Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Modelo seminua protesta contra consumo de carne com cortes de açougueiro pintados no corpo

27 de janeiro de 2012 35
The following two tabs change content below.

A modelo Sophie Barrett promoveu um protesto em Londres, na Inglaterra, para marcar a Semana Mundial pela Abolição da Carne. Seminua, a garota apareceu em público com cortes de açougueiro pintados em seu corpo.

Conforme o “Telegraph“, a polícia interferiu para acabar com a exposição da moça. Além das linhas na pele, a garota também exibiu um cartaz com os dizeres “todo animal tem as mesmas partes“.

Mas em alguns “bichos” as partes ficam bem mais atraentes.

>>Confira piadas e humor em geral no blog Não clique aqui<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: receba as atualizações do blog. Sigam-nos os bons!
@crespani
@mundoidao

Comentários

comentários

Comentários (35)

  • Chicão diz: 27 de janeiro de 2012

    Caro André, tudo bem?
    Já estás à disposição dos blogs ou continuas prestando outros serviços?
    Bom, sobre o assunto em tela, eu tenho uma preocupação:
    De tanto o pessoal ficar pelado protestando contra o consumo de carne, possivelmente voltaremos ao canibalismo!
    Ora, carne de gado nem pensar; suínos jamais; frangos fora de questão; outras espécies em extinção é proibido matar, quanto mais comer!
    Desta forma, a opção será pegar um dos protestantes e botá-lo no espeto ou grelha ou no forno ou panela.
    Claro, com aquela indefectível maçã na boca!
    Brincadeiras à parte, a verdade é que esses protestos não são mais originais.
    Acredito que estão servindo apenas para o protestante alcançar aqueles célebres minutos de fama e nada mais.
    Movimento interessante no sentido de se proteger os animais, foi feito em nossa cidade na semana passada, no Parque Farroupilha, na forma de passeata, que eu postei um comentário na ZH elogiando a iniciativa.
    Eu não interromperia o meu caminho para aplaudir essa moça.

    Resposta: Oi Chicão. Estou ainda envolvido em outros projetos, mas não tanto quanto há uns dias. Assim, consigo postar um pouco mais. Eu publico esses protestos contra carne porque sei que tu, e outros leitores, adoram comentar ; )

  • Chicão diz: 27 de janeiro de 2012

    Ora, meu caro amigo André, muito obrigado pela deferência!
    De fato, gosto de opinar a respeito, pois se trata de um assunto relativamente polêmico, que enseja bons debates.
    Mas os temas que tu escolhes são sempre bem-vindos e, se alguns não comento, motivos de força maior me impedem.
    Mas, teus espaços são da minha predileção, sabes disso.
    Um forte abraço.

  • André diz: 27 de janeiro de 2012

    Se a intenção é inibir o consumo de carne, para mim pelo menos teve o efeito contrário, estou com água na boca.

  • Ronaldo Costa diz: 28 de janeiro de 2012

    Reconheco a irrefutável posição dos defensores dos direitos dos animais, mas considerando que uma das razões que me levaram a fixar residência no RS, foi o fato de ser louco por carne e reconhecer que nesta terra sabe-se com mestria prepara-la para consumo, seria uma grande hipocrisia dizer que apoio tais defensores. Vou continuar um cara todo errado deliciando-me com churrasco e arcando com as consequências de meu erro, a saber, problemas de coração e de consciência.

  • Felipe diz: 28 de janeiro de 2012

    Concordo com o Chicao. Ali só to vendo uma bela modelo, nem sei pelo que ela protesta :)

  • Andre Luz diz: 28 de janeiro de 2012

    Perfeito o comentario do André. Concordo plenamente.
    Tambem participei da passeata do movimento Crueldade Nunca Mais, aqui em Balneário Camboriu, e foi muito legal, pacifico e com participacao ativa mesmo de quem nao estava na passeata, onde aplaudiam, buzinavam ou as vezes até se engajavam por alguns segundos.

