Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de outubro 2009

Biscoito mineiro

22 de outubro de 2009 15

Fazem parte da minha infância as roscas de polvilho, que chamávamos de biscoito de vento. Como boa mineira, adorava aqueles que tinham sabor de queijo. Mais tarde, os provei com curry (mais fortes) e com orégano, que também gostei. No entanto, para mim, os de queijo eram insuperáveis. Dia desses, recuperei a receita e fiz os biscoitos. Levei para meus colegas que adoraram. Então, aí vai um pouco da minha infância. Eles rendem muito. Uma receita dá cerca de 40 rosquinhas ou 80 bastões.

 

Foto Bete Duarte

 

 

Biscoito de polvilho

 

500g de polvilho azedo

1 copo de leite

1 copo de óleo

1 copo de água

1 ovo

1 colher (sopa) de sal

4 colheres (sopa) de queijo ralado

 

1. Sobre o polvilho azedo derrame o leite e o óleo ferventes.

2. Adicione o sal.

3. Coloque na batedeira e junte a água quente, batendo por 2min em velocidade alta.

4. Junte o ovo e o queijo ralado.

5. Coloque a massa em um saco de confeitar.

6. Use um bico pequeno e modele os biscoitos em bastões ou em rosquinhas.

7. Use tabuleiros forrados com papel-manteiga untado e enfarinhado ou placas de silicone.

8. Leve ao forno pré-aquecido, a 220 graus, até que comecem a dourar.

 

 

Uma dica:

*Se ficarem mais tempo no forno, ficarão mais crocantes. Ao contrário, terão a textura semelhante a de pão de queijo.

Postado por Bete Duarte

Dia mundial do pão

16 de outubro de 2009 7

O Dia Mundial do Pão, comemorado hoje, foi  instituído em 2000, em Nova York, pela União dos Padeiros e Confeiteiros. O pão de farinha de trigo só chegou ao Brasil, no século 19, de acordo com pesquisas do sociólogo e antropólogo Gilberto Freyre. Antes disso, por aqui eram preparados alimentos à base de farinha de mandioca e de milho. Os responsáveis pelo desenvolvimento da panificação no Brasil foram os imigrantes italianos.

Para comemorar o dia, um delicioso pão doce com ricota e passas.

Foto Fernando Gomes

 

 

PÃO DOCE COM RICOTA

 

1 xícara de leite

1kg de farinha de trigo

20g de fermento ativo seco

5 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (sopa) de sal

raspa de 1 limão

2 colheres (sopa) de manteiga

2 ovos

Recheio

60g de ricota

1 colher (sopa) de manteiga

150g de passas de uva

1 ovo

1 xícara de açúcar

 

 

1. Misture todos os ingredientes da massa.

2. Sove até desgrudar das mãos.

3. Deixe crescer até dobrar de volume.

4. Abra a massa na espessura de 1cm.

5. Misture todos os ingredientes do recheio.

6. Recheie e modele.

7. Pincele com gema e polvilhe com açúcar.

8. Deixe crescer novamente.

9. Leve ao forno preaquecido a 200 graus e asse até dourar.

 

Se você tiver alguma receita de pão que queira compartilhar, adicione ao comentário.

Postado por Bete Duarte

Receita alemã

14 de outubro de 2009 0

O bolo de carne faz sucesso na mesa alemã. E não só na mesa do dia a dia. Em fatias, pode se transformar em recheio de pão, como o hambúrguer servido na Oktoberfest.

 

Foto Marcia Meltz

 

Bolo de carne

 

1kg de carne de gado moída

1kg de carne de porco moída

40g de sal fino

2 dentes de alho picadinhos

2 cebolas picadas

1 tomate picado

1/3 pimentão verde picado

1/3 pimentão vermelho picado

1/3 pimentão amarelo picado

1 ramo de manjerona

salsa e cebolinha picadas

2 ovos

3 colheres (sopa) de óleo

2 colheres (sopa) de farinha de rosca

 

1. Coloque numa bacia a carne de gado e de porco. Reserve.

2. Em separado, numa panela, coloque o óleo, a cebola, o tomate, os pimentões

e o alho, deixando refogar durante alguns minutos.

3. Bata os ovos ligeiramente e junte a farinha de rosca, a salsa, a cebolinha

e o sal.

