Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Santiago Ponzinibbio é finalista do TUF Brasil 2, mas lesão do argentino faz William Patolino enfrentar Léo Santos

03 de junho de 2013 7

Santiago e Patolino fariam a final, mas o argentino (E) está lesionado. Foto: Luiz Pires Dias/UFC

O 12ª e último episódio da segunda temporada do The Ultimate Fighter Brasil 2 definiu os dois finalistas, e um representante do Estado fez a sua parte para estar na final. O argentino Santiago Ponzinibbio, da Team Tavares de Florianópolis, venceu Léo Santos por decisão unânime, e William Patolino nocauteou Viscardi Andrade no terceiro round.

No entanto, Santiago Ponzinibbio não estará lutando contra Patolino no próximo dia 8, em Fortaleza. Na luta contra Léo Santos ele fraturou o osso do rádio em 10 partes, e a sua recuperação não será completa até a próxima semana – lembrando que o TUF foi gravado até março. Assim, Léo Santos substitui o atleta da Team Tavares na final dos meio-médios (77kg).

Como os dois atletas são do time Minotauro, a equipe verde fará o campeão do TUF, já que Viscardi, o único do time Werdum na semifinal, foi derrotado. E um carro entrará na caragem de Minota.

O melhor programa de todos

Sem brincadeirinhas, o último episódio foi direto para as lutas, a escolha, que passou pelo crivo de Dana White, que até conversou com os lutadores para selecionar os dois combates.

Dali eles já foram para a pesagem, e Santiago e Léo Santos me pareceram bem mais abatidos que os demais. Todos bateram 77kg e #partiuoctógono.

Foto: Luiz Pires Dias/UFC

Lutaça entre Santiago Ponzinibbio e Léo Santos

O duelo entre o argentino e o carioca foi um dos melhores desta edição, com três rounds de muita trocação e golpes bem aplicados nos dois lados.

No primeiro round, Léo conseguiu um knockdown, mas Santiago se recuperou e golpeou bastante, mostrando o excelente Boxe que foi treinado por Luiz Dórea e é aprimorado em Florianópolis por Kelson Pinto. Vitória do argentino.

No segundo, de novo Santiago foi mais contundente nos golpes e ficou perto de nocautear, já que Léo quase se entregou ao ficar no chão esperando para o argentino montar e tentar uma finalização.

O terceiro, já com os dois muito cansados, acredito que pelo desgaste de perder peso em pouco tempo, os dois ficaram na trocação e Léo Santos conseguiu uma boa queda, mas a potência dos golpes já não era a mesma do primeiro round. Santiago se levantou, mas Léo derrubou de novo e ficou por cima. O atleta da Team Tavares, sob orientação do córner, evitava ser finalizado e venceu o combate na decisão unânime dos juízes.

No entanto, ao ser considerado vencedor, Santiago Ponzinibbio deu a declaração que lhe custou a luta final do TUF.

- Quebrei a mão no primeiro round, estou com a mão quebrada, não consegui golpear direito. No terceiro, quando colocava a mão no chão, não conseguia me levantar. Tenho certeza que o osso quebrou, mas lutei com o coração, lutei até a morte – disse o argentino, que deve receber uma oportunidade para lutar no UFC em breve.

Nocaute de William Patolino em Viscardi Andrade

No programa os dois já haviam pedido para se enfrentarem, e foi isso que aconteceu. William Patolino, de 21 anos, foi desde o início mais agressivo e sempre andava pra frente, colocando Viscardi Andrade na grade e acertando bons golpes.

O atleta do time Werdum até teve bons momentos, com um rápido knockdown, que Patolino logo se levantou, clinchou e acertou uma boa joelhada.

No terceiro round, com os dois ainda inteiros, Patolino acertou um cruzado que derrubou Viscardi, que ficou no chão tentando sair da situação ruim, mas Patolino acertou bons golpes no queixo, até o adversário virar de lado, tomar mais umas marteladas e o árbitro decretar o nocaute do homem do cabelo amarelo.

Time Ninja Oss

O blumenauense Juliano Ninja apareceu todo de preto no anúncio dos combates, mas vestiu amarelo na hora da pesagem. Desta vez a edição não incluiu o exército de um homem só no programa.

Relembre os atletas do TUF Brasil 2

Time Minotauro

Luiz Besouro
Santiago Ponzinibbio
Neilson Gomes (Thiago Jambo)
Leonardo Santos
David Vieira
William Patolino
Cleiton Foguete

Time Werdum

Pedro Iriê
Yan Cabral (Daniel Gelo)
Tiago Alves
Viscardi Andrade
Márcio Pedra
Juliano Ninja
Thiago Marreta

Comentários (7)

  • Henriken diz: 3 de junho de 2013

    Uma pena a lesão do Santiago Ponzinibbio, que na minha opinião tinha tudo para ser o grande vencedor do TUF 2013. Gostaria de vê-lo enfrentando o Patolino, seria uma grande luta.

  • isabela linhares diz: 3 de junho de 2013

    A minha torcida para a final era justamente para o Patolino e para o Gringo Santiago! Apesar de achar que a vitória de Santiago por unanimidade não foi justa… Lamento a mão quebrada do Santiago, mas assim o Léo também terá a sua chance e o gringo lutará no UFC assim que estiver bem. Ele tem muito futuro, assim como o Patolino! Se os dois fossem para a final eu não saberia para quem torcer…rs

  • Perão diz: 3 de junho de 2013

    O Dana White vai dar uma oportunidade pra ele no futuro sim, com certeza. Pena que ele não vai ganhar os prêmios lá da final que ele faria.

  • pedro diz: 4 de junho de 2013

    meu deusssssss!!! e a segunda vez q acontece isso no tuf, primeiro foi o daniel sarafian que com certeza ia ser campeao so tuf 1,agora o santiago ele ia ser camepao tenho muiiita certaza. o tuf ja ta me dando raiva

  • Antonio Ferreira dos Santos Junior diz: 4 de junho de 2013

    Pena o Santiago ter quebrado a mão. Seria uma luta fantástica contra o Patolino, que, acredito, iria ganhar. Creio que ele fará sucesso no UFC no futuro, mas precisa treinar mais, especialmente esquiva e chão (lembrando que ele usou bem esses dois fundamentos no TUF, mas o UFC é outro nível). Força Santiago.

  • Jhulian Silva diz: 4 de junho de 2013

    Triste ver talvez os dois melhor do TUF fora da final, por lesaão, Santiago e Luiz Besouro devem ter uma chance no UFC . Aquele Besouro é um monstro, ele eh de outro nível.

  • Edineide S.Queiroz diz: 9 de junho de 2013

    Sou Brasileirinha, mas tenho que admitir…tava na torçida pelo Santiago! Admiro demais este Argentino, a garra dele, coragem, visão de luta… mas acima de tudo o que mais me chamou a atenção foi a humildade dele. Nunca substimou os adversários, sempre leal com os amigos… só tenho coisas boas pra falar sobre ele, e torço muito pra que ele consiga contrato com a UFC. Espero um dia poder conhecer o Santiago pessoalmente, e dizer o quanto o admiro, quem sabe assistindo uma luta dele? Santiago, tem uma Pernambucana aguardando pra assistir uma luta sua, quem sabe aqui no Recife? Tudo de bom pra você, que Deus continue te abençoando, e como você mesmo diz: Corra atrás dos seus sonhos, lute até alcança-los…

Envie seu Comentário