  • Chicão diz: 28 de janeiro de 2012

    Ronaldo Costa, exatamente o que eu penso, aliás, assim me referi anteriormente em assunto parecido com este que o André havia postado.
    O gado é criado justamente para se ter o fornecimento de carne, um alimento importantíssimo para o ser humano.
    Claro, discordo daquelas pessoas que matam os animais que não nos alimentamos deles para exibirim como troféus de caça, leões, onças, tigres, leopardos, elefantes, rinocerontes…
    Mas as carnes de gado, suínos, frangos, estão à disposição nossa para nos alimentar.
    Nada contra quem é vegetariano, porém, na razão direta desse respeito, que também esse pessoal entenda nossos gostos e preferências.

  • Noel diz: 28 de janeiro de 2012

    Mais que rico dum lombo em ?

  • bruna diz: 28 de janeiro de 2012

    sem comentarios,o gado o porco sao mamiferos como nos e como os cachorros,ai os mesmos que comem carne de gado e de porco defendem ferozmente os cachorros,gatos,assim como o cachorro é sagrado pra nos animald e estimaçao na india a a vaca,gado é sagrado tambem,e na china comem cachorros.as pessoas estao muito hipocritas,o ser humano pode sim viver sem nenhum tipo de alimento de origem animal

  • Thales diz: 28 de janeiro de 2012

    Os seres humanos possuem dentes caninos, característicos de carnívoros, portanto comer carne é da natureza humana, e é uma alimentação naturalista, ou os animais não fazem parte da natureza?

  • Marcelo diz: 28 de janeiro de 2012

    Tirando o comentário da Bruna só li porcaria aqui, soou-me como se fossem comentários da mesma pessoa todos os outros, comentários egoistas e de mentes que desde que nasceram não entenderam nada a respeito do que foi imposto a nossas mentes, a sociedade sempre impos a todos os novos cidadãoes que vacas, porcos frangos etc.eram para ser comidos e cães, gatos, golfinhos etc. eram para ser amados, eu como carne também, eu faço parte desse grupo de hipocrisia, mas eu tenho essa conciencia, e um dia eu vou conseguir me livrar disso. Esses dias eu vi um porco doméstico de uma pessoa, ele age como se fosse um cahorro, você pensa que é um cachorro, então pq ele não pode ser amado e respeitado da mesma forma que um cão? E também se as pessoas comem os “bichos” que eles sejam muito bem tratados até a sua morte, que sejam respeitados, que quem torture animais seja presso, punido pelo crime que cometeu, pois a dor é comum a todos e ninguém merece sofrer em vão.

  • paulo diz: 28 de janeiro de 2012

    Gosto muito de carne! ainda mais deste tipo, principalmente a parte assinalada RUMP

  • bruna diz: 28 de janeiro de 2012

    muito bom marcelo!so tendo a consciencia ja é um inicio,fui estudante de historia e pra quem nao sabe os primeiros seres humanos eram vegetarianos so se aliemntavam de coisas da terra,o ser humano tem canino sim mas é um ser racional entao pode escolher nao comer nenhum tipod e carne diferente de animais irracinais