4. Junte tudo nos ingredientes que foram refogados e acrescente às carnes moídas.

5. Amasse bem e enrole em formato de rocambole.

6. Ponha um pouco de óleo numa travessa e deposite nele o bolo de carne, enrolado em um papel-alumínio.

7. Leve ao forno, em temperatura alta, por cerca de 1h.

 

 

Postado por Bete Duarte

Doguinho

13 de outubro de 2009 3

A receita do doguinho foi preparada para o Dia das Crianças, mas acabei descobrindo que os grandes também adoram. A massa é bem delicada e pode ser usada também para envolver um bifinho de frango ou carne moída, no preparo de um hambúrguer.

 

Foto Emilio Pedroso

 

DOGUINHO

 

500g de farinha de trigo

1 1/2 colher (sopa) de fermento biológico seco

100g de açúcar

100g de manteiga à temperatura ambiente

2 ovos

1 colher (sobremesa) de sal

200ml de água

1 pacote grande de salsicha

 

1. Em uma vasilha, misture 1 colher (sopa) de farinha de trigo, o fermento e a água morna e deixe descansar por 10min.

2. Junte o açúcar, 300g de farinha de trigo peneirada, a manteiga, os ovos e o sal e bata na batedeira até ficar uma massa lisa ou amasse com as mãos.

3. Junte o restante da farinha de trigo e sove bem até ficar uma massa lisa e homogênea.

4. Deixe a massa descansar até dobrar de volume.

5. Corte as salsichas na metade, no sentido do comprimento.

6. Depois, corte ao meio.

7. Corte a massa em círculos e recheie com a salsicha, dando o formato de pãozinho.

8. Pincele com gema e deixe crescer novamente.

9. Leve ao forno pré-aquecido, em temperatura média, até que comecem a dourar.

   

Postado por Bete Duarte

Pirulito de bolinha

10 de outubro de 2009 0

Que tal juntar a garotada e preparar pirulitos de bolinha? O recheio do pirulito é de bolo (que pode ser daqueles de pacote ou feito em casa), no sabor que a criançada mais gostar. O bolo é assado, esfarelado e amassado com creme cheese. Depois, é só fazer as bolinhas e banhar com chocolate. A decoração é com confeitos. A cozinha vira palco de uma bagunça deliciosa.

 

Fotos Emilio Pedroso

 

 

Pirulito de bolo

1 bolo de pacote
2 ovos
1 xícara de leite
2 colheres (sopa) de manteiga
2 potes de cream cheese
chocolate ao leite para banhar
confeitos coloridos

 

 

1. Prepare o bolo (do sabor desejado) com os ovos, o leite e a manteiga.
2. Asse em forma untada e enfarinhada.
3. Deixe esfriar e esfarele o bolo.
4. Acrescente o cream cheese e vá amassando até que fique uma massa úmida.
5. Modele bolinhas e coloque em um pauzinho de pirulito.
6. Leve ao congelador.
7. Derreta o chocolate, em banho-maria, e mexa até esfriar.
8. Mergulhe as bolinhas e deixe escorrer um pouco do excesso.
9. Antes que seque, passe nos confeitos coloridos.

Postado por Bete Duarte

Para a garotada

09 de outubro de 2009 2

A ideia não poderia ser mais simples, mas garante o sucesso junto à criançada. A base do pirulito é de bolacha maria, e o recheio de negrinho (ou brigadeiro). Até os adultos vão gostar.

 

Foto Emílio Pedroso

 

 

Pirulito negrinho

1 lata de leite condensado
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de manteiga
24 bolachas Maria
chocolate ao leite para banhar
granulado de chocolate
 

1. Leve ao fogo o leite condensado, a manteiga e o chocolate em pó, mexendo até dar o ponto de negrinho firme.
2. Cubra uma bolacha Maria com a massa de negrinho e firme o pauzinho de pirulito.
3. Coloque a outra bolacha por cima.
4. Leve à geladeira.
5. Derreta o chocolate, em banho-maria, e mexa até esfriar.
6. Banhe o biscoito no chocolate e passe no granulado.

 

Postado por Bete Duarte

Moda e culinária no Ceará

08 de outubro de 2009 1

Meu colega Leandro Fontoura está no Ceará e de lá manda notícias de uma interessante harmonização de moda e boa mesa:

 

Uma das iniciativas mais interessantes do Ceará Summer Fashion, que ocorre nesta semana em Fortaleza, é um circuito gastronômico organizado em paralelo ao evento realizado no Maraponga Mart Moda. Durante a programação, restaurantes da cidade criaram pratos especiais em homenagem as 12 cidades brasileiras escolhidas para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014. Cada prato faz referência a personagens da cultura de cada cidade. Porto Alegre é encontrada no restaurante Limone Café, e o homenageado é Mário Quintana. Lá, se encontra um filé ao molho de café e especiarias.

