Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Richard Godoy e Igor Soares lutam no Double Fighting, evento de MMA em duplas

23 de julho de 2015 0
Igor (E) e Richard vão encarar o desafio. Foto: Marina Rodriguez/AD Adesivos

Igor (E) e Richard vão encarar o desafio. Foto: Marina Rodriguez/MARZ Design

Um octógono e quatro lutadores, assim é o Double Fighting, que será realizado neste sábado, dia 25, em Curitiba, na Academia Strikers House. Richard Godoy e Igor Soares, da Thai Brasil/A.S Team de Florianópolis, vão fazer a luta principal desse evento diferente, já que são dois contra dois.

Confira o horário do UFC Dillashaw x Barão

Porém, o Double Fighting é cheio de regras. Não é possível dois lutadores baterem em um só. Quem perder sai de combate e no intervalo o técnico da dupla que estiver vencendo pode optar qual escolher para continuar.

— Já teve um modelo do evento em que a nossa equipe participou e muita gente gostou. Muitos criticam, acham que é briga, baderna, mas é um evento com uma grande estrutura — defende Igor Soares, 23 anos.

Parceiro dele, Richard Godoy, 27, tem nove vitórias e duas derrotas no MMA, mas debuta em um evento em duplas. Ele está no aguardo para lutar novamente no Jungle Fight, mas diz estar preparado para a experiência de lutar ao mesmo tempo com um parceiro e dois adversários.

— É complicado porque foge do nosso contexto de treino, exigindo demais da parte física. Pode parecer briga, mas quando fica mano a mano valoriza mais a técnica.

Regras
::: A pesagem é no dia da luta, uma hora antes do evento
::: Só pode dar cotovelada com a luta em pé
::: Não existe contagem por pontos
::: São dois árbitros dentro do cage, um para cada dupla
::: Não é permitido dois lutadores baterem em um só
::: São quatro rounds de seis minutos
::: Se um dos lutadores for nocauteado ou finalizado, o vencedor espera dentro do cage
::: Só se pode atacar um adversário pela frente ou de forma lateral, se for pelas costas pode receber cartão amarelo ou preto

Confira um vídeo da primeira edição com o depoimento dos realizadores do Double Fighting

Envie seu Comentário