  • carlos diz: 28 de janeiro de 2012

    Sei lá, de repente me deu uma fome…tmb c/um cardápio desses …

  • Chicão diz: 28 de janeiro de 2012

    A salada de frutas está posta na mesa.
    Começou o show de hipocrisia para lá hipocrisia para cá, uma flagrante demonstração de falta de criatividade mental, certamente causada pela falta de carne como alimento!
    Não há um debate lógico, mas acusações, quando não autorreconhecimento.
    Assim fica difícil.
    A Bruna e o Marcelo se uniram e baixaram o nível. Ambos estão com o dedo em riste apontando nossos defeitos, como se eles não os tivessem.
    Em todo o caso, é preciso dizer a esta gente que nós não estaríamos aqui se nossos antepassados não comessem carne!
    Não havia outra forma de sobreviver.
    Inexistia a agricultura, horta, pomares, plantações, o homem comia carne e peixes.
    A caça era diária.
    Gado e porco são mamíferos, sim, mas são produzidos em escala industrial para alimentar a maioria dos povos deste mundo. Igualmente o frango, que aplaca a fome de milhões de pessoas.
    Quantos aos animais DOMÉSTICOS, gato, cachorro, e outros bichos de estimação, a diferença é o convívio conosco, o sentimento que nos despertam por vivermos juntos, além das demonstrações de afetividade que deles recebemos.
    Cruel matar animais?
    Sim, concordo.
    Mas, passar fome é muito pior.
    Em termos de proteínas nada substitui a carne neste teor.
    E não sou hipócrita, como me acusa o Marcelo, que continua a comê-la e se considerando como tal.
    Nesse caso, o Marcelo além de se reconhecer hipócrita é também cínico, pois continua fazendo aquilo que julga errado.
    Uma pena que essas discussões não levam a nada, haja vista serem opiniões inconsequentes, desvirtuadas da realidade, fora de propósito.
    A respeito de, “ninguém merece sofrer em vão”, uma frase demogoga do Marcelo, o sofrimento não é restrito aos animais.
    O ser humano sofre em demasia também!
    Na África, milhares de pessoas morrem de FOME anualmente. Duvido que se pudessem comer carne não o fariam, pois vegetais não existem em quantidade suficiente para alimentá-los e não são plantados nos países mais pobres daquele continente.
    No entanto, duvido que aquela gente se alimentando sem o conteúdo nutritivo da carne consiga reagir frente à desnutrição.
    No que diz respeito ao aspecto filosófico da questão, o sofrimento dos animais, afirmo que não há quem não sofra neste mundo!
    Seres humanos, animais irracionais, vegetais, até a natureza padece neste planeta!
    As intempéries (chuvas, secas, inundações), desastres naturais como terremotos, tsunamis, vulcões que explodem, avalanches de neve, rios que transbordam, barrancos que cedem, são agentes de morte IGUALMENTE!
    Portanto, acho uma infantilidade, um besteirol que se diz quando somos acusados de hipócritas e se deixa de analisar a vida de forma mais ampla, suas consequências, nossos destinos e importâncias.
    Justamente o que falta para alguns: a devida seriedade no trato de assuntos que devem ser debatidos com mais parcimônia e cuidados; que devem ser interpretados sem maiores devaneios e folclore.

  • Giovani diz: 28 de janeiro de 2012

    Quero come o “RUMP” dela!!!!!!!!!

  • Giovani diz: 28 de janeiro de 2012

    Quero come o “RUMP” dela!!!!!!!!!

  • Luiz H. S. Valente diz: 29 de janeiro de 2012

    As únicas porcarias que eu vi aqui foram os comentários da Bruna e do Marcelo! Bruna, minha filha, o gado e o porco são mamíferos como nós, então eles devem ser amados e não comidos, é isto que tu disseste, né? Então tá, pessoal! Tá liberado! Festa lá em casa! Churrascada de frango, pato, perú e outros galináceos que não são mamíferos e não percisam ser amados, e de entrada, frutos do mar, peixe, lula, polvo, ostras, casquinha de siri, que também não são mamíferos e a Bruna liberou! Bruna é muita inconsequência sair chamando as pessoas de hipócritas sem um mínimo conhecimento de causa! O fato da vaca ser sagrada na China e comerem cachorros na China e na Coréia é uma questão cultural! Na cadeia alimentar os animais não são classificados em mamíferos, ovíparos ou ovovíparos, e sim em produtores, consumidores e decompositores. O homem e os animais são classificados como consumidores (carnívoros e herbívoros)! Mas tudo isto é muito complicado, vamos resumir: carnívoros não comem carnívoros, comem só herbívoros, e herbívoros comem vegetais! E não há nenhuma hipocrisia nisto, só ciência! Quano à tua afirmação de que o ser humano pode viver sem nenhum tipo de alimento de origem animal, que tipo de vegetariana tu és? Os próprios veganos, que são os vegetarianos mais radicais, reconhecem que o ser humano precisa da vitamina B12(ou cabalamina) que se encontra apenas na carne em quantidade suficiente para atender às necessidades do ser humano, por isto ingerem ou administram B12 artificialmente! A necessidade diária é de 2,4 microgramas (µg) para adultos, 1,2 µg para crianças de até oito anos e 2,8 µg para gestantes e mães que amamentam e só a carne pode fornecer estas quantias naturalmente, qualquer outra forma de ingestão é artificial (cápsulas, injeções, alimentos enriquecidos com B12, etc.)! A B12 atua diretamente na produção de hemácias (sangue e no sistema nervoso) e sua deficiência causa anemia perniciosa e problemas neurológicosm fraqueza, constipação, perda de apetite, torpor, confusão mental e até coma! Portanto, querida Bruna, antes de chamar alguém de hipócrita, te informa antes sobre o assunto ou pela menos sabe do que tu estás falando! Marcelo, agora, nós, tens todo o direito de optar por comer, ou não, carne, mas nunca o de julgar os que pensam diferente de ti e muito menos dizer que isto é hipocrisia! Tens que usar esta tua energia e consciência para lutar pelos direitos dos animais. Aí sim, vou te respeitar! Se um animal está destinado ao abate, então ele tem direito a um abrigo seguro, higiênico e confortável, alimentação adequada e um abate indolor! É por isto que deves lutar, pois é impossível que o mundo deixe de comer carne, pois não haveria como alimentar toda a população da terra somente com vegetais!

