Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Música"

Noel Gallagher: filme sobre o Oasis vai deixar de fora a "quantidade monstruosa de drogas"

08 de February de 2016 0

Time responsável pela produção é o mesmo que assinou Amy

Já sabemos que o mesmo time responsável pela produção de Amy, premiado documentário sobre a cantora que estreou no ano passado, está agora trabalhando em um filme sobre o Oasis – e que Liam e Noel Gallagher, os irmãos-problema que eram o coração e a mente da banda, já concordaram em dar seus depoimentos para o projeto. Além disso, a equipe terá acesso ao arquivo do grupo e a gravações e imagens jamais divulgadas. Mas agora, em entrevista à revista QG, Noel afirma que existe uma parte da história do Oasis que vai ficar de fora do longa: “Nós temos muitas gravações guardadas de cenas e momentos logo antes dos shows”, contou, “e grande parte delas não pode ser usada, por causa da quantidade monstruosa de drogas que nós usamos [e que aparecem nas imagens].” O Oasis se separou em 2009, e rumores de uma reunião vêm circulando desde então – jamais confirmados por quaisquer dos ex-integrantes.

Michael Robert Williams Photography. www.michaelwilliams.co.uk

Asif Kapadia, que dirigiu Amy, será o diretor executivo do filme sobre a banda. O longa será dirigido por Mat Whitecross, mais conhecido por seus vídeos musicais – entre eles, vários do Coldplay.

Letra original de "Airbag", do Radiohead, vai ser leiloada no mês que vem

08 de February de 2016 0

Escrita à mão por Thom Yorke, a composição será vendida no dia 18 de março

Airbag, faixa que abre OK Computer, clássico álbum lançado pelo Radiohead em 1997, vai ter sua letra original, escrita à mão pelo vocalista Thom Yorke, leiloada no mês que vem. A canção foi escrita na parte interna da capa de uma cópia de Canções de Inocência e de Experiência, trabalho mais conhecido do autor William Blake, que pertencia ao músico. A casa especializada Dreweatts & Bloomsbury Auctions vende a composição no dia 18 de março – espera-se que o item alcance de 800 a 1,2 mil libras no leilão, algo entre 4,5 mil e 6,7 mil reais. O dinheiro arrecadado vai para a Oxfam International, confederação que atua em mais de 100 países na busca de soluções para os problemas da pobreza e da injustiça.

imagem

Recentemente, o Radiohead anunciou uma série de aparições em festivais europeus. Para este ano, ainda é possível que a banda lance um novo álbum – para o qual, segundo o guitarrista Jonny Greenwood, o grupo já gravou bastante material.

Titãs, Ultraje a Rigor e Cachorro Grande vão abrir shows dos Rolling Stones no Brasil

05 de February de 2016 0

Apresentações acontecem entre 20 de fevereiro e 2 de março

Foram anunciadas nesta sexta-feira as bandas responsáveis pela abertura dos shows dos Rolling Stones no Brasil: Titãs, Ultraje a Rigor e Cachorro Grande – todos grupos veteranos – participarão das apresentações, respectivamente, em São Paulo (nos dias 24 e 27 deste mês), no Rio de Janeiro (dia 20) e em Porto Alegre (dia 2 de março). É a segunda vez, aliás, que os Titãs têm essa honra: em 2006, os paulistanos abriram o show dos Stones na praia de Copacabana, no Rio.

imagem

É a quarta vez que os Rolling Stones vêm ao Brasil, e a primeira em uma década. A turnê latino-americana, intitulada América Latina Olé, começou em Santiago, Chile, na última quarta-feira. Veja abaixo o setlist completo:

setlist

A viagem dos britânicos segue agora para a Argentina, onde a banda faz três shows. Antes de chegar ao Brasil, o grupo passa ainda pelo Uruguai. Dos shows brasileiros, apenas o do dia 27, em São Paulo, está com ingressos esgotados.

Floripa Tem realiza atividades até o dia 9/2

05 de February de 2016 1

Comunidade tem até terça-feira para aproveitar as atividades gratuitas do projeto em 2016

 Beira Mar Norte  / Divulgação

O Floripa Tem 2016, que vem realizando ações gratuitas desde o início de janeiro, encerra suas atividades na próxima terça-feira, 9/2. Além dos tradicionais empréstimos de materiais, o Sounds in Da City recheia a programação de carnaval, realizando apresentações no sábado na Praia Mole (Kokoon Beach Lounge) e no domingo na Beira-Mar.

