Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

A terceira noite do Arte&Moda BarraShoppingSul

07 de abril de 2011 0


Na terceira e última noite, o evento Arte&Moda BarraShoppingSul recebeu Silvia Barros, jornalista e coordenadora de tendências da Arezzo, com a palestra “Shoe Lovers: inverno 2011“, e Lilian Pacce, editora de moda, apresentadora e coordenadora editorial do GNT Fashion, no bate-papo “eco-tendências“.

Silvia Barros, jornalista e coordenadora de tendências da Arezzo, citou algumas tendências que vêm forte neste inverno: a releitura do militar, em que “a diferença é que vem com cara de aviador”, botas pesadas, contraste entre renda e casaco pesado, a nova bota com ganchos e amarrações e a bota montaria.

Outra tendência que, segundo Silvia, virá forte na próxima estação é a pele fantasia. O tema levanta a questão polêmica da utilização das peles de animais. A jornalista contou que no último desfile na Chanel eles trouxeram muita pele fantasia e que esse fato foi muito importante para a aceitação do elemento pelos consumidores mais tradicionais. As peles devem ser usadas nos estilos vintage (nos punhos e golas), moderno e disco (ideal para uma produção noturna). Os coletes de pele também devem fazer parte dos guarda-roupas das mais antenadas em moda.

Antigamente, as décadas podiam ser definidas por looks específicos. Agora, com a efemeridade dos modelos e o que Silvia chamou de “supermercados de estilo”, não existe mais um único look que defina a década. São muitas tendências misturadas que compõem o visual.

Silvia contou que, pelo fato do Brasil ser um país muito grande e ter muitos estilos diferentes, a Arezzo necessita fornecer ao mercado desde rasteiras e plataformas, consumidas no Nordeste, até produtos de pele, para as regiões Sul e Sudeste. A coordenadora de tendências da marca fechou sua palestra apresentando a nova campanha da Arezzo estrelada por Glória Pires.

Silvia confessou ser uma apaixonada por rendas…

Saiba em que a Arezzo apostou para a coleção deste inverno:

No bate-papo com Lilian Pacce, editora de moda, apresentadora e coordenadora editorial do GNT Fashion, ela contou que começou no mundo da moda na Folha de São Paulo, primeiro com matérias sobre moda e depois com coberturas das semanas de moda internacionais. Em um segundo momento, Lilian foi para Londres estudar moda. Ela fez curso de modelagem e desenho: “foi bom para conhecer o outro lado do balcão”. Durante sua passagem pela cidade, através de amigos em comum, conheceu Vivienne Westwood, que tem envolvimento com a causa sustentável. Lilian engajou-se no ideal ao receber um convite para ajudar a organizar uma exposição de ecobags. Ela conseguiu em poucas semanas mais de 120 estilistas para desenvolver os produtos: “me surpreendi com a importância e repercussão do projeto”. A editora contou em primeira mão no Arte&Moda BarraShoppingSul que nesta terça-feira fechou uma parceria com os irmãos Campana para que eles transformem as peças em uma instalação no Senac de São Paulo.

Lilian afirmou que a indústria da moda está percebendo o potencial da capacidade que o Brasil tem: “nossa diversidade é muito rica, precisamos desenvolver”. Ela ainda fez um alerta de que produtos sustentáveis podem ser um grande valor agregado para as marcas. E foi além: “toda empresa tem que pensar ecologicamente. O que falta para o empresário brasileiro entrar na sustentabilidade é o investimento exigido, mas é necessário entender que investir hoje é colher lucro amanhã”. Ela também compreende que todas as pessoas devem ter uma atitude correta com relação ao meio ambiente: “a grande questão é ser verde ou não. Quem não acredita na causa não tem coração”.

A jornalista confessou que fica muito assustada com os recentes fenômenos naturais ocorridos no mundo, como tsunamis, pois, para ela, é a natureza gritando. Lilian entende que não cabe mais a mentalidade de, por exemplo, ir para um hotel e usar o chuveiro por duas horas porque o hotel está pagando: “todos nós vamos pagar a conta. A luz vai faltar para você. Devemos consumir com mais consciência”. Esta consciência passa inclusive pelo consumo de moda: “o consumo por impulso é terrível. Temos que procurar consumir melhor, não quer dizer consumir mais”.

No programa GNT Fashion e em eventos internacionais, Lilian opta por usar somente marcas brasileiras. Questionada sobre estilistas brasileiros em que aposta ela citou Pedro Lourenço, que já apresentou sua terceira coleção em Paris, e Lucas Nascimento.

Lilian disse que não pensou muito em seu look e quando percebeu estava com detalhes em verde. A bota é Gloria Coelho!

Saiba quais são as tendências em texturas e bolsas para o inverno e a importância da eco-tendência:

A FNAC fez um lounge na entrada da loja para celebrar o evento Arte&Moda BarraShoppingSul. Segundo Jaqueline Schmidt, gerente de comunicação da FNAC, eles optaram por colocar pufes com livros e revistas de moda para manter a característica de interação na loja. Os manequins e roupas foram cedidos pela C&A.

Vale lembrar que na segunda-feira, dia que iniciou o evento, Giovanni Frasson, diretor da Vogue Brasil, palestrou sobre “A influência da arte no mundo da moda”. Logo após Frasson, Cris Guerra, que mantém o blog “Hoje Vou assim, apresentada pela Enjoy, entrou em cena e falou sobre o tema “moda e autoestima”.


Colaboraram: Letícia Carlan e Felix Zucco.

Envie seu Comentário