  • Luiz H. S. Valente diz: 29 de janeiro de 2012

    Corrigindo: o nome correto da vitamina B12 é COBALAMINA e não cabalamina, como eu havia escrito, em comentário anterior, por erro de digitação!

  • bruna diz: 30 de janeiro de 2012

    Chicão,cachorro é um animal domestico para nós,e luiz,daonde tiraste essa informaçao de que os vegetais nao seriam suficientes para alientar toda populaçao?bom mas cada um pensa como quiser!ja vi que nao vamos chegar a lugar nenhum!beijoss

  • Vince diz: 30 de janeiro de 2012

    Olá Olá… vi que mais uma discussão se aproxima, ou já se iniciou, não entendi bem… mas só pra colocar um ponto que muitos esquecem, independente de eu consumir carne ou não…

    Se me permitem, iremos pegar a vaca como exemplo… vocês todos sabem o que é Regurgitação não sabem? Ok, perfeito, merecem um biscoito Scooby.

    Então vocês sabem que na ÍNDIA não se come carne de vaca por ser sagrada, certo? Ok, mais uma estrelinha dourada pra vocês.

    Agora, deixa eu falar uma coisa que é comprovada. Vacas são responsáveis por 80% do dano á camada de Ôzônio devido à regurgitação que fazem ao comer… wquem já viu uma vaca comendo sabe do que estou falando. sai um “gás” de sua boca toda vez que ela mastiga… pois é… esse gás é gás metano, um dos poulentes para nossa camada de Ozônio mais forte que se conhece… então, a índia não comendo carne de vaca, a China também indo junto nesse carreto…

    Consequêntemente, vacas em demasia são prejudiciais à natureza e à vida humana E animal na terra…

    E é por isso que me orgulho de ser carnívoro, além de apreciar uma bela carne, estou ajudando a salvar o planeta do aquecimento global ;)

  • Chicão diz: 30 de janeiro de 2012

    Bruna, a tua afirmação final pode ser contestada quando escreveste que, “não vamos chegar a lugar nenhum!”.
    Podemos, sim, minha cara, basta que nos respeitemos, só isso!
    O consumo de carne é praticamente cultural. Arrancar esse procedimento das pessoas é extremamente difícil, assim como exigir que um vegetariano volte a comer carne.
    Mas precisamos discutir, debater, dialogar, mesmo que esse assunto nos canse, pois quanto mais o comentarmos mais vamos aprender, aceitar pensamentos contrários, aumentar nossa tolerãncia com os opostos.
    Não ofender gratuitamente, mas expor pontos de vista sobre o tema com responsabilidade e respeito.
    Ora, isso enaltece a nossa sociabilidade; nos engrandece como pessoas; contribui para nosso crescimento como seres civilizados.
    Ou haverá alguém que ainda irá propor uma guerra entre quem come e quem não come carne!
    Afinal das contas em nome de Deus, a humanidade já se viu em incontáveis refregas e, tivemos na América Central, em 1.969, El Salvador invadindo Honduras, naquela que seria conhecida como a “Guerra do Futebol”!
    Portanto, temos de apaziguar os ânimos mais acirrados e evitar que, amanhã, a gente saia se matando para dizer ao mundo que não se deve matar!!!
    Claro, uma contradição verdadeiramente fantástica, algo como a pena de morte, que é morto o condenado a esta pena para se alardear ao mundo que não se pode tirar a vida das pessoas!
    Coisas do ser humano.
    No entanto, se elevarmos o nível do debate, colocarmos na mesa os prós e contras, MEIOS de se alimentar o mundo sem carne e cativar as pessoas notoriamente carnívoras através de pratos deliciosos sem carne, ótimo, por que não?
    Agora vir de chicote na mão, chamando todo mundo de hipócrita, dedo em riste, evidentemente que o pau vai comer também.
    Aí, Bruna, tu tens toda a razão.
    Leste os argumentos do Valente?
    Foram técnicos, objetivos, científicos.
    Eu apelei para o gosto pessoal, tradições e cultura para justificar comer carne, e os teus argumentos?
    Por que são seres vivos?
    Bom, eu já expliquei acima o que penso a respeito dessa alegação.
    Eu gostaria de ler e aprender sobre novos conceitos, idéias, justificativas, isso sim!
    Bruna, de forma simpática me mandaste beijos, claro, para o Valente também, pois eu te retribuo respeitosamente da mesma forma.
    Com muito afeto e consideração, podes acreditar, por favor.
    Mas não encerra essa discussão. Dá sequência a ela com nova roupagem, argumentos diferentes e inéditos.
    Olha, além de um beijo, o meu abraço.