Na embaixada da Praia Mole, Kokoon Beach Lounge, além do Sounds, iniciando às 14h do sábado com Felipe Martins, Murillo Mongelo, Leo Mafra, Allen Rosa, Cashu e Márcio S. também há empréstimos de guarda-sol e cadeiras, patrocinados por Santander Van Gogh e Seara. Há wi-fi gratuito patrocinado por Santander Van Gogh, a Off! Zone disponibiliza um espaço para experimentação de produtos no local, e a Seara sugere um cardápio especial do restaurante, o SUPREMO DE FRANGO: Frango grelhado ao molho de damascos acompanhado de risoto de gorgonzola.

Na embaixada de Jurerê Internacional (GoSunset) há empréstimos de Stand  Up Paddle da Intimus, guarda-sol e cadeira patrocinados por Santander Van Gogh e Seara, wi-fi gratuito trazido pelo Santander Van Gogh e um espaço da Off! Para experimentação de produtos. Além disso, a Seara sugere outro prato com frango, o CALIFORNIAN CHICKEN: Frango a passarinho, empanado na farinha 7 ervas, barbecue da casa e geleia de cebola roxa.

Na Beira Mar Norte o fim de semana conta com empréstimos de bikes e skates, paredão de escalada, Off! Zone e também recebe o projeto Sounds In Da City no domingo iniciando às 14h com BINHO CA (Grow), ALLEN ROSA (Sounds in da City), RENEE MUSSI (Terraza), GUSTAVO PAMPLONA (Terraza) e MÁRCIO S (D-edge).

Floripa Tem

Em 2016, o Floripa Tem comemorou seu décimo aniversário realizando diversos shows (Donavon Frankenreiter, Junior Dread, Gabriel o Pensador, Dazaranha, Luau com Moriel, Casa da Praia, Reis do Nada + Dj Coy) que movimentaram mais de 21 mil pessoas, além de 8 apresentações do Sounds in Da City que levaram mais de 10 mil pessoas às embaixadas do Trapiche e da Praia Mole, e sunsets com djs nas suas duas embaixadas de praia durante os fins de semana. O evento também teve empréstimos de bikes, bikes elétricas, skates, stand up paddle, guarda-sóis e cadeiras, aulas de defesa pessoal, zumba, entre outros, levando milhares de pessoas a interagirem com as embaixadas do evento diariamente. O evento tem apoio de Off!, Intimus, Santander Van Gogh, Eisenbahn e Seara, realização da Engage Eventos e acontece todos os anos durante a temporada de verão de Florianópolis.

Música da semana: "Luvlite", by Hidden Jazz Quartett e Bajka

04 de February de 2016 0

O Hidden Jazz Quartett é formado por alguns dos melhores instrumentistas da Alemanha. Sua música é definida pelos próprios integrantes como “jazz e soul, orientados para o groove”. Em Luvlite, retirada do álbum Raw & Cooked, os músicos fazem parceria com Bajka, cantora e compositora que também ataca de poeta e produtora. Nascida na Índia, Bajka foi criada em Portugal e na África do Sul – e seu nome vem do polonês para “conto de fadas.”

Hidden Jazz Quartett - Raw and Cooked - AR_067_CD_front_1400

Frejat: "Diz pro pessoal aí de Floripa fazer barulho que eu vou!"

03 de February de 2016 0

Com música na trilha sonora da novela Totalmente Demais, o músico segue com a turnê do show O Amor é Quente

Frejat já chegou há tempos naquele ponto confortável da carreira: reconhecido pela crítica e querido pelo público, o músico pode, por exemplo, continuar na estrada com a turnê de um show composto praticamente só por sucessos – e que já está rodando o país desde 2013, sem cansaço por parte do artista e nem da plateia. Mas nem por isso está sossegado: produzindo disco do instrumentista Serginho Trombone e com música na trilha sonora da novela Totalmente Demais, Frejat também está começando a compor para um futuro álbum de inéditas. Em entrevista à Itapema, o músico falou sobre o atual momento da carreira.

imagem

Itapema: Você ainda está fazendo shows da turnê O Amor é Quente. Até quando vai essa turnê?
Frejat: Eu não tenho prazo para terminar. Está muito gostoso fazer esse show, ele funciona muito bem. O público gosta, eu gosto. É um show composto basicamente por sucessos da carreira, e também algumas releituras de canções de artistas com os quais eu me identifico muito – a própria O Amor é Quente é a única música nova do repertório; o público foi apresentado a ela durante a turnê. Vou continuar enquanto não encher o saco. (risos) Porque tem uma hora em que você fala “esse repertório já deu”, sabe? Mas tem vários lugares por onde eu ainda não passei com esse show.