Para quem vai estar em Fortaleza nos próximos dias, não pode perder de experimentar o prato em homenagem ao escritor Milton Hatoum, no Restaurante Tilápia. O chef Valdir Nascimento prepara uma posta de pirarucu ao molho de queijo rochefort, acompanhado de talharim. A massa vai chamar sua atenção por conta das cores: verde, amarelo, azul e branco. Na hora da sobremesa, peça um dos sorvetes da casa: de capim-santo, de rapadura ou de cupuaçu com cubinhos de castanha do Pará. Nascimento costuma ir até as mesas e conversar com clientes. Ele aprendeu a cozinhar com o chef Faustino, um dos mais conhecidos de Fortaleza.

Outro prato saboroso é encontrado no La Trattoria. Em referência a São Paulo e em homenagem a Monteiro Lobato, o chef italiano Álfio preparou um filé a milanesa acompanhado de macarrão e servido num pergaminho, uma espécie de frigideira que mantém a comida aquecida por mais tempo. O restaurante de Álfio se destaca pelo charme. O chef serve os clientes em sua própria casa, com envolvimento da família em todo o processo. A residência é decorada com peças rústicas, muitas de origem italiana. São poucas mesas e a iluminação é feita por velas. Um bom lugar para jantar a dois.
Todos os pratos ganharam folhetos que trazem detalhes sobre a vida dos homenageados e sobre as receitas.

Postado por Bete Duarte

Frango simples

07 de outubro de 2009 0

É hora de aproveitar a queda do preço da carne de frango para preparar diferentes receitas. Uma sugestão é o frango salteado. A receita é muito simples e rápida. Vapt-vupt e está pronta. Para acompanhar, pode servir arroz branco ou até um daqueles mix de arroz diferenciados com arroz selvagem. Também pode ser servido com purê de batata ou de mandioquinha.

 

 

Foto Carlos Edler

Frango salteado

 

2 peitos de frango

1 alho-poró em rodelas finas

1 cenoura ralada grossa

1/2 xícara de passas brancas

2 colheres (sopa) de lascas de castanha-do-pará

3 fatias de bacon em cubos

azeite de oliva

suco de 1/2 limão

 

1. Numa frigideira, ponha um fio de azeite.

2. Aqueça ligeiramente e junte o bacon, deixando dourar.

3. Acrescente os cubos de peito de frango e deixe fritar até estarem cozidos.

4. Junte o alho-poró e a cenoura ralada.

5. Tempere com sal e suco de limão, misture e deixe cozinhar.

6. Junte as passas e misture.

7. Na hora de servir, espalhe as lascas de castanha.

 

 

Postado por Bete Duarte

A paixão por cupuaçu

01 de outubro de 2009 1

Gosto muito de frutas, mas se tem uma que adoro é o cupuaçu. Acho que o azedinho combina perfeitamente com outra minha paixão: o chocolate. Quando a dupla está formada, é irresistível. Se você não conhece a fruta ou nunca preparou nada com ela não deixe para depois. Compre a polpa de cupuaçu no supermercado e mãos-à-obra.

 

Duo de cupuaçu

 

Musse de chocolate

500g de chocolate ao leite
200g de nata
4 folhas de gelatina branca
500g de chantilly

 

Musse de cupuaçu
500g de polpa de cupuaçu
150g de açúcar
suco de 1/2 limão
5 folhas de gelatina branca
500g de chantilly

Ganache
300g de chocolate meio amargo
300g de nata

 

Foto Fernando Gomes

 

 

Modo de fazer

 

1. Para a musse de chocolate, derreta o chocolate em banho-maria.

2. Hidrate a gelatina na nata e junte ao chocolate derretido.

3. Misture até ficar homogênea.

4. Adicione o chantilly batido e misture bem.

5. Coloque em aros e leve para gelar.

6. Para a musse de cupuaçu, cozinhe a polpa da fruta com o açúcar e o suco de limão.

7. Hidrate a gelatina e junte à mistura.

8. Quando esfriar, adicione o chantilly batido, misturando delicadamente.

9. Distribua sobre a musse de chocolate.

10. Faça a ganache, derretendo o chocolate em banho-maria e misturando a nata.

11. Distribua a ganache sobre a musse de cupuaçu.

12. Leve para gelar.

13. Enfeite com renda de chocolate e physalis.

 

Postado por Bete Duarte