Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Rolê de filé é acompanhado de nhoque de açafrão

08 de maio de 2014 0

Para um jantar especial ou mesmo para o almoço de domingo, aproveite a sugestão do Hotel Plaza Blumenau e prepare o rolê de mignon com nhoque de açafrão. A receita tem feito sucesso no Terrace Restaurante.

 

role1

ROLÊ DE MIGNON COM NHOQUE DE AÇAFRÃO
Porções: 5

700g de batata
3 ovos
10g de açafrão
300g de farinha de trigo
50ml de azeite
1 pimentão vermelho
4 fatias de muçarela
4 fatias de presunto parma
1kg de filé mignon
noz-moscada
1 cebola picada
1 kg de tomate concasse picado
2 dentes de alho
1 ramo de manjericão
sal e pimenta

1. Para o nhoque, cozinhe a batata descascada, mas a mantenha ainda firme.
2. Rale no ralo fino.
3. Acrescente os ovos, a farinha, o azeite, o açafrão, o sal e a noz-moscada.
4. Faça rolinhos e corte os nhoques.
5. Cozinhe em água fervente com sal até que os nhoques venham à superfície.
6. Esfrie em água gelada.
7. Divida o filé em cinco partes iguais e, com o auxílio de um martelo de bater bife, bata bem fino.
8. Tempere com sal e pimenta.
9. Coloque a fatia de presunto parma, uma de queijo e tiras de pimentão.
10. Enrole e grelhe de todos os lados, ao ponto.
11. Com os tomates, faça um molho bem encorpado.
12.Corte o rolê ao meio na diagonal e o coloque no centro do prato.
13. O nhoque vai ao redor com o molho de tomate.
14. Decore com folhas verdes.

Porto Alegre terá 40 deliciosas experiências gastronômicas exclusivas

06 de maio de 2014 0

Que tal viver uma experiência inesquecível, repleta de sabores? Oferecer essa oportunidade única é o objetivo do Pop-Up Restaurant e do Pop-Up Tour, uma série de eventos promovidos por ZH e Os Destemperados, que tem início no próximo dia 14 e se estende até o dia 21 de junho. Serão 24 jantares comandados pelos mais importantes chefs, que vão preparar cardápios exclusivos, criados especialmente para a ocasião. Os primeiros jantares, no casarã Nova Acrópole, na Praça da Matriz, estarão sob o comando dos chefs Alexandre Baggio e Marcelo Schambeck. Os ingressos para os jantares podem ser adquiridos pelo site www.blueticket.com.br/grupo/Pop-Up-Restaurant.

pop2

Dia 16, às 20h30min
Alexandre Baggio
Cardápio: pães artesanais, trio de antipasti (papa ao pomodoro caprese, cogumelo recheado e figo com prosciutto), tortelone de abóbora com camarão, pesto de rúcula e crispy de copa, ragu de javali com risoto serrano de queijo e pinhão e gremolata de limão e bergamota e trio de doces (tiramisù, panna cotta com frutas vermelhas e figo com marzipan e chocolate orgânico).
Ingressos a R$ 120 e R$ 60 para maiores de 60 anos.

pop1a

Dia 17, às 20h30min
Marcelo Schambeck
Cardápio: pão de bergamota com manteiga, creme de queijo serra com geleia de hibisco, polvo defumado com maionese
de arroz cravo e arrozpan, garrão de cordeiro em seu caldo, com quiabo, aipo e pimenta de cheiro e doce de abóbora com sorvete de coco e farinha de banana.
Ingressos a R$ 120 e R$ 60 para maiores de 60 anos.

