Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O conto segundo H.P. Lovecraft:

19 de maio de 2011 0

Quanto a como eu escrevo um conto: não há um único modo. Cada um de meus contos tem uma história diferente. Uma ou duas vezes, eu literalmente relatei um sonho; mas usualmente eu começo com uma atmosfera ou uma ideia que gostaria de expressar, e a reviro em minha mente até que eu possa pensar em uma boa maneira de incorporá-la em alguma sequência de ocorrências dramáticas capaz de ser relatada em termos concretos. Costumo fazer uma lista mental das condições ou situações básicas melhor adaptáveis a essa atmosfera, ou ideia, ou imagem, e então começo a especular a respeito das explicações lógicas e naturais de uma certa atmofera ou ideia ou imagem nos termos das condições e situações básicas escolhidas.

O mestre do horror psicológico H.P. Lovecraft no ensaio Notas sobre a escrita de ficção de horror. O trecho acima foi traduzido meio na corrida por mim mesmo. O ensaio na íntegra pode ser lido, em inglês, aqui.


Envie seu Comentário