  • Mi Au diz: 30 de janeiro de 2012

    Chicão e Luiz H. Valente:
    Vocês são meus ídolos,cara!Nunca vi tamanha demonstração de Conhecimento com C maíusculo!Quando crescer quero saber tanto quanto vocês!
    Vocês dois desfilam pelos blogs do ClicRBS sempre com comentários inteligentes e bem escritos além do que com argumentos irrefutáveis.Parabéns!
    Para Vince:
    Boa Tarde,Vinny.Te reconheci só pela estrutura do texto…

  • Chicão diz: 30 de janeiro de 2012

    Aproveitando o comentário do Vince, que deve ser muito jovem porque está acostumado a ganhar um mimo quando acerta as respostas na escolinha – mesmo assim parabenizo a sua precocidade -, eu tenho lido reiteradamente comentaristas afirmarem que a vaca na Índia é sagrada.
    NÃO É!!!
    Basta uma simples pesquisa ou conversar com un indiano para que esse mito seja esclarecido.
    “OS HINDUS ABSTÊM-SE DE CARNE PORQUE O POVO VÉDICO DE TRADIÇÃO SECULAR COMO PASTORAL E SUBSEQUENTES GERAÇÕES DE HINDUS AO LONGO DOS SÉCULOS DEPENDIAM MUITO DA VACA PARA TODO O TIPO DE LÁCTEOS, ARAGEM DOS CAMPOS E COMBUSTÍVEL PARA FERTILIZANTE, que o seu status de “cuidadora” espontãnea da humanidade cresceu ao ponto de ser identificada como uma figura quase maternal, Assim, enquanto a maioria dos hindus NÃO ADORA A VACA, as instruções contra o seu consumo surgiram muito depois dos Vedas.”
    Na verdade, o povo indiano preserva a fêmea de muitas espécies, haja vista serem matrizes a dar continuidade à alimentação, transporte e combustível.
    Por favor, chega de dizer que a vaca é sagrada para o indiano porque não é verdade!
    Há um erro de interpretação.
    O que não quer dizer que o nosso menino prodígio – merece uma bala de goma -, o Vince, não tenha razão quanto à forma de a vaca sendo ruminante contribuir para o aquecimento global.
    Valeu, guri.
    Mais um argumento favorável aos comedores de carne.
    Vince, quando eu tiver o prazer de te conhecer vou te dar um pirulito!

  • Chicão diz: 30 de janeiro de 2012

    Mi Au, por favor!
    Olha só, eu tenho 62 anos e sou avô.
    Tenho um compromisso com vocês, que postam seus comentários em vários blogs, o de dizer o que penso, evidentemente, com base na realidade e verdade.
    Julgo-me experiente, e preciso transmitir o que a vida me ensinou aos mais jovens.
    Adoro vocês, mesmo quando agressivos ou inconvenientes, características da juventudo que eu entendo, pois já fui assim, acredito que pior!
    Portanto, meu caro amigo (a), agradeço muito as tuas palavras, foram gentis e carinhosas, mas esta é a minha obrigação.
    Que bom que tu estejas entendo isso, Mi Au, e conta comigo sempre.
    Um forte abraço.

