Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ivan Batman manda embora risco de demissão com vitória no UFC Porto Alegre

23 de fevereiro de 2015 0
Batman venceu o cabeludo Schockley por decisão unânime. Foto: Lucas Uebel/Inovafoto

Batman venceu o cabeludo Schockley por decisão unânime. Foto: Lucas Uebel/Inovafoto

A primeira luta do UFC no Brasil em 2015 terminou com vitória de Ivan Batman, 34 anos, da equipe Team Tavares, de Florianópolis. Pressionado por uma possível demissão em caso de derrota, que seria a segunda em sequência, o carioca radicado em Santa Catarina venceu o norte-americano Josh Schockley por decisão unânime após três rounds.

::: Frank Mir nocauteia Antônio Pezão no primeiro round
::: Confira como foi a cobertura em tempo real do #UFCPOA
::: Curta a página do blog Na Guarda no Facebook

Dá entrada no Gigantinho, em Porto Alegre, até o anúncio da vitória dado por Bruce Buffer, Batman teve que sangrar e bater no adversário para retirar um peso que ele estava carregando. E não era pouco.

_ Você coloca pressão. Passei um ano sem lutar, fiz uma cirurgia no joelho, na Copa do Mundo do MMA. Eu estava com 200kg nas costas e eu precisava tirar isso com essa vitória _ comentou o lutador, que vinha de derrota no UFC Jaraguá em fevereiro do ano passado.

Pronto para retornar aos treinos e se garantindo para lutar de novo em dois meses, Batman não faz questão de escolher adversário _ até porque Josh Schockley, derrotado ontem, é aluno de Keith Wisniewski, que Ivan Batman venceu quando estreou no UFC.

_ Eu não sou de escolher adversário, tanto que eu falo para o meu empresário Wallid (Ismail) pra botar quem ele quiser que eu quero sair na porrada.

O atleta ainda deu em primeira mão que um dos seus companheiros de Team Tavares, o argentino Nazareno Malegarie, é um dos participantes da próxima edição do TUF Brasil 4.

Envie seu Comentário