Itapema: Como Floripa, por exemplo.
Frejat: É verdade, Floripa está faltando. (risos) Mas eu quero muito ir, o mais rápido possível. Agora eu devo fazer o interior do Rio Grande do Sul, e depois vamos ver o que acontece. Diz para o pessoal aí pedir, fazer barulho, que eu vou!

Itapema: E Só Você também entrou para o repertório do show, certo?
Frejat: Isso. Como ela é uma versão de uma música que já existe e já é bem conhecida do público, acabou se encaixando perfeitamente no show. Por acaso eu já tinha até mesmo cantado essa música em outra ocasião, mas sem o arranjo que ela ganhou agora. Eu fui convidado pela produção da novela para fazer a música – não me contaram sobre a trama, mas me falaram que ia ser a trilha do personagem do Fábio Assunção, e que era para eu ficar completamente livre. Eles queriam a maneira do Frejat, o jeito do Frejat nessa música. E eu também queria que as pessoas pudessem ouvir e reconhecer ‘olha, é o Frejat que está cantando’. Eles gostaram muito, e eu fiquei bem satisfeito porque o Vinícius Cantuária [autor da canção original] ouviu e ficou muito feliz com a gravação. É ótimo você ouvir isso do próprio compositor da música.

Itapema: Você se apresentou na última edição do Rock In Rio, no tributo aos 30 anos do festival. Como foi ser chamado para essa homenagem, ainda mais depois de já ter participado de tantas edições – incluindo a primeira, em 1985?
Frejat: Para mim foi muito bacana – porque eu faço parte da história do festival, mas nesta edição eu ia ter uma situação complicada: eu me apresentei em 2011 e 2013, então iam ser três edições seguidas, com pouco espaço de tempo entre uma e outra. E muita gente reclama dessa repetição de nomes, sabe? Então provavelmente eu seria alvo disso. (risos) Mas no tributo a participação foi mais sutil: eu não estava lá com o meu show, o show do Frejat, estava homenageando o festival. As pessoas não percebem muito como é um desafio para um evento desses renovar os nomes. Eu tenho a impressão de que pouca coisa musicalmente impactante aconteceu desde, digamos, o ano 2000 – e não por culpa dos artistas, mas por toda essa mudança de cenário musical. É muito difícil para uma banda, um músico que está começando, se impor com a força que se tinha anteriormente, ter o alcance que se tinha anteriormente.

Itapema: Falando nisso, como você vê toda essa mudança de cenário? Considera mais negativa ou positiva?
Frejat: Olha, tem os dois lados. A internet facilita que um artista novo, muitas vezes independente, divulgue seu trabalho – e essa exposição de repertório é muito importante. Por outro lado, existe tanto espaço para tanta gente, que é mais difícil fazer as pessoas se interessarem especificamente por você. O trabalho de divulgação é mais difícil, mais concorrido, porque tem um trilhão de pessoas botando trabalhos na internet. A coisa é muito fragmentada. Aquele formato clássico de rádio e TV, que dava muita força para os artistas, foi basicamente demolido. E eu lamento um pouco a perda dessa força, porque, para mim, o rádio tem uma coisa maravilhosa com a música, que é o fato de que você não vê nada, só ouve: é a relação mais pura que se pode ter com a música. Você ouve uma canção nova e não sabe nada do cara, se é magro, gordo, feio, bonito. Não vai gostar da canção pelo clipe, que é bonito, bem produzido. Acho que o novo formato tirou um pouco do valor que a música tem na vida das pessoas – tanto financeiro quanto afetivo. E eu também enfrento essa parte mais difícil, mesmo como um artista que já está nisso há anos. Não é só artista novo, não.

Itapema: Além de continuar com a turnê de O Amor é Quente, quais são seus outros planos para 2016?
Frejat: No momento eu estou produzindo um disco, do Serginho Trombone, que é um instrumentista excepcional. Além disso, eu já estou compondo músicas para apresentar em um momento futuro – não sei se vai sair em streaming, se eu vou fazer um álbum físico, ainda não pensei em nada disso. Acho mais importante fazer as canções, se dar tempo para isso, e depois pensar no lançamento. Mas estou fazendo sem pressa. Não tenho data ou prazo para lançar nada. Essa eu posso dizer com certeza que é uma grande vantagem de não ter contrato com uma gravadora.