Caminhão de sabores

O Pop-Up Tour é uma cozinha intinerante instalada em um caminhão, o food truck, que percorrerá parques e praças da cidade com comidinhas gostosas a preços acessíveis. O Parcão, a partir das 11h30min, será palco das primeiras apresentações dos chefs. Cada um com um cardápio diferente. Os tickets podem ser adquiridos na hora, ao preço de R$ 15.  Confira datas e cardápios:

pop3

Dia 14 _ Floriano Spiess (foto), do Floriano Spiess Cozinha de Autor: arroz frito à moda de Xangai e peito de frango.
Dia 15 _ Carla Tellini, do Press Hilário: Minixis do Press
Dia 16 _ Carlos Kristensen, do Hashi: croquete de pernil de cordeiro, com queijo colonial, picles e molho de pimenta.
Dia 17 _ Mahara Solden e Bianca de Lazzari, do Lola Bar de Tapas: croqueta de jamón (bolinho com presunto cru e mussarela de búfala), montadito de tomate confit (pão ciabatta, pasta de queijo de cabra, cream cheese, tomate-cereja confitado e pesto) e sanduba colorido (pão italiano macio, cogumelos, pimentões, pasta de gorgonzola e presunto cru _ opção veggie sem presunto).
Dia 18 _ Bebeto Majó de Oliveira, da Fazenda Barbanegra:  bife de entrecot com batata baby e molhos à escolha (geleia de pimenta, molho de ervas ou molho
de queijo).

Biscoito de batata-doce para o lanche

05 de maio de 2014 0

Nas tardes de chuva ou de temperaturas mais amenas, nada melhor do que um café ou chá acompanhado de biscoitos caseiros. A Fritz & Frida, sugere uma receita em que a batata-doce é o ingrediente principal.

bisc

Foto: João Ricardo Silva

Biscoito de Batata-Doce

1 1/2 xícara de batata-doce cozida
1 xícara de manteiga
1 xícara de açúcar
3 xícaras de maisena
2 sachês de fermento químico em pó
1 colher (sopa) de suco de limão
farinha de trigo para polvilhar

1. Amasse a batata cozida até obter um purê.
2. Acrescente a manteiga, o suco de limão, o fermento e o açúcar.
3. Adicione aos poucos a maisena.
4. Abra a massa com rolo sobre superfície polvilhada com farinha de trigo.
5. Corte os biscoitos com forminhas ou faça bolinhas e amasse levemente com um garfo.
6. Coloque em uma assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo.
7. Leve ao forno preaquecido, a 170 graus, por cerca de 15min.

Jantar tem pratos temperados com café

30 de abril de 2014 0

Um jantar temperado com café foi preparado pelo chef Carlos Kristensen, no Hashi, para que a Nespresso recebesse seus convidados para a comemoração da chegada das máquinas profissionais a Porto Alegre. Diferentes tipos de cafés da Nespresso foram utilizados, literalmente, como ingrediente da maioria dos pratos do cardápio. A harmonização com espumantes e vinhos ficou a cargo de Cledi Sodré. Confira as delícias servidas pelo chef do Hashi Art Cuisine.

jardim
Jardim de legumes com terra de café descafeinado (servido com espumante Pericó rosé)

 

hashi1
Ganso curado no sal e defumado com molho de jurupiga com creme de queijo serrano, crocante de bergamota e maçã confitada

hashi2
Filé de peito de pato com redução de laranja, mel e alecrim e café lungo leggero com chips crocante de raiz de lótus
hashi3
Ragu de linguiça artesanal  com poletna mandiopã e miniagrião

hashi4
Hamburger de búfalo com pirão de queijo serrano, cebola braseada, shiitaki e farofa de amêndoas com café lungo leggero

hashi5
Porco à pururuca com cuscuz de pinhão, picles, tempurá de quiabo com molho de expresso leggero
hashi6
Caqui com chantilly e coalhada com mel de engenho

hashi7
Sagu de café restreto com cerveja preta, musse de chocolate 70% e cookie de ristretto

O bolo da Peppa Pig

29 de abril de 2014 0

Quem tem criança em casa sabe que a Peppa Pig é a nova paixão dos pequenos. Se antes ficavam vidrados com a Galinha Pintadinha, agora, só querem saber da porquinha cor de rosa. Por isso, tem feito muito sucesso os bolos que tem a Peppa como decoração. Mariana Boll (fone: 51  3478-5459) preparou um desses bolos para o aniversário de três anos do Ilah, comemorado no domingo de Páscoa. Então, ela juntou o coelho com a porquinha. Não é lindinho?

peppa

Escolha o peixe para o almoço

18 de abril de 2014 0

peixe1

Está em dúvida sobre que peixe comprar para o almoço? Confira algumas dicas sobre os principais tipos de peixe e sua utilização:

ABROTEA
É considerado um “primo” do bacalhau, por isso pode ser salgado e utilizado em receitas que seriam com aquele peixe. Fresco, pode ser assado, frito ou ensopado.

