Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

As profecias de Mario Quintana

19 de agosto de 2012 0

2005

Com a decadência da arte da leitura, daqui a trinta anos os nossos romancistas serão reeditados exclusivamente em histórias de quadrinhos….
A grande consolação é que jamais poderão fazer uma coisa dessas com os poetas.
A poesia é irredutível.

De Mario Quintana, que escreveu essa vinheta em 1975 (e mais tarde a reuniu em A Vaca e o Hipogrifo, de 1977, um dos títulos que abre a reedição da obra integral do poeta gaúcho pela Alfaguara, organizada por Italo Moriconi. É a segunda reedição integral da obra do poeta em uma década – a primeira foi a republicação organizada pela professora Tânia Franco Carvalhal para a Globo, para marcar o centenário do poeta, a partir, justamente, de 2005).

Ele não sabia o quanto estava certo.

E o quanto estava errado.

Envie seu Comentário