Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Preta Gil critica o termo 'moda plus-size' e afirma: "Sou a medida da mulher brasileira"

23 de maio de 2012 11

Nos bastidores do desfile de Victor Dzenk no Fashion Business, no Rio de Janeiro, a cantora Preta Gil falou sobre moda plus-size. “É terrível esta coisa de moda plus-size. A mulher mais gordinha tem que usar este termo para ir comprar numa loja?”, desabafou.

A cantora confessou que, muitas vezes, tem problemas para se vestir, pois gostaria de usar peças de estilistas que são seus amigos e, no entanto, eles não confeccionam roupas para o seu tamanho.

Preta Gil se apresentou durante o desfile de Dzenk que tinha como tema o Tropicalismo. A filha de Gilberto Gil relacionou o movimento com a ditadura da magreza: “O Tropicalismo teve muito a ver com a quebra de conceitos pré-estabelecidos. Hoje temos a ditadura da magreza; ando nas ruas e vejo que os padrões da televisão e da moda não são os padrões da mulher real. Amo a Gisele Bündchen, mas não me identifico em nada com ela. Temos um corpo diferente, cabelo diferente. Sou a medida da mulher brasileira!”


A cantora revelou, ainda, que muitos de seus fãs comentam em seu blog que não encontram seus tamanhos de roupas das mesmas marcas que Preta usa. “Sou famosa e tenho o privilégio de ter pessoas fazendo roupas especiais para mim, para o meu tamanho”, admitiu.

Comentários (11)

  • GAÚCHO diz: 23 de maio de 2012

    Ah, desculpem o equívoco, mas esqueci de fazer uma ressalva, NÓS GAÚCHOS (COM MUUUUUUUUUUUUUUUUUITO ORGULHO) costumamos dizer que vivemos em “outro país” por que a nossa REPÚBLICA RIO GRANDENSE é um país a parte…

  • Giovani SP diz: 23 de maio de 2012

    Ah Tá… “medida da mulher Brasileira”… então eu tô loko! Se pudéssemos expressar o que realmente pensamos, sofreríamos processo deste tal de bulling….kkkkkkkk

  • Siciliano diz: 23 de maio de 2012

    Realmente é do tipo dela que vemos estampando capas e capas de revista masculina, de moda, de saúde entre outras. Ela realmente é o exemplo da mulher brasileira até no emocional, pois é uma pessoa totalmente equilibrada e que sempre se mantem discreta e longe das manchetes. É cada uma viu.

  • Andre Teixeira diz: 23 de maio de 2012

    Falta de autocritica. Gordinha é uma coisa, todos gostam, ela já está muito longe de ser gordinha, ela já está no ponto de fazer uma cirurgia de redução de estômago, isto sim.

  • Gustavo diz: 23 de maio de 2012

    Pois a Paula Fernandes também disse que representa a mulher brasileira. E agora, mulheres: Preta ou Paula? Eu fico com a Paula, sem a menor dúvida. Preta Gil chamou todas as mulheres de gorda e as colocou no mesmo balaio.

  • Samanta diz: 23 de maio de 2012

    Bem, pra começar só tem macho aqui pelo jeito! Visão feminina então:
    ela está certa, hoje em dia o padrão das mulheres mudou, não vimos muito estilo Gisele nas ruas, a grande maioria é de gordinha sim! Eu sou gordinha, não como a Preta mas sou, e apoio o comentário dela!Nós não conseguimos comprar uma roupa de grife pq não fazem nosso tamanho, isso está errado! A indústria da moda é limitada tamanhos pequenos! Os padrões mudaram, mas a cabeça das pessoas ainda não! A você André Teixeira ela ainda não precisa de redução de estômago não!Você nem sabe do que está falando!

  • ana diz: 23 de maio de 2012

    tudo bem que a maior parte das mulheres não tem mesmo o corpo magrinho como o das modelos, mas daí a preta querer dizer que o dela tá na medida do da mulher brasileira também já é demais.
    ela tá acima da medida e eu não conheço nenhuma mulher que queira ter um corpo como o dela ou que seja feliz assim. pode até ter, mas eu não conheço e ela mesma fica falando que é padrão mas não se aceita e já fez um milhão de plásticas e ainda fica reclamando o tempo todo em público. se tivesse feliz de ser do tamanho que é, não falaria tanto.

  • Peri Quito diz: 23 de maio de 2012

    Opa! Essa mulher é um arraso! Divina, maravilhosa, linda, gostosa. O Gustavo
    precisa saber que a Paula Fernandes jamais chegará aos pés da Marisa Monte e é uma
    magrela muito convencida. Quanto a Preta Gil, de fato, é o padrão de beleza da mulher brasileira. Outra bonita e famosa que também não é valorizada: Regina Casé.

  • luiza diz: 23 de maio de 2012

    Pelo jeito tem muita gordinha que não aceita o próprio corpo. Prova disso é que se acham na medida da mulher brasileira.
    Fofas

  • Carla diz: 23 de maio de 2012

    Parabéns Samanta, também sou gordinha e sei como é não encontrar roupas.
    Concordo contigo, pois não vemos Giseles nas ruas. A grande maioria das mulheres é sim GORDINHAAAA!!!!!

  • Siciliano diz: 24 de maio de 2012

    Camara elogiando a Regina Casé, que comédia, isso é mulher gordinha disfarçada de homem pra comentar. Chorei de rir aqui.

Envie seu Comentário