ANCHOVA
Assada, cozida ou ensopada.

ATUM
Grelhado na chapa ou frito. Pode ser consumido cru na cozinha japonesa. É um peixe com gordura.

BACALHAU
Pode ser frito, assado, cozido, ensopado ou grelhado.

BAGRE
Frito, assado, grelhado ou cozido. Pode ter alguma rejeição devido ao sabor acentuado de terra.

CAÇÃO
De carne branca e firme, com cartilagem. Em postas é possível fazer ensopados, grelhados e assados.

CARPA
Cozida, assada, frita ou empanada.

CORVINA
Grelhada, assada ou preparada no vapor.

DOURADO
Frito, grelhado ou na chapa. Tem muita gordura e espinhas.

LINGUADO
Frito, cozido ou assado. Na cozinha peruana, é servido cru no ceviche. É um peixe magro.

NAMORADO
De carne branca, quase sem espinhas. Inteiro recheado e depois assado. Em postas, pode ser frito em filés ou cozido.

PESCADA
Tem baixo valor calórico e de gordura, por isso é ideal para dietas. Pode ser preparada assada, grelhada ou frita.

PINTADO
De carne rosada e pouca espinha, pode ser assado, grelhado ou ensopado.

ROBALO
De carne branca e firme, é perfeito para ser assado na grelha ou no forno. Muito apreciado, também, em moquecas.

SALMÃO
Grelhado, defumado ou assado. Muito apreciado cru na cozinha japonesa.

SARDINHA
Frita, grelhada ou marinada.

TAINHA
Pode ser frita, grelhada ou assada.

TILÁPIA
Frita, cozida, grelhada ou assada.

TRAÍRA
O ideal é que seja frita. Exige muito cuidado devido à grande quantidade de espinha

Bolo de aipim para o lanche

26 de março de 2014 0

Para o café da manhã ou o lanche da tarde, o bolo de aipim com coco e queijo ralado é uma delícia. A sugestão saborosa é da Fritz e Frida. A receita é muito fácil de  preparar e vai muito bem com café preto, com leite, ou mesmo uma xícara de chá.

Bolo de Aipim        Foto: João Ricardo da Silva

Bolo de Aipim
Porções: 10

1kg de aipim ralado grosso
100g de coco ralado
100g de queijo ralado
4 ovos
3 colheres (sopa) de margarina
3 xícaras de leite morno
1 sachê de fermento em pó

Calda
2 xícaras de açúcar
1 xícara de água

1. Bata os ovos e misture o restante dos ingredientes.
2. Coloque em forma untada.
3. Asse em forno preaquecido, a 180 graus, por 20min ou até começar a desprender das bordas da forma.
4. Veja se está assado no centro, furando o bolo com um palito, que deve sair limpo.
5.  Deixe ferver a calda por cerca de 15min.
6. Despeje sobre o bolo ainda quente.

Dica
Se quiser dar mais sabor à calda, acrescente raspas de limão ou laranja.

Porto Alegre ganha novo restaurante tailandês

12 de março de 2014 2

thai1

Comida tailandesa de caixinha? Isso mesmo. Essa a proposta do novo restaurante thai de Porto Alegre: o Woking Thai in Box. Por enquanto, não tem serviço de telentrega. Dá para comer no local ou ir buscar. Mas não pense que vai ficar esperando por muito tempo. O preparo é rápido, aliás, como pede a cozinha tailandesa. Quando fui buscar, aguardei no máximo 10min.

thai
O cardápio tem duas opções. Ou você fica com o combo do dia, que dá direito a refrigerante (R$ 18,95) ou vai combinando os ingredientes de acordo com o seu gosto. Pode partir da base de arroz ou massa e acrescentar os demais ingredientes, cada um com um preço definido. Ao final, a casa oferece quatro tipos de molho. O combo de quarta-feira tem como base arroz jasmim e inclui frango, legumes e um molho levemente apimentado.
O Woking Thai in Box fica na Carlos Gomes, 778 (bem na altura do viaduto da Nilo Peçanha) e funciona das 11h às 15h. Fone: 51 3737-1080.