  • Mi Au diz: 31 de janeiro de 2012

    Chicão,
    Meu caro,com certeza és experiente e sabes como poucos expressar esta experiência toda,sem soares arrogante.Entre esses poucos está o não menos ilustre Luiz H. S. Valente!
    Me apresento devidamente,me chamo Miriam.Muito prazer em conhecê-lo.
    Continue nos ensinando através de comentários brilhantes!

  • Vinny diz: 31 de janeiro de 2012

    Mas bá… já estou tão batido assim? hehehe Beijocas na bochecha Mi Au (Miriam)

    Bom, Chicão, valeu pelo comentário e sim, realmente, eu ainda pensava que a Vaca era sagrada por outros motivos para os indianos… perdão pela minha ignorância juvenil.

  • bruna diz: 31 de janeiro de 2012

    vince!boa observaçao,mas nao te das conta que a produçao de gado so aumenta com seu consumo?ninguem quer que voces parem de comer carne,mas que se deem conta das diferentes culturas que existem!por exemplo:esse dias vi uma reportagem num abatedouro de cachorros na china e as pessoas ao meu redor chocadas,voces ja viram como os porcos,ovelhas,sao mortos?é horrivel!entao é dessa hipocrisia que estou falando,se dar conta disso que é tudo uma questao de cultura…

  • Luiz H. S. Valente diz: 31 de janeiro de 2012

    Bruna, nos 14 países de maior área agrícola no mundo, entre eles o Brasil, 49% das terras agricultáveis ainda estão disponíveis para plantio. Destes, no entanto, poucos têm potencial para expandir fortemente o cultivo de grãos, de forma que a oferta possa atender à simultânea – e crescente – demanda das áreas de alimentos e biocombustíveis, segundo estudo do Programa de Estudos dos Negócios do Sistema Agroindustrial (PENSA). E isto sem nem se cogitar de parar a produção de carne. Só na floresta amazônica são desmatados 26.000,00 Km² em média, por ano! A maioria para plantio! Se continuarmos neste ritmo, em 40 anos a floresta estará totalmente devastada. E estes estudos não envolvem a possibilidade do aumento de plantio que seria necessário para substituir a carne! Por aí dá pra se imaginar a impossibilidade desta empreitada! Ainda mais agora com a concorrência com a crescente produção de
    matéria prima para a fabricação de biocombustíveis e levando-se em conta que os vegetais têm muito menos nutrientes do que a carne, e que é preciso uma área muito maior de plantio do que a área ocupada pela pecuária para produzir a mesma quantidade de nutrientes! Resumindo: seria uma revolução muito grande e inimaginável! E não é só isto: não consigo imaginar a logística necessária para a administração, distribuição e conservação de tantos alimentos, caso pudessem ser produzidos! Seria o caos! A carne congelada e transportada em caminhões frigoríficos dura muito tempo e não ocupa tanto espaço quanto a quantidade de alimentos vegetais que teria que ser transportada para suprir a mesma quantidade de carne! E vegetais não podem ser congelados, por isto têm uma duração bem menor do que a carne! Como fazer para transportar muito mais alimentos em um menor espaço de tempo e distribuí-los antes que estraguem? Repito: seria o caos, não haveria como alimentar toda a população, iriam faltar alimentos! Vou parar por aqui, teria muito mais argumentos (imaginem a revolução na cozinha internacional, o desemprego nos setores que dependem diretamente da carne e nos restaurantes, a tradição,(gaúcho sem churrasco?), a carência de cobalamina (vitamina B12), as doenças causadas pela falta desta, e muito mais…!) mas acho que já é suficiente, não? Bruna, todos estes dados podem ser confirmados, basta dar um giro pela internet! Um beijo!

  • Luiz H. S. Valente diz: 1 de fevereiro de 2012

    Miriam, fiquei comovido com a tua manifestação! São fatos como este que nos impulsionam e incentivam a melhorar cada vez mais! Muito obrigado! Um beijo!

