Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sem braços, menino de 13 anos escreve, pinta e desenha com os pés

01 de outubro de 2014 4
The following two tabs change content below.
Jéssica Bayer

Jéssica Bayer

Estudante de jornalismo e apaixonada por música, filmes e séries. Fascinada por tecnologia. Produtora de conteúdo online na ATL Santa Cruz.

pes1

Um problema genético fez Arijon Krasniqi, de 13 anos, nascer SEM mãos e braços. A dificuldade obriga o menino a usar os pés para fazer tudo que poderia com as mãos. Ele escreve, desenha e faz exercícios complexos de matemática usando uma caneta encaixada entre os dedos do pé direito.

1013902_135047993367023_129209478_n

Se não bastasse a limitação física do garotinho, ele ainda precisa conviver com os conflitos que cercam a região onde mora. Ele e sua família já sobreviveram às atrocidades da guerra dos Balcãs. A casa onde eles moravam foi incendiada pelos sérvios e eles foram obrigados a fugir.

Atualmente, a família de Arijon mora com outros refugiados em uma casa comum, na cidade de Malisheva, em Kosovo. O menino está na sétima série de uma escola primária e é considerado um EXCELENTE aluno. Além da matemática, ele demonstra muita habilidade para pintar e desenhar com os pés.

pes2

Fato é que qualquer adversidade é minúscula frente a vontade e garra do garoto!

Comentários

comentários

Comentários (4)

  • Leandro Bandeira diz: 1 de outubro de 2014

    Faz algum tempo vi uma reportagem a respeito de uma jovem, que se não me engano residia em São Paulo, com a mesma condição física do menino e incrivelmente ela, assim como ele, não se entregou a adversidade imposta pela vida e, é claro com a ajuda da família, venceu sua limitação e consegue levar uma vida normal, pois como mostrou a reportagem à época, ela conseguia fazer desde atividades básicas como vestir-se e maquiar-se a até dirigir em um transito caótico, como o de São Paulo. Uma situação como esta que para muitos de nós seria um motivo de auto comiseração para pessoas com tal espirito elevado é combustível para que busquem seus objetivos.
    Parabéns pela reportagem e pelo exemplo que nos deste pois como tu mesmos falaste qualquer adversidade é minúscula frente a vontade e garra de pessoas com este espírito.
    Um forte abraço!
    SDS, Leandro Bandeira.

  • Roque Cofferri diz: 1 de outubro de 2014

    Isso é Divino é muita força de vontade e saber que tem pessoas com braços e mãos perfeitos e as usam para tirar a vida de outras Pessoas e destruir a Natureza

  • Roque Cofferri diz: 1 de outubro de 2014

    Isso é divino é superação é muita força de vontade parabéns pela luta Arijon. E saber que tem tantas pessoas com braços e mãos perfeitos e as usam para tirar vidas de outras pessoas e outras para destruir a natureza. Vamos usar para ajudar pessoas como Arijon e louvar a Deus.

  • Longinus diz: 3 de outubro de 2014

    “louvar a Deus”? Sério? Imagina a quantidade de limitações e sofrimentos que esse menino enfrenta na sua rotina diária, no seu mundo real, longe das câmeras e holofotes, sabendo que, segundo a tua crença, esse teu deus poderia curá-lo e impedir que ele sofresse mais.
    Mas essa fé gera pessoas tão egoístas que acham que gente que nem esse menino deve existir “para inspirar”, “para ensinar”, “para que façamos o bem”. Ou tu achas que, se ele pudesse escolher, preferiria não ter nascido mesmo com os braços só para poder “mostrar garra e superação”, ou para fazer pessoas “normais” se sentirem melhor porque, puxa, eu tenho problemas, mas aquele cara ali está pior e não se queixa?
    Se isso aí é a maneira que deus encontrou para atingir seus fins, ele é ou um incompetente, ou um malévolo. Seja como for, ele merece, sim, ser temido, mas louvado, jamais!

Envie seu Comentário