Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O campeão voltou: Anderson Silva vence Nick Diaz no UFC 183

01 de fevereiro de 2015 0
Anderson partiu pra cima de Diaz. Foto: UFC/Divulgação

Anderson partiu pra cima de Diaz. Foto: UFC/Divulgação

Anderson Silva voltou! O ex-campeão dos pesos-médios passou no teste da perna, que acertou bons chutes no adversário, e venceu o norte-americano provocador Nick Diaz por decisão unânime dos juízes após cinco rounds controlando o combate no UFC 183, na madrugada deste domingo, em Las Vegas (EUA).

Se existia a pressão e o medo da volta, por conta de tudo que passou após a cirurgia na fíbula da perna esquerda, fraturada no duelo contra Chris Weidman, em dezembro de 2013, essa dúvida foi embora com esse combate. Pode-se dizer que o Anderson não é mais aquele, mas ele só tinha a provar a si mesmo de que ainda é capaz de lutar em alto nível, e foi o que ele fez.

::: Luta entre Chris Weidman e Vitor Belfort é cancelada
::: Reveja como foi a cobertura ao vivo do UFC 183
::: Confira promoções de suplementos na Ready Nutri

Nick Diaz começou o combate tentando quebrar a confiança de Anderson Silva, já que começou a gesticular pedindo para Spider partir pra cima e, diante da passividade do brasileiro, chegou a deitar no chão fazendo gesto de que estaria dormindo. De pé, deu as costas para Anderson e seguiu provocando durante todo a luta.

Anderson Silva começou mais travado, até estudando o jogo de Nick Diaz, mas conseguiu conectar, durante toda a luta, a maioria dos golpes mais potentes, já que o rosto do norte-americano ficou bastante machucado, além do lado esquerdo da barriga, na altura da costela.

Desde 2010, quando venceu Demian Maia, Anderson Silva não terminava uma luta por decisão dos juízes.

Lágrimas

Anunciada a vitória por decisão unânime, Anderson Silva caiu em prantos no octógono. A emoção foi contida justamente por Nick Diaz, que o levantou. Na entrevista, o brasileiro disse:

- Obrigado Deus por me dar mais uma chance de voltar aqui. Obrigado ao meu time, minha família. Esse momento é muito importante pra mim por conta de tudo que eu sofri nesse ano e por ter achado que não conseguiria voltar.

Sono de Diaz

Um dos momentos do combate foi o “cochilo de Nick Diaz” no primeiro round. Assista!

Resultados do UFC 183

Peso-médio: Anderson Silva venceu Nick Diaz por decisão unânime
Peso-meio-médio: Tyron Woodley venceu Kelvin Gastelum por decisão dividida
Peso-leve: Al Iaquinta nocauteou Joe Lauzon no segundo round
Peso-médio: Thales Leites finalizou Tim Boetsch com um katagatame no segundo round
Peso-meio-médio: Thiago Pitbull Alves nocauteou Jordan Mein no segundo round

Card preliminar
Peso-galo: Miesha Tate venceu Sara McMann por decisão majoritária (29-28/29-27/28-28)
Peso-médio: Derek Brunson nocauteou Ed Herman em 40 segundos no primeiro round
Peso-mosca: John Lineker venceu Ian McCall por decisão unânime
Peso-médio: Rafael Sapo venceu Tom Watson por decisão unânime
Peso-pena: Diego Brandão x Jimy Hettes – luta cancelada
Peso-médio: Ildemar Marajó venceu Rick Monstro por decisão dividida
Peso-médio: Thiago Marreta nocauteou Andy Enz no primeiro round

Envie seu Comentário