Cheesecake salgada é sugestão para o lanche

06 de janeiro de 2014 1

Para o lanche da tarde, a sugestão é uma receita diferente de cheesecake. Além de salgada, é coberta com tomate-cereja e servida com molho pesto.

cheese
Cheesecake salgado
Porções: 12

1 pacote de bolacha água e sal
3/4 de xícara de manteiga

Recheio
4 ovos
1 caixinha de creme de leite
300g de cream cheese
300g de ricota
1 colher (chá) de orégano
1/2 colher (chá) de sal
tomates-cereja

Pesto
2 xícaras de folhas de manjericão
1/2 xícara de azeite
1 dente de alho
4 castanhas-do-Pará
1 colher (sopa) de queijo parmesão
sal

Modo de fazer
1. Para a massa, no processador, bata os biscoitos com a manteiga até formar uma farofa.
2. Coloque a mistura em uma forma redonda de fundo removível e aperte bem. Reserve.
3. Para o recheio, bata os ovos, o creme de leite, a ricota, o cream cheese, o orégano e o sal.
4. Coloque o recheio sobre a massa e leve ao forno preaquecido, a 160 graus, até que a superfície fique firme.
5. Para o molho pesto, bata o manjericão, o alho, o azeite, as castanhas e o queijo parmesão.
6. Tempere com sal.
7. Leve o cheesecake à geladeira.
8. Na hora de servir, decore com tomates-cereja cortados ao meio.
9. Sirva o molho pesto à parte.

Uma ousada moqueca de frutas

03 de janeiro de 2014 0

A receita é bem diferente. Mas mesmo quem é pouco dado a novas experiências não vai se arrepender se deixar de lado a resistência e provar essa moqueca de frutas, um prato que fez sucesso no último jantar que a banqueteira Neka Menna Barreto preparou em Porto Alegre. Sei que para alguns parece estranho combinar frutas, como banana da terra, manga e caju com pimentões e leite de coco. Mas posso garantir que o resultado é delicioso.

moqueca

Moqueca de frutas
Porções: 10

3 dentes de alho
5 alhos-porós
150ml de azeite de oliva
6 bananas da terra
5 cajus maduros
800g de minicebola
2 cebolas roxas
vinagre balsâmico
2 mangas
1 xícara de coentro fresco
2 xícaras de salsa
1 pimenta dedo de moça
1 pimentão verde
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
leite de coco

Chips de banana verde
2 bananas da terra verdes
óleo de milho

Modo de fazer

1. Descasque as minicebolas e misture com um pouco de vinagre balsâmico e um fio de azeite de oliva.
2. Leve ao forno preaquecido, a 150 graus, e deixe dourar. Reserve.
3. Corte o alho-poró bem fininho e refogue no azeite de oliva.
4. Corte a banana da terra em rodelas de 1cm.
5. Coloque em um tabuleiro untado com azeite e leve ao forno por cerca de 35min.
6. Corte o caju em cubos de 2cm e asse em forma untada.
7. Faça o mesmo com a manga, cortada em cubos de 2cm.
8. Pique a pimenta dedo de moça, sem sementes, em cubinhos. Reserve.
9. Pique a cebola roxa em pedaços e doure no azeite de oliva.
10. Aqueça o leite de coco e junte todos os ingredientes da moqueca.
11. Mexa delicadamente e tempere a gosto.
12. Para os chips, fatie a banana verde longitudinalmente e frite em óleo quente.
13. Escorra em papel toalha.
14. Sirva com arroz negro e chips de banana verde.