Ouça "In The Name Of You", nova música de Elton John

02 de February de 2016 0

O novo trabalho do músico chega ao mercado nesta sexta-feira

Agora falta pouco para a estreia de Wonderful Crazy Night, novo álbum de Elton John: o 33º (!) trabalho na discografia do músico chega às lojas nesta sexta-feira, dia 5 de fevereiro. E, depois das já divulgadas Looking Up e da faixa-título, John resolveu dar mais uma amostra da sonoridade do disco: nesta semana, saiu In The Name Of You, que segue a sonoridade mais alegre das canções anteriores. Ouça:

Wonderful Crazy Night tem dez faixas na versão comum, e 14 na edição de luxo, que vem em disco duplo. A novidade já em está em pré-venda no site oficial de Elton John.

eltonjohn-cred-josephguay

Phil Collins fala sobre retorno à música em entrevista

01 de February de 2016 0

O músico também contou como quase participou de 25, novo disco de Adele

No ano passado, Phil Collins anunciou suas intenções de voltar ao mundo da música – depois de passar por uma cirurgia para recolocar uma vértebra no lugar, o músico precisou de um longo tempo de recuperação: segundo o que o próprio artista afirmou em entrevista à revista Billboard na última semana, a última vez em que ele tocou bateria foi em 2007. “Eu não sei se algum dia estarei em forma o suficiente para tocar bateria em uma turnê”, ele afirma, com honestidade. “Meu braço esquerdo simplesmente mudou. Mas eu tenho um estúdio na minha casa em Miami. Pretendo começar a trabalhar por lá. Mas eu também pretendo fazer algumas coisas [ao vivo]. Eu não posso viajar por meses, mas posso fazer algo diferente. Sabe, como o Billy Joel faz shows no Madison Square Garden todos os meses. Ou eu poderia me apresentar em teatros menores. Meus filhos de 14 e 11 anos querem que eu faça mais shows, assim eles podem se gabar para os amigos”, ri.

imagem

Na mesma entrevista, Collins comentou sobre uma participação sua no novo álbum de Adele, 25, que quase aconteceu. “Ela me mandou uma música e eu comecei a trabalhar”, o músico contou. “Mas depois ela [Adele] se tornou impossível de encontrar. Ela tem um filho, e todas estas coisas pessoais estavam acontecendo com ela. Eu mandei um email perguntando ‘eu estou esperando por você, ou você está esperando por mim?’ Descobri que ela é meio como um fantasma”, brinca. “Você pode passar um bom tempo sem ouvir falar dela. Então nada saiu disso. Quando ela foi perguntada a respeito disso, ela disse ‘era cedo demais, e eu estava muito assustada’, e eu fiquei satisfeito em saber, porque isso é melhor que ‘ele [Collins] foi terrível’. Eu fiquei muito grato pela maneira gentil como ela encarou as coisas.” Como sempre, o artista também foi perguntado a respeito de uma possível reunião do Genesis. “Depende”, ele respondeu. “Eu não vejo Peter Gabriel participando de uma reunião. Mas, se as pessoas estiverem interessadas no resto de nós, quem sabe? Eu não posso dar esperanças a ninguém, mas essa porta não está fechada.”

O retorno de Collins, 64 anos, deve começar com o relançamento de seus álbuns Face Value e Both Sides, de 1982 e 1992, incluindo demos raras, e com novas artes de capa.

David Bowie pode ter planejado o lançamento de mais álbuns

01 de February de 2016 0

O material chegaria às lojas a partir de 2017

Já foi falado que David Bowie deixou cinco músicas de fora de Blackstar, seu derradeiro – e elogiado – álbum, que deve ganhar uma versão de luxo até o final do ano. Agora, surgem informações de que muito mais canções do músico ainda podem chegar aos ouvidos dos fãs no futuro. De acordo com a Newsweek, Bowie já estava gravando demos e planejando discos que irão celebrar sua carreira: dividos em “eras”, os lançamentos não sairão necessariamente em ordem cronológica, mas devem começar a chegar ao mercado em 2017. Será? Importante lembrar que, até agora, a família do artista ainda não confirmou nada.

imagem

O que foi confirmado nos últimos dias é a continuação de Labirinto – A magia do tempo, filme de 1986 estrelado por Bowie, ao lado da atriz Jennifer Connelly. Nicole Perlman, uma das roteiristas de Guardiões da Galáxia, foi escalada para escrever o roteiro da sequência. No original, a trama gira em torno de uma adolescente que tem 13 horas para percorrer um labirinto fantástico e salvar seu irmão, um bebê sequestrado por um rei goblin – justamente o personagem de Bowie.

%d bloggers like this: