se viver, entretanto, o que mais nos exigiria em termos de responsabilidades paradoxalmente.
    Na razão direta do que afirmaste, Giovanna, que se pode fazer o que quiser com o corpo, eu poderia andar nú ou usar tatuagens ofensivas, com figuras pornográficas ou dizeres de baixo calão e, até mesmo, enaltecendo a genitália com adornos e enfeites que eu quisesse!
    Vamos e venhamos, Giovanna, seria um escãndalo andar à rua assim e eu seria preso.
    Então por que não coibir este tipo de comportamento?
    Um respeitoso abraço, Giovanna.
    Foi um prazer e uma honra debater contigo este assunto que, ao meu ver, é pontual e pertinente.

  • Gisele Bassani diz: 24 de novembro de 2011

    O Código Civil e a Constituição Federal permitem esse tipo de atitude, Chicão. Provavelmente lá no país dessa moça seja da mesma forma. Portanto, sim, é permitido mudar o semblante, a satisfação pessoal do indivíduo é assegurada na maior parte do mundo. Provavemente ela só estará sujeita a ter que atualizar os documentos de identidade, pois estes é que devem corresponder à pessoa e não o contrário. Já o nosso Código Penal considera como ilícita a automutilação resultante da tentativa de suicídio, que também não é o caso da menina em questão. O Código Penal de lá é que deve ser consultado a esse respeito. Ela não está ofendendo ninguém com o que fez. Não dá para querer compararar isso com a exibição de genitálias ou sexo em público… que inclusive, em alguns lugares é permitido, pois tudo isso depende da moral média de cada população.
    Quanto a quem morre por falta de cirurgias, não pode querer culpar quem tem dinheiro para “brincar” consigo mesmo. Também aprovo sua indignação com quem gasta dinheiro com bobagens, mas novamente, cada um faz o que quer com o fruto do seu trabalho/herança/legado/presente ou seja de onde for proveniente o dinheiro.

  • Chicão diz: 24 de novembro de 2011

    Eu gosto muito quando um assunto se encaminha para este nível de elegância e educação, e também quando os motivos pessoais são registrados e ampliados pelos interessados na questão.
    Obrigado pela tua participação e ter endereçado a mim as tuas palavras, Gisele Bassani.
    E, justamente, por não termos nenhuma forma de coibir essas atitudes, que eu havia dito que deveria haver uma lei que impedisse este tipo de cirurgia. Mas é a minha opinião, que aceito pontos de vistas contrários, lógico.
    Enalteço o teu comentário, Gisele, pois percebo ter vindo de uma pessoa com conhecimento de causa, que sabe o que está escrevendo, além de se referir ao interlocutor com respeito.
    Da mesma forma que eu havia mencionado à Giovanna, repito que não encontro outro meio de crescermos como pessoas que não seja através de discussões úteis, que esclareçam posições, porém, antes de tudo, que aceitemos pensamentos diferentes e os respeitemos.
    Olha, Gisele, tu não somente demonstraste o teu conhecimento, mas me deixaste lisonjeado com a tua participação adequada, correta e procedente.
    Também um respeitoso abraço.
    Espero te encontrar neste espaço democrático e tão importante, que o André nos põe à disposição, mais vezes. Eu ficaria muito contente e tentaria mantê-lo tão elevado quanto ao nível que tu o colocas, assim como fez a Giovanna também.
    Felicidades.

  • giovanna diz: 25 de novembro de 2011

    Sim Chicão, tens todas razão, aliás se me visse na rua veria como eu sou simples, e até mesmo não adepta a este tipo de (mutilação), tenho apenas uma tatuagem e 2 piercings, mas o que quero dizer que o mundo está cheio de pessoas diferentes, há um cantor, já falecido, por exemplo, que fez justamente o que voce disse no comentário acima, tinha tatuagens das mais ofensivas que voce possa imaginar, possuia uma forte tendencia a auto destruição e assim levou sua vida. O quero dizer é que se fomos falar do ser humano do ponto de vista da psique humana, sabemos que cada um pende para um lado, para o cérebro busca necessidade. Gosto de ver as coisas dos dois lados, sociedade, evolução e ser humano que evoluiu de seus primórdios, que hoje ainda possui fortes ligações com sua origem. Enfim, qualquer coisa que proiba me parece política, se voce reparar bem…Mas mesmo assim, concordo que ninguem precise concordar comigo, mesmo eu sendo nova e sem muita experiencia de vida me intrometo a falar que acho, veja bem, acho que quando mais velho o ser humano veja que não necessita se meter na vida do próximo, mudando sua aparencia para que exista uma mudança de genio, eu penso assim, eu sou livre de preconceitos porque gosto dos seres humanos, cada um com sua história diferente, gosto diferente, nesse aspecto sou diferente mesmo das pessoas, talvez um dia mude, me permito mudar de opinião, só estou aprendendo a me acostumar com a opinião dos outros, mesmo que às vezes eu seja obrigada a acatá-las, assim como na política.

  • Gisele Bassani diz: 25 de novembro de 2011

    O prazer foi todo meu, Chicão. Tenha um lindo final de semana.

  • Chicão diz: 25 de novembro de 2011

    Queridas Gisele e Giovanna, toda a felicidade deste e do outro mundo para vocês e famílias.
    Confesso que me tornei um admirador pela educação, elegância e respeito que devotam às pessoas.
    Um respeitoso abraço para ambas.

  • Carlos Egidio Da Rocha diz: 1 de dezembro de 2011

    Olha a gente vai morrer e não vai ver tudo. Mas tem louco para tudo nesse mundo essa moça não deve estar bem da cabeça, pois bonita com aquele rosto que Deus lhe deu e foi fazer aquela loucura que Deus a perdoe peloque fez.

  • Anderson Araujo diz: 23 de dezembro de 2011

    Meu vc era linda,mais Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua espero q não se arrependa , e se arrepender tô nem ai…

  • Fernandes diz: 17 de fevereiro de 2012

    Tudo bem a pessoa ter uma imperfeição e querer consertar na cirugia. Isto traz autoconfia e felicidade próprio. Mas no caso desta aí. Quer parecer com um desenho animado… Puxa! Essa tem desvio mental.

Envie seu Comentário