  • Chicão diz: 1 de fevereiro de 2012

    Vinny, meu amigo, eu não sabia que tu tinhas um pseudônimo, Vince!
    Aproveitei simplesmente a forma infantil que tu colocaste os teus comentários para ser igualmente jocoso, ironizando o método empregado para se dirigir a todos nós.
    Na verdade, meu caro, quando optamos por um jeito peculiar de se comunicar ou não usual, corremos alguns riscos e, um deles, alguém usar para te responder do mesmo remédio, pois foste tu quem havia escolhido as “armas” primeiramente.
    Eu as aceitei, só isso.
    Mas, por favor, nada pessoal.
    Se eu imaginasse que eras tu o autor – apesar de eu ter desconfiado levemente, em razão de uma característica tua que é escrever à base de reticências, e que a Míriam imediatamente te identificou -, eu teria sido mais direto, eu teria abandonado o sarcasmo que utilizei.
    Claro, haja vista que tu me havias tratado como criança ao comentar os doces merecidos pelas respostas certas, assim, respondi, nada mais do que isso.
    Mais a mais, Vinny, tu és um jovem com futuro brilhante, inteligente, participativo, um rapaz que quer aprender e se comunicar.
    Continuas neste teu objetivo.
    Comenta o que tu quiseres; opina sobre temas diferentes; deixa a tua marca.
    E, se lá pelas tantas, tu levares uns guascaços, faz parte do nosso dia a dia, na razão direta que tu também poderás dar a tua pancada quando te julgares ofendido.
    Isso é comunicação e democracia ou a gente se acostumar com o contraditório, com aqueles que não comungam dos nossos pensamentos.
    Um forte abraço, meu jovem.

  • Chicão diz: 1 de fevereiro de 2012

    Miriam, muito obrigado pela deferência em escrever o teu nome!
    Pois eu me chamo Francisco Bendl, claro, Chicão, em razão das minhas nada modestas dimensões.
    Não deixa de participar dos espaços que o nosso caro André oferece para que possamos debater, discutir, arrumar encrenca mas, principalmente, conseguir amigos!
    O Valente é um amigo que eu conheci neste blog.
    Hoje, trocamos e-mails diariamente.
    Posso te afirmar que se trata de uma amizade extremamente útil, prazerosa, salutar, que contribui para que alguns momentos do dia a gente se sinta bem e muito feliz pela relação estabelecida.
    Já nos enviamos fotos de nossas famílias, abordamos questões pessoais, estamos sempre em contato.
    Portanto, sei que posso falar em nome dele também, estamos à tua disposição.
    Igualmente o Vinny, um jovem que muito simpatizamos.
    Espero ler seguidamente seus comentários sempre oportunos e pontuais.
    Abraços.

  • Ricardo Freitas diz: 1 de fevereiro de 2012

    Que doidera brô

  • Luiz H. S. Valente diz: 1 de fevereiro de 2012

    Bruna, as pessoas ficam chocadas com o abate de cães por uma questão cultural! Fora a China e a Coréia, ninguém, no mundo todo, come cachorros, e isto por causa da cadeia alimentar! Carnívoro não come carnívoro! Mas mesmo lá não é tão comum quanto parece! A maioria dos chineses e coreanos não come carne de cachorro, é apenas mais uma iguaria exótica! Estabeleceu-se mundialmente uma cumplicidade entre homem e cão! O homem dava abrigo e alimentação e o cão dava proteção contra ataques de inimigos! E esta parceria dura até hoje! É por este motivo também que os ocidentais não comem carne de cavalo, apesar deste ser herbívoro! O cavalo, além de fornecer transporte e tração, é um companheiro do homem! Esta é uma cultura que se estende a milênios e não tem como ser alteradad de uma hora para outra! Cães e gatos são animais de estimação e não para comer!

  • Sarita diz: 2 de fevereiro de 2012

    Adoro ler as manifestações do Luiz e do Chicão! Falam tudo que nós pensamos, num português escorreito, com pitadas e humor e, acima de qualquer coisa, predominando o RESPEITO.
    Quem defende seu ponto de vista com ataques e achaques só mostra que não possui fundamento suficiente para discutir sem brigar.

Envie seu Comentário