Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Reflexões sobre o escrever - 1

29 de janeiro de 2008 1

Já é tempo de uvas, perguntei colhendo um bago.
Era enjoativo de tão doce, mas se eu rompesse a polpa cerrada e densa, sentiria seu gosto verdadeiro. Com a ponta da língua pude sentir a semente apontando sob a polpa. Varei-a. O sumo ácido inundou-me a boca. Cuspi a semente: assim queria escrever, indo ao âmago do âmago até atingir a semente resguardada lá no fundo como um feto
.

Lygia Fagundes Telles em Verde Lagarto Amarelo, incluído em Antes do Baile Verde

 

Postado por Carlos André Moreira

Comentários (1)

  • Rafael Pimentel Müller diz: 29 de janeiro de 2008

    Nossa, muito bacana esse trecho.
    Abraçossss

Envie seu Comentário